Sêmola: o que é e quais as suas vantagens em relação à farinha

A sêmola é um derivado de cereais duros, como trigo e milho, que preserva o endosperma do cereal, ou seja, a parte mais rica do ponto de vista nutricional.

Sêmola: o que é e quais as suas vantagens em relação à farinha
Seja de trigo ou de milho, a sêmola tem maior valor nutricional do que a farinha.

sêmola é o resultado da moagem incompleta do grão de cereais duros, em particular do milho ou trigo, apresentando, por isso, uma textura mais granulada e grossa do que as respetivas farinhas.

Corresponde a uma parte nobre do cereal, pois conserva o endosperma e todo o valor nutricional do mesmo (ao contrário da farinha), sendo recomendada para a preparação de papas, sobremesas e produtos de pastelaria em substituição da farinha mais refinada.

Outro subproduto granuloso, tanto do trigo como do milho, é a semolina, cujo grão tem um tamanho intermediário entre a sêmola e a farinha.

Dependendo do cereal empregado para a sua produção, há produtos que recebem o nome de sêmolas e semolinas de trigo ou de milho.

A sêmola de trigo é a principal matéria prima para a produção de massa fresca e seca de alta qualidade (macarrão, esparguete, espirais), já que tem um bom cozimento, um sabor neutro e uma consistência porosa.

COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL DA SÊMOLA


semola

Sendo um derivado de cereais, a sêmola é uma fonte primordial de hidratos de carbono, sendo estes maioritariamente de baixo índice glicémico, particularmente no caso do trigo.

Além dos hidratos de carbono, possui moderado conteúdo em proteína e fibra e baixo teor em gordura.

É, portanto, uma boa opção para refeições intermédias (por exemplo incorporada em receitas ou papas), pois sofre uma digestão mais lenta, prolongando a sensação de saciedade por mais tempo. No entanto, para quem procura a gestão de peso, é um alimento a moderar pois possui cerca de 350 Kcal / 100g (valores para a sêmola de trigo).

A nível de micronutrientes, a sêmola é rica em vitaminas do complexo B, nomeadamente em tiamina, niacina, ácido pantoténico e ácido fólicovitamina K, selénio, fósforo e ferro, os quais são essenciais para o equilíbrio e homeostasia do organismo.

Com efeito, as vitaminas do complexo B são importantes para o correto metabolismo dos hidratos de carbono, ácidos gordos e aminoácidos, síntese dos nucleótidos necessários ao ADN; a vitamina K é essencial para a coagulação sanguínea, incluindo para a síntese hepática de vários fatores proteicos que participam no processo de coagulação sanguínea, sendo também necessária para a síntese de algumas proteínas presentes no plasma, ossos e rins.

Já o selénio é responsável pela manutenção da estrutura e funções das membranas celulares, exercendo ainda uma atividade antioxidante, que atua em conjunto com a vitamina E, impedindo a ação lesiva dos radicais livres de oxigénio.

Por último, o fósforo é um mineral importante para a manutenção dos ossos e dentes e para o normal metabolismo produtor de energia, enquanto o ferro é fundamental para o aporte de nutrientes e oxigénio para os diferentes tecidos do organismo.

Como incluir a sêmola na sua alimentação?


Apesar da maior utilização da sêmola ser nas massas alimentícias, também pode utiliza-la em preparações caseiras. Deixamos-lhe, para isso, uma receita fácil de preparar para começar a incluir a sêmola em vez da farinha na sua alimentação.

1. Bolo de sêmola

Bolo de semola

– Ingredientes –

  • 50 gr de açúcar de coco
  • 20g de Stevia
  • 1 casca de limão
  • 3 ovos
  • 100g de farinha de trigo integral
  • 185 gr de sêmola de trigo
  • 125 ml de leite
  • 1/2 chávena de amêndoas picadas
  • 1 laranja
  • 100g de Azeite

– Modo de Preparação –

  1. Ralar 1 limão para dentro de uma tigela.
  2. Juntar o azeite, a stevia e o açúcar e bater bem com uma batedeira.
  3. Acrescentar 1 ovo de cada vez, e ir batendo.
  4. Continuar a bater, e juntar, alternadamente, a farinha de trigo e a sêmola.
  5. Juntar o leite e o sumo da laranja e continua a bater.
  6. Adicionar à massa, 1/2 chávena de amêndoas.
  7. Com a ajuda de um salazar, colocar a massa num tabuleiro previamente untado com farinha e espalhar.
  8. Colocar em cima da massa, várias amêndoas e dispor de forma a criar quadradinhos.
  9. Levar ao forno, pré-aquecido a 180 graus, durante 25 min.

 

NOTA IMPORTANTE


A sêmola de trigo, como qualquer outro derivado deste cereal, contem glúten, o que o torna inadequado para aqueles que sofrem de doença celíaca ou uma sensibilidade ao glúten.

Por outro lado, como é um alimento com baixo teor de purinas, é muito bom para quem tem níveis elevados de ácido úrico, ajudando a prevenir crises de gota.

Veja também:

Nutricionista Rita Lima Nutricionista Rita Lima

Rita Lima é nutricionista e trabalha, atualmente, nos ginásios Urban Fit de Ermesinde, Antas Prime Fitness e CulturaFit Club no Porto. Durante 2 anos colaborou no projeto Dragon Force do Futebol Clube do Porto e com o Boavista Futebol Clube. É licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade.