Catarine Martins
Catarine Martins
10 Ago, 2022 - 12:30

Champô sólido: bom para si e para o ambiente

Catarine Martins

O champô sólido está na moda, por isso fomos descobrir se realmente vale a pena – e quais as diferenças face aos champôs tradicionais.

Numa altura em que, felizmente, a sustentabilidade anda nas bocas do mundo, o champô sólido tem vindo a ganhar destaque, assumindo-se como uma alternativa real para cabelos bonitos, saudáveis e cheios de brilho. Mas qual é a diferença do champô sólido para o champô tradicional?

Champô sólido: uma alternativa sustentável

Como sabe, os recursos do planeta estão a esgotar-se rapidamente, e cabe a cada um de nós optar por uma vida mais sustentável, para o bem de todos. E é aqui que entra o champô sólido. Ao contrário do líquido que todos conhecemos, o champô sólido vem em barra, como se de um sabão se tratasse, não sendo necessária a garrafa de plástico.

Com efeito, as embalagens de plástico são extremamente poluentes, e nesse primeiro aspeto o champô sólido ganha pontos. Normalmente vem embalado em caixas de papelão ou em papel, sendo uma alternativa amiga do ambiente.

Vantagens do champô sólido

Por ser em barra, o champô sólido é também mais concentrado, o que se traduz numa maior duração face aos champôs tradicionais.

Normalmente, os champôs sólidos são feitos a partir de ingredientes naturais, e por isso acabam também por ser melhores para a saúde dos fios e do couro cabeludo. E se a esta altura está a pensar que não existem para os diferentes tipos de cabelo, desengane-se.

Tal como acontece com os champôs que conhecemos, também os champôs sólidos não são todos iguais. Há alguns específicos para cabelos secos, outros para cabelos oleosos e, claro, outros para cabelos normais.

Igualmente, são mais fáceis de transportar, tanto em viagens como em pequenas deslocações, por ocuparem pouco espaço.

E se é verdade que antigamente os champôs sólidos faziam apenas parte da vida dos mais preocupados com o ambiente, também o é que a sua popularização por marcas grandes como a Garnier o tornou uma opção viável, e barata, para todos.

Assim, descubra abaixo alguns champôs sólidos que têm vindo a conquistar gurus de beleza e anónimas e experimente – para além de serem excelentes cuidados para os cabelos. Acredite, só há vantagens.

Champô sólido: 3 para experimentar já

1

Champô sólido delicadeza da aveia, Garnier

Especificamente formulado para o couro cabeludo sensível.
Com aveia e creme de arroz nos ingredientes, é um champô suave que promete cabelos bonitos e brilhantes, ao mesmo tempo que apazigua o couro cabeludo.
Assim, se já era fã deste champô em versão líquida, porque não dar uma oportunidade à sua versão mais amiga do ambiente?

Preço:5.59€
2

Flyway hair, Lush

É dona de cabelos finos e quer experimentar o champô sólido? A Lush tem a solução ideal.
O Flyway hair é um champô especificamente pensado para cabelos finos, contendo na composição ingredientes naturais como sal marinho, óleo de limão e camomila.
O resultado é um cabelo brilhante, suave, com mais volume e um couro cabeludo purificado.

Preço:10.95€
3

Champô artesanal de cacau e menta, Miristica

Formulado com ingredientes naturais, é amigo do ambiente e promete ser um excelente aliado dos que não toleram bem os champôs tradicionais. Acalma o couro cabeludo, deixando os fios suaves, macios e hidratados. E uma vez que contém vários óleos essenciais na composição, faz espuma durante a lavagem.

Preço:5.80€

Como usar?

Tal como acontece com os champôs tradicionais, deve ler atentamente e seguir as instruções da embalagem.

Habitualmente, só tem que molhar o cabelo e o champô sólido, passá-lo da raiz do cabelo até às pontas, massajar e enxaguar abundantemente por água.

Uma vez que a maioria destes champôs é feito a partir de ingredientes naturais, é natural que façam menos espuma do que os tradicionais (alguns podem mesmo nem fazer).

Vai experimentar esta alternativa ecológica nos seus cabelos?

Veja também