Psicóloga Ana Graça
Psicóloga Ana Graça
07 Abr, 2020 - 07:15

Como ajudar as crianças a estudar em casa? Dicas e recursos úteis

Psicóloga Ana Graça

Orientar os estudos e propor atividades divertidas aos nossos filhos não é tarefa fácil. Saiba como ajudar as crianças a estudar em casa.

Como ajudar as crianças a estudar em casa: menina a estudar

Estamos a viver uma situação ímpar que obriga a rever a forma como as crianças aprendem. Com os estabelecimentos de ensino encerrados, a educação à distância torna-se cada vez mais uma opção a seguir. Mas como podem os pais ajudar as crianças a estudar em casa? Não é, certamente, uma tarefa fácil, mas as dicas e os recursos que aqui deixamos podem ser boas ferramentas de apoio.

Crianças a estudar em casa: benefícios da utilização das tecnologias

Como ajudar crianças a estudar em casa: mãe a orientar filha nos trabalhos de casa

A aprendizagem deve acontecer num contexto rico e estimulante, que desperte nas crianças a curiosidade e o desejo de aprender sempre mais. Deve partir de atividades em que as crianças participam de forma ativa, explorando, descobrindo por si mesmas, construindo o seu próprio conhecimento.

Desde cedo, as crianças usam as tecnologias de informação e comunicação que, quando bem utilizadas, podem contribuir para estimular e melhorar a aprendizagem.

As crianças possuem cada vez maior literacia digital, ou seja, são cada vez mais capazes a nível tecnológico e digital. As tecnologias, que fazem parte do seu quotidiano, podem ajudar a desenvolver competências que as tornem capazes de serem persistentes nas investigações, autónomas e criativas, capazes de trabalhar em grupo, tomarem decisões, e construírem as suas próprias aprendizagens (1).

Todavia, os estudos acerca dos efeitos da utilização da tecnologia digital na educação têm mostrado resultados contraditórios no que respeita à eficácia da sua integração. Se, por um lado, alguns estudos referem que os computadores tiveram um efeito mínimo ou até mesmo negativo na aprendizagem dos alunos, outros estudos mostram uma melhoria significativa quando os computadores são integrados no processo de ensinar e aprender.

Na verdade, apesar desta conflitualidade de resultados, não podemos negar que tem sido feito, a nível internacional, um grande esforço no sentido de tornar as salas de aula ambientes tecnologicamente mais enriquecidos (2).

Crianças a brincar em casa
Veja também Distanciamento social: como lidar e entreter as crianças em casa?

Como ajudar as crianças a estudar em casa? Dicas e recursos úteis

Os estabelecimentos de ensino encerraram e foi dito às crianças que não estavam de férias. Para continuar a aprender e a estudar, pais, crianças e professores tiveram que, de um momento para o outro, reinventar toda uma nova rotina de aprendizagem.

Esta aprendizagem à distância passa, naturalmente, pelos meios tecnológicos e digitais. Professores e alunos comunicam-se à distância, com a colaboração dos pais e encarregados de educação.

São muitos os desafios que a situação coloca, não só pelas desigualdades sociais e geracionais no acesso à tecnologia, mas também pelas dificuldades que pais e professores podem encontrar para que as crianças não manifestem atitudes negativas e desmotivação face ao estudo e às atividades escolares. Como podem, então, ajudar as crianças a estudar em casa?

4 dicas para aprender a estudar em casa

Como ajudar as crianças a estudar em casa: mãe a ajudar filha a estudar

Desde sempre, importa que as crianças desenvolvam um conjunto de competências fundamentais para uma melhor aprendizagem e sucesso escolar. Com as crianças a estudar em casa estas competências tornam-se ainda mais importantes.

1. Gerir o tempo de estudo

  • As horas mais rentáveis deverão ser dedicadas ao trabalho mais difícil
  • Quando começam a sentir cansaço, é conveniente que as crianças façam uma pequena pausa
  • É importante que as crianças consigam conciliar alguns momentos de atividade física e de convívio com os familiares com o tempo dedicado ao estudo

2. Escolher o local de estudo

  • De preferência escolher um local dedicado só ao estudo. O estudo deve ser acontecer numa secretária ou mesa e nunca na cama
  • Deve ser um local confortável, com boa iluminação e que disponha de todo o material necessário de forma a evitar interrupções

3. Ler com atenção, sublinhar, resumir e tirar anotações

  • É importante pôr em prática atitudes promotoras da atenção, compreensão e retenção dos conteúdos.

4. Cultivar uma atitude psicológica positiva

  • Promover a autoconfiança e a valorização das capacidades em detrimento das limitações e dificuldades
  • Ser persistente e não deixar que os momentos de desânimo abundem
  • Enfrentar as dificuldades que vão surgindo com espírito otimista

8 recursos para ajudar as crianças a estudar em casa

Como ajudar as crianças a estudar em casa: recursos online

As crianças a estudar em casa não devem sentir-se solitárias e aborrecidas, já que são vários recursos e as ferramentas que podem tornar a aprendizagem mais interativa e divertida.

1. Escola Virtual

A Escola Virtual, com acesso temporariamente gratuito, é uma plataforma de estudo direcionada para a maioria das disciplinas do 1.º ao 12.º ano. São inúmeras as soluções que disponibiliza, desde aulas interativas, testes interativos, manuais, atividades e recursos variados.

2. Aula Digital

Consiste numa uma licença digital que dá acesso gratuito aos recursos digitais das editoras do grupo LeYa. Esta plataforma oferece vários recursos digitais aos alunos, nomeadamente vídeos, jogos, fichas e experiências.

3. Biblioteca de Livros Digitais

A Biblioteca de Livros Digitais é um espaço dinamizador de iniciativas relacionadas com a leitura e a escrita, que se assume como um agregado de livros de autores consagrados e aprovados pelo Plano Nacional de Leitura.

4. O Bichinho do Saber

Este site, que pretende contribuir para o sucesso escolar, disponibiliza resumos das matérias escolares, exercícios, fichas, artigos, sugestões de leitura, desafios, jogos e muito mais.

5. Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra          

O Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra, apesar de se encontrar encerrado ao público, propõe atividades não presenciais para que as famílias, em casa, sejam desafiadas a partilhar jogos e experiências.

6. Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva

O Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva também disponibiliza atividades para fazer em família, adequadas a todas as idades.  

7. Aprender em Casa

O site Aprender em Casa disponibiliza diversas fichas de trabalho direcionadas às crianças do pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico.

8. Livros para Escutar

O Jornal Público permite ouvir livros ilustrados na voz dos autores e são vários os livros disponíveis.

Fontes

  1. Braga, I., Ramos, A., & Braga, J. (2015). Tecnologias digitais no pré-escolar: O YouTube para aprender e partilhar. In M. J. Gomes, A. J. Osório, & L. Valente (Orgs.), Actas da IX Conferência Internacional de TIC na Educação Challenges 2015: Meio Século de TIC na Educação, Half a Century of ICT in Education (pp. 280-294). Universidade do Minho: Centro de Competência TIC do Instituto de Educação. Disponível em: https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/35238/1/Tecnologias%20Digitais%20no%20Pre%20Escolar.pdf
  2. Castro, C. et al. (2013). Que fatores para a utilização de recursos educativos digitais no processo de ensinar e aprender? Opiniões de professores num estudo e-delphi. Atas do XII Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia, 6387-6407. Disponível em: https://repositorio.ucp.pt/bitstream/10400.14/13074/1/In_%20Atas_%20XII_%20GPortugu%c3%aas_UM_CC_et_al.pdf
Veja também