Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
22 Mai, 2020 - 14:13

DGS apela à doação de leite materno

Mónica Carvalho

No âmbito do Dia Mundial de Doação de Leite Humano, que se assinalou a 21 de maio, a Direção-Geral da Saúde apela à doação de leite materno.

Doação de leite materno: mulher a amamentar recé-nascido

Foi durante a conferência de imprensa diária que a Diretora-Geral da Saúde agradeceu o que já tem vindo a ser feito nesta área, reforçando o apelo à doação de leite materno.

Graça Freitas retrata esta ação como “um grande ato de solidariedade pelo outro”, permitindo, assim, ajudar muitas crianças que passam uma longa temporada internadas nos hospitais após o nascimento, fruto, principalmente, do cenário pandémico que atravessamos.

Atualmente, Portugal tem apenas um Banco de Leite Humano em funcionamento na Maternidade Dr. Alfredo da Costa. As lactentes poderão esclarecer todas as dúvidas sobre a doação de leite materno no local ou através do número 96 133 37 30, de segunda-feira a domingo entre as 8h e as 16h ou através do email: [email protected]

Banco de leite: uma solução cada vez mais solicitada!
Veja também Banco de leite: uma solução cada vez mais solicitada!

A propósito do tema da amamentação, que muitas dúvidas tem levantado, a responsável relembrou ainda que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que os recém-nascidos filhos de mãe com COVID-19 “podem ser amamentados diretamente através da mama” ou “com leite materno extraído em condições próprias para esta alimentação”.

Sem medo da amamentação

Mãe a amamentar filho recém-nascido

Nesse sentido, a Direção-Geral da Saúde emitiu uma nova orientação sobre os cuidados a ter com recém-nascidos. Graça Freitas refere que “os recém-nascidos continuam a nascer bem, nas nossas maternidades e hospitais, e continuam a dispor de facilidades para começar bem a sua vida, como o registo civil de nascimento (através do nascer cidadão online), assim como há uma notícia eletrónica de nascimento que permite ao hospital comunicar com o centro de saúde as condições em que ocorreu o parto.”

COVID-19 e grávidas: mulher grávida com máscara
Veja também COVID-19, grávidas e bebés: respondemos às dúvidas essenciais

A promoção da amamentação é uma prática estabelecida nos hospitais e maternidades portugueses e “deve continuar a ser fomentada”, pode ler-se numa nota da Direção-Geral da Saúde sob o tema “COVID-19 Cuidados ao Recém-nascido na Maternidade”.

“Os estudos esporádicos efetuados até agora não demonstraram a presença de SARS-CoV-2 no leite materno, com exceção de 2 casos (um na China e um em Itália) com positividade temporária após o parto, não sendo referidas as condições em que foi retirado o leite.

Fontes

  1. Direção-Geral da Saúde, norma “COVID-19 Cuidados ao Recém-nascido na Maternidade”, disponível em: https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/orientacoes-e-circulares-informativas/orientacao-n-0262020-de-19052020-pdf.aspx
  2. Centro Hospitalar Universitário de Lisboa: http://www.chlc.min-saude.pt/projetos-inovadores/banco-de-leite-humano/
Veja também

A não esquecer

A informação disponibilizada no Vida Ativa não substitui o diagnóstico, tratamento ou acompanhamento por um profissional de saúde ou do exercício físico. Os conteúdos do Vida Ativa são de carácter meramente informativo e estão em constante atualização. Caso queira reportar algum erro ou melhoria, por favor contacte-nos através do e-mail: sugestõ[email protected]