Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
11 Mar, 2020 - 06:15

Raças de cães hipoalergénicas: facto ou mito?

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Patrocinado por:

Será que existem raças de cães “hipoalergénicas”? Se tem alergia a animais de estimação, este artigo é para si.

Raças de cães hipoalergénicas: Shih Tzu

As pessoas podem desenvolver alergias ao pó, pólen, ácaros, tal como aos animais de companhia, como cães e gatos. Quem sofre de alergias, mas é apaixonado por patudos, tende a procurar por raças de cães “hipoalergénicas”. Mas, até que ponto tal afirmação é verdadeira?

O que provoca a alergia a cães?

Caspa em cães: sinais a estar atento

Não é apenas o pelo do cão que provoca alergia, mas sim as proteínas presentes em secreções como urina, sangue, pele, caspa e saliva que podem ser as responsáveis pelas reações alérgicas.

Existem de facto raças de cães “hipoalergénicas”?

As raças hipoalergénicas são de facto um mito, porque, na realidade, todos os cães, independentemente da sua raça, partilham das mesmas proteínas presentes nos seus fluidos, pele e pelo.

As chamadas raças de cães “hipoalergénicas” são assim classificadas por vários fatores, que contribuem para que a quantidade de alergénios libertada para o ambiente seja menor. E que fatores são esses:

  • Tamanho do cão, quanto mais pequeno for o cão menor a quantidade de pelo que vai perder
  • Tipo de pelo do cão, sendo que o ideal é preferir o cão de pelo curto e que tenha pouca perda de pelo, para evitar a libertação das proteínas para o ambiente
  • Tipo de pele, pois algumas raças como os labradores têm tendência a libertar maior quantidade de substâncias produzidas pelas glândulas de pele, o que pode contribuir para que ocorram reações alérgicas.

Para além de ter em consideração estes fatores quando procura um cão e tem alergias, deve também ter outros tipos de cuidados como:

  • Passar algum tempo com o cão antes de o adotar de forma a perceber se o animal desencadeia alguma reação alérgica, como lacrimejamento e irritação ocular, espirros ou tosse
  • Não permitir que o cão tenha acesso ao quarto, ou local onde a pessoa dorme
  • Manter o pelo do cão curto e escovado
  • Lavar o cão regularmente, de acordo com o aconselhamento do médico veterinário;
  • Optar por não ter carpetes ou tapetes, uma vez que as secreções libertadas pelo cão e que provocam alergia podem ficar aí acumuladas durante muito tempo
  • Utilizar medicamentos anti-histamínicos ou sprays com córticos, de acordo com o recomendado pelo seu médico ou fazer terapia de imunização contra a alergia

Alguns estudos referem também que a presença de um cão no ambiente com uma criança até 1 ano de idade diminui o risco de este vir a sofrer de alergias, atuando como um processo de imunização natural.

7 Raças de cães que podem causar menos alergia

Cão está mais parado do que o habitual: sintomas a estar atento

Já sabemos que não existem raças de cães “hipoalergénicas”, mas sim algumas raças que podem causar menos alergia do que outras. Entre as que costumam causar menos alergia selecionamos 10 raças mais populares.

1.

American Hairless Terrier

É uma raça pequena a média, musculoso e ativo. Tem a particularidade de uma das variantes da raça não ter pelos e portanto, pode ser uma boa opção na escolha de um novo membro da família de pessoas com alergia.

2.

Yorkshire terrier

Esta raça é muito popular não só pelo seu tamanho pequeno, mas também pela sua enorme simpatia. Apesar de ser um cão de pelo longo apresenta um pelo fino e apenas uma camada, libertando também pouco pelo para o ambiente, fazendo uma excelente escolha para pessoas alérgicas.

3.

Shih Tzu

Esta raça, também pequena, é uma das raças de cães de eleição para quem tem alergias, pois o seu pelo quase não cai.

4.

Bichon Maltes

Também de pequeno porte, e de pelo comprido, é uma das raças preferidas para quem tem alergia pela mesma razão dos shih tzu.

5.

Cão de água português

Esta raça tornou-se especialmente famosa por um exemplar ter vivido na Casa Branca com o ex-presidente Barack Obama, e também por a sua filha ser alérgica a cães. Esta também é uma das raças preferidas dos “alérgicos a cães”.

6.

Caniche

O caniche apesar de ter um pelo comprido, este é denso e também não se destaca facilmente, sendo uma das caraterísticas preferenciais no que toca a alergias.

7.

Cão de Crista Chinês

O cão de crista chinês é uma raça particular por uma das variantes não ter quase pelo. Esta variante da raça apenas apresenta um pouco de pelo na cabeça e pontas das patas, pelo que a probabilidade de causar alergia é menor.

E os cães sem raça definida?

Como já vimos anteriormente, não há raças de cães “hipoalergénicas” propriamente ditas, mas sim algumas raças, que perante um conjunto de caraterísticas, levam a que as pessoas exibam menos sinais de alergia quando estão em contacto com os mesmos.

O que não significa portanto, que apenas os cães destas raças sejam considerados aptos para pessoas com alergias, pois existem também cães sem raça definida, vulgarmente conhecidos por “rafeiros” que podem apresentar excelentes caraterísticas e não provocar sinais de alergia na pessoa.

O ideal é, se tem alergias, considerar bem a hipótese de ter um cão, fazer a sua escolha e passar algum tempo com o cão escolhido para perceber a reação do próprio organismo. Além disso, deve consultar o seu médico acerca da medicação que deve tomar em alturas de crise, que pode passar por anti-histamínicos e corticosteróides orais ou em spray. A imunização também pode passar por uma boa opção a longo prazo.

Se desenvolveu alguma alergia ao seu cão deve também contactar o seu médico veterinário que poderá ajudar a esclarecer as suas dúvidas. Se ainda não conhece a Vetecare, saiba que disponibiliza uma vasta rede de clínicas e de profissionais que o podem auxiliar.

Ao subscrever o Plano de Saúde da Vetecare, desde 13€ por mês para dois animais de estimação, pode ter descontos em consultas de diagnóstico, vacinas, exames, assistência veterinária ao domicílio, alimentação, medicamentos e serviços de bem-estar.

Fontes

Dog allergen levels in homes with hypoallergenic compared with nonhypoallergenic dogs – Charlotte E. Nicholas, Ganesa R. Wegienka, and Christine Cole Johnson. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3680143

Dog and Cat Allergies: Current State of Diagnostic Approaches and Challenges – Sanny K. Chan and Donald Y. M. Leung. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5809771/

Veja também