Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
22 Out, 2020 - 10:34

6 em cada 10 crianças obesas sofrem de bullying na escola

Mónica Carvalho

É um valor assustador: 65% das crianças portuguesas obesas sofre de bullying na escola, de acordo com a Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI).

Rapaz alvo de cyberbullying

Os resultados foram obtidos por uma sondagem feita pela APCOI a 512 encarregados de educação, na qual estes afirmaram que já tiveram de lidar com pelo menos um episódio de bullying escolar ou preconceito relacionado com o peso da criança, nos últimos dois anos letivos.

De acordo com os dados apurados pela APCOI, os episódios de bullying reportados foram, na maioria, realizados por colegas da mesma turma (47%), por alunos de outras turmas da escola (40%) e até por professores ou pessoal não docente (13%).

O problema tem-se vindo a agravar com a pandemia provocada pela COVID-19. Isto acontece, visto que, durante os meses de confinamento, 1 em cada 5 crianças com obesidade foi vítima, pela primeira vez, de cyberbullying nas redes sociais.

Esses episódios incluem insultos, criação de alcunhas pejorativas e elaboração de comentários inapropriados dirigidos, principalmente, a crianças com excesso de peso, entre os 6 e os 14 anos.

Fontes

  1. APCOI: 65% das crianças com obesidade sofrem bullying escolar. Disponível em: https://www.viversaudavel.pt/apcoi-65-das-criancas-com-obesidade-sofrem-bullying-escolar/
Veja também