7 Sintomas de problemas no fígado: fique atento!

Os sintomas de problemas do fígado podem variar consoante a doença hepática presente, no entanto existem sintomas que indicam a presença de um problema.

7 Sintomas de problemas no fígado: fique atento!
O fígado é o maior órgão, a seguir à pele, representando aproximadamente 2% a 3% do peso corporal médio.

A doença hepática (do fígado) é um termo amplo que abrange todos os problemas potenciais que fazem com que o fígado não cumpra as suas funções. Normalmente, é necessário que mais de 75% ou três quartos do tecido hepático sejam afetados para que ocorra uma diminuição da sua função. No entanto, os sintomas de problemas no fígado surgem geralmente mais cedo, portanto é importante conhecê-los e estar atento.

A doença hepática pode ser hereditária (genética) ou causada por uma variedade de fatores que danificam o fígado, como vírus ou o uso de álcool. A obesidade também está associada a danos no fígado.

Os primeiros sinais e sintomas de problemas no fígado são a dor abdominal do lado direito e a barriga inchada. Além desses, também podem ocorrer os sinais de cor amarelada na pele e nos olhos e urina escura, de cor amarelo forte.

OS SINTOMAS CLÁSSICOS DE PROBLEMAS NO FÍGADO


Os sintomas de problemas no fígado podem ser diversos. Os mais clássicos e que abrangem a maioria das doenças hepáticas são:

1. Distensão abdominal

sintomas de problemas no figado e distencao abdominal

Uma doença hepática grave pode causar acumulação de líquido no abdómen (condição conhecida como ascite). Este sintoma pode ser causado por diversas condições médicas, sendo que a doença hepática é a mais comum, surgindo frequentemente em casos crónicos.

2. Icterícia

ictericia

A pele e a esclera (parte branca do olho) assumem tonalidade amarelada. Este é um dos mais característicos sintomas de problemas no fígado que causa também urina de cor escura e fezes de cores claras.

A icterícia é causada por níveis elevados de bilirrubina no sangue, sendo que este sintoma é geralmente indício de problemas no fígado, indicando que este não é capaz de eliminar a bilirrubina corretamente devido ao bloqueio dos canais biliares ou motivado por doenças hepáticas como cirrose, hepatite aguda ou abuso excessivo de álcool durante um longo período.

O tratamento da icterícia relacionada com a doença hepática depende do tratamento bem-sucedido da condição médica subjacente. Sendo, no entanto, importante realçar que o facto da icterícia desaparecer não quer dizer que a doença hepática esteja curada.

3. Dor abdominal

dor abdominal

A dor abdominal, particularmente no canto superior direito do abdómen é um revelador sintoma de problemas no fígado. Esta dor pode, ou não, ser acompanhada de ascite (inchaço abdominal) e é frequentemente caracterizada como latejante ou persistente.

4. Alterações na urina e nas fezes

alteracoes da urina e das fezes

A urina pode tornar-se de cor amarelo escuro devido ao aumento dos níveis de bilirrubina na corrente sanguínea, uma vez que o fígado danificado é incapaz de a eliminar.

A bilirrubina é uma substância amarelada encontrada na bílis e que permanece no plasma sanguíneo até ser eliminada na urina. Quanto mais bilirrubina eliminada na urina, mais amarela ela se torna.

Problemas no fígado frequentemente causam várias alterações no trânsito gastrointestinal. Normalmente, estes sintomas apresentam-se de três maneiras: obstipação, sintomas da síndrome do intestino irritável ou alterações na cor e composição das fezes. Qualquer um ou todos esses sintomas de problemas no fígado podem aparecer em pacientes que sofrem de casos não detetados e não tratados de doença hepática ou cirrose.

5. Retenção de líquidos

retencao de liquidos mulher

Danos sérios no fígado também podem levar à retenção de líquidos nas pernas, tornozelos e pés. Tal ocorre porque o comprometimento da função hepática inibe a capacidade do organismo de produzir e circular proteínas, o que, por sua vez, causa problemas circulatórios localizados nas pernas, pés e tornozelos, porque a gravidade atrai naturalmente o fluido para os pontos inferiores do corpo.

6. Hematomas

hematomas

Quando o fígado fica danificado, retarda ou deixa de produzir as proteínas necessárias para a coagulação sanguínea, conhecidas como plaquetas. Como resultado, os indivíduos afetados perceberão que tendem a formar hematomas (nódoas negras) ou sangrar mais facilmente – um sinal visual comum de que o fígado está com dificuldades.

Em suma


Estes são os sintomas gerais que afetam a maior parte das pessoas com problemas no fígado. No entanto, uma vez que existe uma variedade de doenças do fígado, os sintomas tendem a ser específicos para essa doença até que ocorra doença hepática terminal e insuficiência hepática.

Veja também:

Farmacêutica Cátia Rocha Farmacêutica Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.