Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
29 Abr, 2020 - 08:05

Os cães conseguem ver TV ou outras imagens em dispositivos eletrónicos?

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária

Será que os cães conseguem ver TV ou perceber imagens noutros dispositivos eletrónicos?

Cão a ver TV deitado no sofá

Todo o tutor de cães já passou por momentos em que estava a ver TV e o seu cão reagiu de forma “engraçada” ou ficou estático e atento como se estivesse a ver mesmo televisão. Será que os cães conseguem ver TV e perceber sons e imagens de dispositivos eletrónicos? A resposta é “mais ou menos”, uma vez que é possível que percebam alguns deles.

Os cães conseguem ver tv?

Cães conseguem ver TV: cão no sofá atento ao que está a passar na televisão

Sim, os cães conseguem ver TV, no entanto, a forma como vêm as imagens pode depender do tipo de tecnologia que temos em casa.

Televisões antigas

O que nós vemos quando estamos perante uma imagem em dispositivos eletrónicos são pequenos quadrados individuais, porém, esses pequenos quadrados têm uma frequência de pulsação rápida, tendo em conta a nossa perceção.

Ou seja, a capacidade dos humanos para ver imagens numa tela é cerca de 50 a 60 hertz, e as televisões antigas estavam ajustada a esse fenómeno, de forma que transmitiam as imagens a uma frequência de 60 hertz.

Assim, como a velocidade da nossa perceção é semelhante à frequência passada na televisão, para os nossos olhos, é impossível percebermos os quadrados, dando-nos uma ideia de imagem contínua em movimento.

Já nos cães, a sua frequência de perceber a imagem é superior, cerca de 70 a 80 hertz e portanto, nas televisões mais antigas, em que a frequência é inferior, é possível que vejam as imagens como pequenos pontos a piscar e não uma imagem corrida.

Televisões mais recentes

As televisões e dispositivos electrónicos (LED, LCD, plasma) mais recentes têm uma frequência maior, portanto, os cães, tal como os humanos, nesse tipo de dispositivos já conseguem ver as imagens.

No entanto, ainda assim, a visão da imagem é diferente devido à diferente perceção das cores.

Os cães conseguem ver tv? como é que interpretam a imagem?

Cão no colo da tutora a ver imagens num tablet

Os cães evoluíram tendo em consideração as suas necessidades, que seria caçar e afastar-se dos seus predadores. Portanto, não se adaptaram propriamente a verem ecrãs de dispositivos eletrónicos.

A função visual dos cães resulta da combinação de quatro factores:

  • Acuidade visual
  • Campo visual e perceção de profundidade
  • Perceção do movimento
  • Perceção das cores
1.

Acuidade visual

A capacidade de focar objectos (acuidade visual) nos cães é inferior à das pessoas. Por isso, muitas vezes, ao longe, o cão não consegue perceber quem é ou que objeto é, no entanto consegue perceber que existe.

2.

Campo visual e perceção de profundidade

A capacidade de medir as distâncias (campo visual e perceção de profundidade) é o que determina a capacidade de visão periférica.

A dos humanos é de cerca de 200º, enquanto a dos cães é superior, cerca de 220º. Esta é uma característica que os ajudava a caçar e a defenderem-se de possíveis predadores pois, sem se mexer, conseguiam ter um grande campo de visão.

3.

Perceção do movimento

A perceção do movimento nos cães é maior do que nas pessoas, outro fator que os auxiliava na caça e na sua defesa.

4.

Perceção das cores

A perceção das cores, ou seja, a forma como os cães conseguem ver o mundo, representa talvez a maior dúvida para muitos tutores, que se questionam se de facto os cães vêem mesmo a preto e branco.

A resposta a esta questão não é tão simples assim, pois os cães não vêem as cores como os humanos, no entanto também não vêem exatamente a preto e branco, como se pensava.

Os cães são chamados de dicromáticos, pois conseguem perceber dois tipos de cores, o azul e amarelo, e portanto conseguem perceber todas as cores que resultam desse espetro. Os humanos conseguem perceber vermelho, azul e verde.

Assim, é possível concluir que os cães conseguem ver TV e conseguem ver imagens em dispositivos eletrónicos, todavia, o que vêem é ligeiramente diferente do que aquilo que vemos.

Os cães conseguem ver tv? E será que gostam?

Cão a ver TV com o tutor

Todos os tutores de cães já repararam que por vezes, em determinadas alturas, os seus cães, de repente, se dirigem para perto da televisão e ficam atentos, muitas vezes, rodando a cabeça e mantendo as orelhas eretas.

Esta posição significa que estão atentos ao que se está a passar e demonstram curiosidade. Os estímulos para os cães podem ser diferentes, muitas vezes pela própria imagem ou até o próprio som.

Outros cães sentem mesmo preferência por ver televisão, estando já comprovado que os cães para além de gostarem de ver TV também têm as suas próprias preferências.

As preferências de cada um dependem da sua personalidade, tal como acontece com as pessoas, no entanto, no geral, estudos apontam para que os cães prefiram conteúdos curtos, com cores dentro da sua perceção.

Com base nestes estudos, já existem canais para cães. Em Portugal existe a Dog TV, que é um canal apenas para o cão ver.

Os cães conseguem ver tv? Benefícios de ver televisão

A televisão para cães pode ter alguns benefícios, sendo que o maior é distraí-los e ajudá-los a passar o dia, quando estão sozinhos em casa.

O conteúdo da Dog TV é baseado em programas de estimulação em que apresentam imagens da rua, programas de estimulação que incentivam o cão a brincar e também programas de relaxamento.

Todos os conteúdos são de duração inferior a 6 minutos, o que vai de acordo com o estudado, pois não são capazes de estarem atentos durante um grande período de tempo, perdendo o interesse.

Esta pode ser uma ferramenta importante, especialmente em cães com problemas de ansiedade de separação.

Fontes

  1. International Journal of Human-Computer Studies – A dog centred approach to the analysis of dogs’ interactions with media on TV screens. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1071581916300611
  2. The Royal Society Publishing – Are dogs red–green colour blind? Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5717654
  3. A dog centred approach to the analyses of dogs’ interactions with media on TV screens. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1071581916300611
Veja também