6 Alimentos que contribuem para o envelhecimento da pele

Os alimentos que mais contribuem para o envelhecimento da pele muitas vezes interagem com o colagénio da pele, promovendo a sua quebra. Conheça-os e modere a sua ingestão.

6 Alimentos que contribuem para o envelhecimento da pele
Evite o aparecimento de rugas e manchas na pele.

Existem inúmeros fatores que influenciam o envelhecimento da pele – genética, tabagismo, exposição ao sol, o meio ambiente, a alimentação e muito mais.

Mas a alimentação desempenha um dos papéis principais na forma como o seu corpo e a sua pele modificam à medida que envelhece. Conheça os alimentos que contribuem para o envelhecimento precoce e previna-se!

Top 6 alimentos que contribuem para o envelhecimento da pele


1. Margarina

alimentos que mais contribuem para o envelhecimento da pele e margarina

Esta alternativa tão popular da manteiga pode estar a promover o envelhecimento da sua pele. Estudos comprovaram que as pessoas que utilizavam margarina regularmente tinham mais rugas do que pessoas que não usavam margarina.

Esta correlação existe porque o tipo específico de gordura presente na margarina, gordura trans, pode aumentar a inflamação.

2. Doces

doces diversos

A sobrecarga de açúcar pode dar início a um processo chamado glicação. Quando come mais açúcar do que as suas células podem processar, as moléculas de excesso de açúcar combinam-se com proteínas, criando “produtos finais de glicação avançados (denominados de “AGEs”).

Os AGEs podem danificar o colagénio da sua pele, a proteína que mantém a pele firme e jovem.

3. Álcool

alcool discoteca

Um fígado saudável significa pele saudável. Quando o seu fígado está a funcionar bem, as toxinas que poderiam estar a afetar a pele são expulsas naturalmente pelo corpo. Mas se as toxinas se acumulam no fígado e não são decompostas adequadamente, a sua pele pode desenvolver uma variedade de problemas, como acne e rugas.

Beber álcool pode comprometer o bom funcionamento do fígado e ainda desencadear surtos de rosácea. Além disso, é desidratante e mau para o seu sono, algo que também afeta a elasticidade da pele e a pigmentação.

4. Carne de churrasco

salsicha assada no churrasco

Todas aquelas partes pretas no seu pedaço de carme podem conter hidrocarbonetos pró-inflamatórios, o que pode representar um problema, já que a inflamação quebra o colagénio na pele.

Não precisa de eliminar necessariamente o churrasco da sua alimentação, mas, pelo menos, certifique-se de retirar todas as partes negras da sua carne e de limpar a grelha para não restarem vestígios para a próxima refeição.

5. Alimentos salgados

alimentos salgados

Mesmo que cozinhe com quantidades pequenas de sal, isso não garante que sua ingestão seja baixa. Muitos alimentos processados são conservados com sódio, o que pode causar retenção de líquidos e causar uma aparência inchada.

Qualquer alimento com uma quantidade elevada de sódio vai secar a sua pele. O excesso de sal no corpo extrai mais fluido das células para ajudar a neutralizar o sal e retirá-lo do corpo. Como resultado, a sua pele fica mais seca por causa da falta de fluido, o que pode levar a uma aparência enrugada.

6. Alimentos picantes

alimentos picantes

As comidas picantes agravam a pele propensa a rosácea, mas também pode causar danos durante a menopausa. Como a comida picante dilata os vasos sanguíneos, as mulheres na menopausa podem ter a pele manchada e menos jovem durante esse período.

Não se preocupe com o picante ocasional, mas evite alimentos picantes regularmente se não quer presenciar vermelhidão permanente.

Em suma…


Hoje em dia é perfeitamente possível ter uma alimentação livre de alimentos que contribuem para o envelhecimento da pele, basta ter alguma precaução. Mas também não precisa de os eliminar na totalidade, simplesmente seja mais cuidadoso se não quer ficar com marcas visíveis na pele precocemente.

Veja também: