Enfermeira Bárbara Andrade
Enfermeira Bárbara Andrade
13 Fev, 2019 - 15:26

Qual é a importância do exercício físico no pós-parto natural?

Enfermeira Bárbara Andrade

Não é fácil retomar o exercício físico no pós-parto natural, mas a força de vontade ajuda, porém, a prática desportiva depende do consentimento médico.

Qual é a importância do exercício físico no pós-parto natural?

Em tempos, a maternidade foi encarada como momento de dedicação exclusiva ao bebé, acabando por se descurar o bem-estar físico e psicológico da mãe, no entanto, atualmente, a maioria das mulheres apresentam uma preocupação em recuperar o corpo pré-gravidez, optando por hábitos saudáveis, o que inclui a prática de exercício físico no pós-parto natural ou de cesariana.

Sabe-se também que, o exercício físico pode ser feito durante e depois do período gestacional, no entanto deve ser sempre promovido e acompanhado por um profissional adequado, que tem em conta as limitações físicas de cada estadio.

Exercício físico no pós-parto natural: quando começar

A recuperação de um parto é relativamente lenta, pelo que a mulher deve recomeçar a pratica de exercício físico logo que seja seguro em termos físicos e médicos, ou seja, após o consentimento médico aquando a consulta de revisão pós-parto e, também, quando se sentir capaz de se distanciar por pouco tempo do bebé.

No entanto, geralmente quando se trata de um parto normal, a mãe poderá começar os exercícios duas semanas depois do nascimento do bebé. No caso do parto por cesariana, geralmente são necessárias cerca de seis semanas de recuperação e repouso.

Em qualquer dos casos, a mulher deve aconselhar-se previamente com o médico sobre que cuidados deve ter antes de iniciar a prática de exercícios após o parto.

Exercício físico no pós-parto natural: vantagens

exercicio fisico no pos-parto natural mae e bebe felizes

Se praticada dentro dos limites estipulados por um médico, a atividade física proporciona uma série de benefícios para a mãe:

  • Ajuda a mulher na recuperação do corpo, atingindo mais rapidamente as “curvas” que tinha antes de engravidar;
  • Estimula a libertação de endorfinas;
  • Aumenta os níveis de energia;
  • Promove a sensação de bem-estar físico e psicológico, o que pode ser fundamental para ajudar a ultrapassar o baby blue associado a algumas puérperas, contribuindo no aumento da auto-estima e da confiança;
  • Reforço da sustentação dos músculos da bexiga e intestino;
  • Diminui a probabilidade de incontinência urinária;
  • Diminui a probabilidade de prolapso genital (queda do útero);
  • Fortalece a vagina;
  • Tonifica o abdómen;
  • Corrige e melhora a postura corporal;
  • Promove um sono mais reparador e tranquilo;
  • Se o bebé puder participar, o exercício vira uma brincadeira e aprofunda ainda mais o vínculo afetivo com a mãe.

Estudos realizados defendem que quando o exercício físico é feito adequadamente, quer na frequência, como na carga, a prática de exercício físico no pós-parto natural e cesariana não afetam a produção do leite materno, nem afetam a qualidade e caraterísticas do mesmo.

Exercício físico no pós-parto natural: tipos de exercício mais indicados

exercicio fisico no pos-parto natural pilates com bebe

De entre os mais variados exercícios, os seguintes são os mais indicados para a etapa da vida na qual se encontra a recém-mamã:

  • Marcha (caminhada rápida);
  • Hidroginástica – além de tirar o peso do corpo, facilitando os movimentos, a piscina ameniza os edemas (inchaços) e ajuda a relaxar;
  • Natação;
  • Pilates – auxilia na melhoria da postura, no controle urinário e no alívio de dores;
  • Ioga – as posições ajudam no desenvolvimento de posturas corretas para aliviar as dores de levantar, carregar e alimentar a criança;
    Este tipo de aula fortalece, principalmente, a musculatura das costas, abdómen, pavimento pélvico e pernas;
  • Caminhadas que podem ser feitas com ou sem o bebé a acompanhá-la;
  • Alongamentos;
  • Ginástica abdominal hipopressiva, uma vez que os abdominais tradicionais não são os mais adequados para recuperar do parto pois produzem pressão na zona abdominal e pélvica;
  • Exercícios de Kegel ou exercícios de contração do períneo (consistem em apertar os músculos que controlam o fluxo de urina com bolas de Kegel ou bolas chinesas);
  • Modalidades que fortaleçam os músculos abdominais, pélvicos e da parte inferior das costas.

Exercício físico no pós-parto natural: dicas importantes

exercicio fisico no pos-parto natural paciente e medica

Antes de qualquer prática de exercício físico no pós-parto natural, é necessário ter algumas precauções, nomeadamente:

  • Siga sempre a orientação do seu médico em relação a quando voltar às atividades, pois cada caso é um caso único;
  • Procure saber se tem diástase abdominal (afastamento dos músculos rectos abdominais) e, se tem dúvidas ou sentir desconforto pélvico, perdas de urina ou gases, procure um fisioterapeuta especializado;
  • A puérpera deve usar sempre um soutien próprio para desporto, ajustado ao tamanho do seu peito;
  • Se sentir dor em algum exercício, pare e mude de exercício;
  • Comece sempre com exercícios leves e vá aumentando gradualmente a intensidade do exercício.

Veja também: