Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
14 Ago, 2020 - 09:15

8 dicas para controlar a diabetes no verão

Mónica Carvalho

A Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal criou uma lista com dicas para controlar a diabetes no verão. Confira-as.

Mulher com caneta de insulina

Nas férias, os excessos alimentares e as elevadas temperaturas podem ter consequências na saúde. Por essa razão, a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) criou uma lista com dicas para controlar a diabetes no verão, de modo a poder enfrentar melhor as temperaturas elevadas e assegurar a gestão da doença de forma eficiente.

Os diabéticos devem ter especial precaução durante este período, que traz, muitas vezes, oscilações das glicemias e obriga a um ajuste da medicação, bem como a um aumento da frequência da realização da medição de açúcar no sangue.

Controlar a diabetes no verão: os conselhos dos especialistas

1.

Manter-se hidratado

mulher a beber água de garrafa

Principalmente durante o período em que as temperaturas estão mais elevadas, cada pessoa deve beber entre 1,5 a 2 litros de água por dia e beber mais sempre que sentir essa necessidade.

“O calor em excesso pode tirar o apetite e, com a ação da insulina, poderá aumentar o risco de hipoglicemia. Em contrapartida, a desidratação pode levar à hiperglicemia que agrava ainda mais a desidratação”.

2.

Garantir o equlíbrio glicémico

Poderá fazê-lo através de uma alimentação saudável e equilibrada, privilegiando refeições leves e ricas em nutrientes e sem cometer grandes excessos alimentares.

3.

Ter cuidados com a exposição solar

Protetor solar e chapéu na areia

A APDP indica que deve ainda evitar a exposição solar, entre as 10h e as 16h, por ser este o horário em que o calor está mais intenso.

De igual modo, e caso necessite de o fazer, deve evitar administrar insulina nas zonas do corpo que estejam frequentemente expostas ao sol, “uma vez que a velocidade de absorção aumenta”.

4.

Praticar exercício físico

O exercício físico ajuda a reduzir os níveis de glicose no sangue, a regular a tensão arterial e os níveis de colesterol, por isso, deve fazer parte da sua vida regularmente, quer seja caminhar, correr ao ar livre, nadar, andar de bicicleta, dançar.

E tal não significa que deve fazê-lo intensamente, até porque deve haver alguma cautela, visto que as atividades físicas em excesso ou esforço contínuo devem ser evitados.

5.

Privilegiar o descanso

Mulher a dormir sesta

Dormir bem e descansar são condições necessárias a todos, para que nos sintamos bem e tenhamos a sensação de bem-estar.

6.

Proteger a medicação e acessórios do sol e do calor

Tanto a medicação como os equipamentos necessários para medir e administrar não devem estar expostos ao sol ou em locais excessivamente quentes.

Para referências, a APDP indica que a insulina, quando está a ser utilizada, deve ser conservada a temperaturas inferiores a 25º – 30º.

7.

Cuidar dos pés

Mulher na praia

Durante o verão, deve ter cuidados redobrados com os seus pés, nomeadamente “evitar o calçado aberto, usar proteção dentro de água, evitar ter os pés molhados durante muito tempo, as meias não devem ter costuras internas, utilizar meias de algodão para facilitar a respiração da pele e sem costuras internas”.

8.

Se viajar, não se esqueça de nada

Como diz o ditado “mais vale prevenir do que remediar”, por isso certifique-se de que tem sempre consigo a sua medicação, bem como uma caixa de primeiros socorros com “medicação para enjoo, vómitos, diarreia, desidratação, alergia, febres e dores de cabeça”.

Se for para o estrangeiro, a associação aconselha ainda a viajar com um cartão em língua inglesa e do país a visitar informando que tem diabetes e as atitudes a tomar em caso de hipoglicemia e que pode ser disponibilizado pela APDP.

Fontes

  1. Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal, disponível em: https://apdp.pt/noticias/8-conselhos-praticos-para-controlar-a-diabetes-no-verao/
Veja também