Inês Borges
Inês Borges
27 Ago, 2020 - 00:27

Abóbora gila: as melhores receitas desta planta

Inês Borges

Descubra as melhores formas de dar uso à abóbora gila, desde doces tradicionais a tortas incríveis. As ideias são várias e todas deliciosas.

abóbora gila

A abóbora gila, também conhecida como simplesmente gila, é uma abóbora com um exterior verde e branco e um interior branco com sementes pretas.

Diferente da abóbora tradicional, tem várias utilidades na cozinha, sendo que o doce de gila é sem dúvida o mais habitual em terras portuguesas. Este doce está na origem de várias receitas deliciosas como os tradicionais pastéis de gila, tartes de amêndoa e gila e até tortas com combinações inesperadas.

Além dos doces que por aqui são mais habituais, a abóbora gila começa a ser também utilizada para fazer experiências de produção de uma “massa” mais saudável e sem amido.

Conheça algumas 4 ideias que valem a pena ser postas em prática.

4 receitas com abóbora gila

1. Tarte de amêndoa e gila

tarte de amêndoa e gila inteira
Cozinha:portuguesa
Tipo:sobremesa
Tempo de preparação:00h50

Ingredientes

  • 250 gr de açúcar
  • 6 ovos
  • 200 gr de amêndoas sem pele
  • 150 gr de gila
  • 1 colher de chá de canela
  • Açúcar e canela

Modo de preparação

  • Untar uma forma redonda com manteiga e forrar com papel vegetal.
  • Triturar as amêndoas.
  • Numa taça juntar os ovos e o açúcar e bater bem.
  • Adicionar a amêndoa moída, o doce de gila e a canela e ir envolvendo muito bem.
  • Deitar a massa na forma e levar ao forno.
  • Retirar, deixar arrefecer e retirar da forma.
  • Polvilhar com açúcar e canela.

2. DOCE DE GILA

Cozinha:portuguesa
Tipo:doce
Tempo de preparação:01h40

Ingredientes

  • 1 abóbora gila
  • Açúcar – quantidade igual ao peso da abóbora cozida e escorrida
  • Casca de limão
  • Pau de canela
  • Sal
  • 250 ml de água

Modo de preparação

  • Partir a abóbora em vários pedaços e retirar as sementes e os filamentos mais amarelos.
  • Lavar os pedaços até deixarem de deitar espuma.
  • Deitar os pedaços num alguidar com a água e com a casca virada para cima.
  • Deixar de um dia para o outro.
  • No dia seguinte encher uma panela com água e sal e deixar ferver.
  • Deitar os pedaços de abóbora e deixar cozer cerca de 40 minutos.
  • Retirar, deixar arrefecer e raspar a abóbora para dentro de uma taça.
  • Deixar escorrer cerca de meia hora.
  • Deitar o açúcar, a água, o pau de canela e a casca de limão num tacho e deixar ferver.
  • Passados cerca de oito minutos, passar com a colher na calda e, se começar a cair em gotas, está pronto.
  • Juntar a abóbora e ir sempre mexendo e retirando os fios.
  • Está pronto quando passar com a colher e conseguir abrir um “caminho.
  • Retirar, deixar arrefecer e guardar em frascos.

3. TORTA DE CENOURA E GILA

torta de cenoura e gila cortada
Cozinha:portuguesa
Tipo:sobremesa
Tempo de preparação:00h50

Ingredientes

  • 500 gr de cenouras
  • 300 gr de açúcar
  • 4 colheres de sopa de farinha
  • 6 ovos
  • 1 frasco de doce de gila
  • Canela e açúcar em pó

Modo de preparação

  • Pré-aquecer o forno a 180 graus.
  • Untar uma forma com manteiga e forrar com papel vegetal.
  • Cozer as cenouras em água com sal e reduzi-las a puré.
  • Separar os ovos.
  • Bater as claras em castelo.
  • Bater as gemas com o açúcar até obter um creme homogéneo.
  • Adicionar o puré de cenoura e envolver bem.
  • Juntar a farinha e envolver cuidadosamente.
  • Envolver as claras.
  • Deitar na forma e levar ao forno cerca de 25 minutos.
  • Polvilhar um pano seco ou papel vegetal com açúcar e canela.
  • Deitar a torta no pano e polvilhar com canela.
  • Barrar com o doce de gila e enrolar.
  • Polvilhar com canela e açúcar em pó.

4. PASTÉIS DE GILA

Cozinha:portuguesa
Tipo:doce
Tempo de preparação:01h00

Ingredientes para a massa

  • ½ kg de farinha de trigo
  • 1 limão
  • 200 ml de água com sal
  • 50 gr de manteiga

Ingredientes para o recheio

  • 1 clara
  • 1 pau de canela
  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 4 laranjas
  • 500 gr de doce de gila
  • 6 gemas
  • Açúcar e canela a gosto

Modo de preparação

  • Misturar a farinha com a manteiga derretida e com as raspas de limão.
  • Ir adicionando pequenas porções de água e moldando a massa.
  • Levar ao lume o doce de gila misturado com as gemas, a clara, a farinha, o sumo das laranjas e o pau de canela.
  • Espalhar o doce num prato, retirar a canela e deixar arrefecer.
  • Estender a massa numa superfície polvilhada, cortar em rodelas e rechear com o doce já frio.
  • Fechar os pastéis e fritar.
  • Escorrer o excesso de gordura e polvilhar com açúcar e canela.

Fontes

As receitas presentes neste artigo foram adaptadas das páginas Ananás e Hortelã, Petiscos e Search N Cook.

Veja também