5 Alimentos que causam inchaço abdominal

Os alimentos que causam inchaço abdominal possuem substâncias que o organismo demora a digerir e como consequência formam gases que provocam desconforto.

5 Alimentos que causam inchaço abdominal
Saiba o que está a causar-lhe tanto desconforto.

Os alimentos que causam inchaço abdominal podem ser verdadeiros inimigos.

O inchaço na zona da barriga ocorre após refeições onde existem alimentos ricos em substâncias que não são bem digeridas no sistema digestivo, causando a formação de gases e consequentemente o aparecimento do inchaço abdominal.

A sensação de barriga inchada não é assim tão incomum como possa parecer. Na verdade, cerca de 16% a 30% das pessoas dizem que têm inchaço abdominal regularmente.

Não são raras as vezes que se confunde barriga inchada com retenção de líquidos, mas na verdade são duas condições distintas, sendo que a retenção de água envolve quantidades aumentadas de fluido no corpo e não presença de gases, como é o caso do inchaço abdominal.

Alimentos que causam inchaço abdominal e sugestões do que comer como alternativa


Embora o inchaço possa ser um sintoma de uma condição médica grave, geralmente é causado por algo presente na alimentação, e por isso, hoje damos a conhecer alimentos que causam inchado abdominal e algumas sugestões que poderão ser eficazes para evitar esse problema.

1. Leguminosas

leguminosas variadas e alimentos que causam inchaco abdominal

As leguminosas são ótimas para a saúde. São fonte de proteína, fibras, além de várias vitaminas e minerais.

No entanto, a maioria dos alimentos deste grupo da roda dos alimentos contém alfa-galactosídeos, que pertencem a um grupo de hidratos de carbono chamados FODMAPs.

Esta família de hidratos de carbono de cadeia curta mal absorvidos no intestino aumenta a carga osmótica no intestino delgado. Isso significa que a água será atraída para o intestino e isso pode causar diarreia. Após a passagem para o cólon, as FODMAPS são rapidamente fermentadas por bactérias, criando gás.

No caso das leguminosas como o feijão, o grão-de-bico, lentilhas e as ervilhas, está presente a rafinose, uma substância que potencia a formação de gás por parte das bactérias do intestino.

Como substituir: Algumas leguminosas são mais facilmente digeríveis no sistema digestivo. O feijão preto pode ser melhor para o sistema digestivo, especialmente após ficarem de molho em água. Também pode optar por quinoa.

2. Trigo

trigo espiga

O trigo tem sido altamente controverso nos últimos anos, principalmente porque contém uma proteína chamada glúten.

Apesar da controvérsia, o trigo ainda é amplamente consumido apesar de ser um dos alimentos que causam inchaço abdominal. É um ingrediente principal na maioria dos pães, massas, tortillas e pizzas, bem como produtos de panificação como bolos, biscoitos, panquecas e waffles.

No entanto, o trigo também é uma fonte importante de FODMAPs, que podem causar problemas digestivos.

Como substituir: Existem muitas alternativas sem glúten ao trigo, como aveia pura, quinoa, farinha de amêndoa e farinha de coco.

3. Brócolos e outros vegetais crucíferos

taca com brocolos

A família de vegetais crucíferos inclui os brócolos, a couve-flor, o repolho, couve-de-bruxelas e outros. Todos eles são extremamente saudáveis, contendo muitos nutrientes essenciais para o organismo como fibra, vitamina C, vitamina K, ferro e potássio.

Mas os vegetais crucíferos contêm rafinose, um açúcar complexo que o organismo tem alguma dificuldade a digerir, formando gases durante a fermentação no intestino grosso.

Cozinhar os vegetais e consumir pequenas quantidades de cada vez pode torná-los mais fáceis de digerir.

Como substituir: Existem muitas alternativas possíveis que incluem espinafres, pepino, alface, batata-doce e curgete.

4. Cebola

cortar cebola

As cebolas são vegetais subterrâneos com um sabor único. Raramente são comidas inteiras e cruas, mas são bem populares na gastronomia portuguesa.

Apesar de serem consumidas em pequenas quantidades, as cebolas são uma das principais fontes alimentares de frutanos. Estas são fibras solúveis que podem causar inchaço abdominal.

As cebolas são uma causa conhecida de inchaço e outros desconfortos digestivos. Cozinhar as cebolas pode reduzir esses efeitos digestivos.

Como substituir: Tente usar ervas aromáticas e especiarias como uma alternativa.

5. Lacticínios

laticinios variados

A lactose é um açúcar encontrado no leite e na maioria dos produtos lácteos.

As pessoas que não produzem a enzima lactase suficiente têm dificuldade em digerir a lactose, sendo esse problema conhecido como intolerância à lactose.

O aumento do gás é um sintoma da intolerância à lactose e que leva à presença de inchaço abdominal entre outros sintomas muito desconfortáveis.

Como substituir: As pessoas que são intolerantes à lactose podem escolher alternativas vegetais ou sem lactose, como já existe nos supermercados.

É possível ingerir estes alimentos sem ter problemas digestivos?


Sim, é possível. Nem todas as pessoas reagem da mesma forma aos alimentos, por isso é normal que umas pessoas saiam mais afetadas do que outras.

Existem algumas dicas que podem ajudar a não formar tanto gás no intestino, nomeadamente:

  • Ingerir pequenas quantidades de cada vez;
  • Deixar as leguminosas de molho durante a noite;
  • Misturar os vegetais crucíferos com outros vegetais nas confecções.

 

Em suma…


O inchaço abdominal é um desconforto que todas as pessoas estão sujeitas a ter, caso ingiram alimentos que causam inchaço abdominal e que o organismo não digere da melhor forma.

No entanto, existem alternativas para esses alimentos e formas de os tornar menos indigeríveis.

Veja também: