Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
15 Jun, 2020 - 13:00

Shar Pei: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária

O Shar Pei é um cão com características bastante particulares, tanto a nível físico como psicológico. Saiba tudo sobre esta fantástica raça.

shar pei deitado

Shar Pei é uma a raça de cães que se acredita existir há cerca de 2000 anos atrás na China, sendo nessa altura utilizado como cão de guarda e trabalho, e posteriormente como cão de luta também. Esta raça ficou quase em vias de extinção entre 1960 e 1970 devido ao início do consumo de carne de cão na China.

Esta raça é rara, mas muito conhecida por todo o mundo. O que a torna mais famosa é, sem dúvida, a sua pele solta e enrugada e a sua língua azulada, semelhante à da raça Chow Chow. É um cão bastante independente, no entanto, é muito devoto da sua família.

Por ser uma espécie tão rara, e por se ter aproximado de entrar em vias de extinção, chegou a aparecer por duas vezes no Livro dos Recordes do Guiness.

Características gerais do SHAR PEI

grupoGrupo: Grupo 2 – Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suíços
Finalidade: cão de guarda
Ambiente ideal: casa ou apartamento de grandes dimensões
origemPaís de Origem: China
portePorte: grande
Altura: de 45cm a 51cm
pesoPeso ideal: de 54kg a 90kg
corCor: qualquer cor sólida, exceto branco
lifeEsperança Média de Vida: entre 8 a 10 anos
preçoPreço médio: de 300€ a 450€

Características específicas do SHAR PEI

O Shar Pei é um cão auto-confiante, sério, independente, teimoso e muito seguro de si próprio.

rating 4Energia
rating 3Inteligência
rating 3Tolerância ao frio
rating 2Tolerância ao calor
rating 3Cuidados de higiene
rating 2Queda de pelo
rating 3Tendência para problemas de saúde
rating 2Facilidade de aprendizagem
rating 3Socialização com crianças
rating 3Socialização com estranhos
rating 4Socialização com cães
rating 4Socialização com gatos

Fases da vida do SHAR PEI

fase-bébéfase-adultofase-idoso
BébéAdultoIdoso
1 – 24 meses24 meses – 8 anos8 – 10 anos

Físico do SHAR PEI

físico shar pei

É um cão de tamanho médio, pele enrugada, como aspeto semelhante a um elefante, e orelhas pequenas. Tem uma cabeça bastante grande tendo em conta o tamanho do corpo.

A sua cauda é grossa e arredondada na sua base tornando-se mais estreita. É normalmente bastante comprida, podendo ser reta ou em curva para o lado das costas.

Temperamento do SHAR PEI

Embora não seja um cão expressivo, até, por vezes, dá a sensação que está triste, devido às suas feições típicas da raça, ele é devotado e muito protetor para com os seus tutores, sendo bastante reservado e até desconfiado no que a estranhos diz respeito.

Apesar de ser uma raça que se pode adequar perfeitamente à vida num apartamento, o Shar Pei necessita de estímulos físicos e psicológicos diários para se manter equilibrado.

É um bom cão de guarda, uma vez que é, por natureza, desconfiado e territorial, além de teimoso. O que faz com que seja fundamental educá-lo desde pequeno, para ser mais sociável.

Problemas de Saúde do SHAR PEI


Olhos
Entrópio
OssosDisplasia de quadril, luxação da patela, displasia do cotovelo
PeleDermatites

Cuidados a ter com o SHAR PEI

PeleVerificar e limpar bem as pregas semanalmente;
Utilizar champôs para peles sensíveis;
Utilizar suplementação com ómega-3 e 6 e uma boa alimentação
DentesEscovar duas a três vezes por semana
OuvidosFazer uma limpeza regular semanalmente

Origem do SHAR PEI

Decorria a Dinastia Han (entre 206 a.c. a 220 a.C.), quando os Shar pei trabalhavam com os camponeses, cumprindo os papéis de cão de guarda, caçador de javali e cão de luta. Esta descoberta é fundamentada pelas estátuas encontradas que traçam a figura dos exemplares desta raça e que são datadas dessa época.

Após o comunismo ter sido implementado na China (República Popular da China), a maior parte dos cães foram eliminados, pois ter cães era considerado uma relíquia, e todos os cães que não fossem utilizados para fins de trabalho ou para ajudar o Homem em algum fim, deviam ser eliminados e utilizados para alimentação. Assim, sobraram poucos remanescentes fora das cidades, o que contribuiu para que, com o passar dos anos, esta raça quase fosse declarada extinta.

Esse fator foi precisamente o que ajudou a mudar o cenário, tornando-a numa das raças mais populares do mundo, sendo especialmente apreciado nos EUA, pois alguns exemplares foram para lá levados para salvar a raça.

Curiosidades sobre o SHAR PEI

Esteve perto da extinção, tendo sido considerada pelo Guinness World Records como a raça mais rara do mundo, em 1974 e depois novamente mais tarde ficou em segundo lugar.

Os Shar Pei, possuem a língua azul escura que está relacionado com um gene recessivo, que está também presente em outras raças como os Chow Chow e, por esta razão, se pensa que existe alguma ligação genética com esta raça.

As rugas presentes nos exemplares desta raça devem-se a uma herança genética que faz com que haja uma produção excessiva de ácido hialurónico que se acumula na pele e forma as mesmas rugas.

Conheça mais raças de cães: