Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
31 Mar, 2020 - 07:15

O seu cão tem a pele vermelha? Saiba o que pode significar

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária

Se o seu cão tem a pele vermelha significa que algo de errado se passa. Saiba o que pode querer dizer esta alteração da coloração da pele.

Cão tem a pele vermelha: cão deitado no sofá

A pele do cão é, normalmente, rosada e clara, no entanto, por vezes pode sofrer alterações de coloração que podem ser indícios de algumas patologias. Se o seu cão tem a pele vermelha é sinal de que precisa de ser visto pelo médico veterinário e realizar um tratamento adequado prescrito pelo profissional de saúde.

O seu cão tem a pele vermelha? Ao que deve estar atento?

Cão tem a pele vermelha: cão adoentado

Se o seu cão tem a pele vermelha deve estar atento a outros sinais, nomeadamente a presença de:

  • Prurido (comichão)
  • Crostas
  • Descamação
  • Localização das manchas (localizada ou generalizada)
  • Dor
  • Alopécia (perda de pelo)
  • Alterações no comportamento do animal
  • Há quanto tempo apareceu a(s) mancha(s) e se estão a aumentar de tamanho ou a aparecer em outras zonas

Estas são todas informações importantes para o seu médico veterinário, portanto, se o seu cão tem a pele vermelha, deve prestar atenção ao enunciado, de forma a que posteriormente consiga auxiliar o médico veterinário a realizar o diagnóstico.

6 dicas para evitar a queda de pelo no cão
Veja também 6 dicas para evitar a queda de pelo no cão

O seu cão tem a pele vermelha? 8 Patologias que podem estar associadas

Cão tem a pele vermelha: cão no veterinário
1.

Alergia

A alergia é um problema frequente nos cães e pode surgir de várias formas. O seu cão pode fazer reação alérgica a determinadas substâncias, sejam estas inaladas, estejam em contacto com a pele ou mucosas, ou ingeridas.

Alguns animais têm alergias alimentares que se podem manifestar através de vários sintomas, entre os quais, diarreia, vómitos e prurido e eritema, ou seja, vermelhidão da pele.

O animal pode ter alergia a substâncias que podem ser inaladas como o pólen ou substâncias que podem entrar em contacto com a pele, como determinadas plantas ou, em alguns casos, as pulgas que, com a sua saliva, podem provocar alergia a alguns animais.

Qualquer tipo de alergia pode causar a que o cão fique com a pele vermelha, e por norma, um sinal característico de alergia é o prurido.

Alergia em cães: dos sintomas ao tratamento
Veja também Alergia em cães: dos sintomas ao tratamento
2.

Atopia

A atopia ou dermatite atópica é uma doença de pele que pode afetar também os cães e carateriza-se por uma reação de hipersensibilidade em que o organismo do animal responde de uma forma exagerada a determinados alérgenios (agente que causa alergia).

A causa da doença não é bem conhecida, no entanto existe predisposição genética, sendo que algumas raças são mais predispostas a sofrer desta condição.

Se o seu cão tiver este problema de problema, nem sempre exibe sintomas. Alguns animais podem ter sintomas todo o ano enquanto que outros exibem sintomas mais sazonais.

Os sintomas mais comuns de dermatite atópica é a pele vermelha e prurido intenso.

3.

Infeções fúngicas

As infeções fúngicas na pele também podem causar vermelhidão na pele. Porém, o sinal mais característico de uma infeção por fungos é a alopécia, ou seja, queda de pelo. Os fungos afetam a raiz do pelo levando a que este fique mais frágil e comece a cair ou seja mais fácil de arrancar.

A vermelhidão da pele pode surgir também neste tipo de infeções. Os fungos responsáveis por este tipo de problema são denominados por dermatófitos, e podem causar também doença de pele noutros animais ou pessoas. Assim, é muito importante o acompanhamento médico veterinário e diagnóstico precoce.

4.

Sarna

A sarna é causada por diferentes tipo de ácaros, existindo assim, também vários tipos de sarnas. Nos cães, os dois tipos de sarna mais frequentes que afetam a pele são a sarna demodécica e a sarcóptica.

A primeira não é transmissível por contacto e a pele pode surgir vermelha, espessada e sem pelo. A segunda carateriza-se por muito prurido que pode levar a feridas na pele e muito eritema (vermelhidão da pele).

Se o seu cão tem a pele vermelha é importante descartar a hipótese de sarna e diferenciar qual dos tipos, pois apesar do tratamento ser semelhante para ambas, o risco de contágio é diferente.

5.

Infeções bacterianas

Se o seu cão tem a pele vermelha pode estar com uma infeção bacteriana na pele, pioderma ou piodermite. Esta doença deve-se a uma superinfeção bacteriana na pele quando a barreira protetora da pele é quebrada.

Na maioria das vezes as infeções bacterianas na pele são secundárias a outros processos, pelo que é necessário perceber qual a causa primária para ter sucesso no tratamento desta patologia.

Em alguns casos a pele pode ficar com manchas vermelhas na pele, ou com um aspeto ruborizado generalizado. Em casos mais graves podem existir feridas e pus.

Cão doente deitado no sofá
Veja também 5 doenças parasitárias em cães que deve conhecer
6.

Tumores

Alguns tumores de pele podem surgir apenas como uma alteração de cor na pele do cão. Se o cão tem a pele vermelha num determinado local convém vigiar se não alastra ou sofre outras alterações.

7.

Queimaduras

As queimaduras podem surgir como manchas vermelhas na pele. Por vezes, especialmente cães com acesso ao exterior podem aparecer com a pele vermelha “em carne viva”, o que é muito tipicamente o aspeto de uma queimadura.

As queimaduras podem surgir por várias causas, pelo quente, pelo frio ou por químicos. As queimaduras podem levar a infeção e são muito dolorosas, portanto, se suspeita que o seu cão possa ter uma queimadura deve levá-lo ao médico veterinário.

8.

Feridas

Se o seu cão tem a pele vermelha em determinado local também pode tratar-se de uma ferida. As feridas, muitas vezes, numa fase inicial, ainda sem crosta, pode surgir apenas com um aspeto avermelhado na pele, devido a erosão da camada superior da pele.

Fontes

  1. Merck Manual Veterinary Manual – Canine Atopic Dermatitis. Disponível em: https://www.merckvetmanual.com/integumentary-system/atopic-dermatitis/canine-atopic-dermatitis?query=atopic%20dermatitis
  2. Merck Manual Veterinary Manual – Overview of Dermatophytosis. Disponível em: https://www.merckvetmanual.com/integumentary-system/dermatophytosis/overview-of-dermatophytosis?query=dermatophytosis
  3. Merck Manual Veterinary Manual – Mite Infestations. Disponível em: https://www.merckvetmanual.com/ear-disorders/diseases-of-the-pinna/mite-infestations?query=sarcoptes
Veja também