Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
16 Mar, 2017 - 11:56

Pés inchados ao final do dia? Descubra porquê!

Mónica Carvalho

Podem provocar dor e desconforto e podem aparecer por diversas causas. Descubra os principais motivos de ter pés inchados e como combater este problema.

Pés inchados ao final do dia? Descubra porquê!
O artigo continua após o anúncio

Tornozelos e pés inchados são comuns e, caso tenha caminhado muito ou estado de pé durante longas horas, não é motivo para preocupação.

Contudo, se não for este o caso, podemos estar perante um indício de que algo de errado se passa com a sua saúde.

Os pés inchados são resultado da acumulação anormal de líquidos, principalmente no final do dia. É um problema muito comuns em mulheres durante o ciclo menstrual ou em idosos, devido ao desgaste natural derivado da idade avançada.

Asuas causas são variadas: desde a ocupação profissional do paciente passando pelas disfunções dos sistemas hepático, renal e cardíaco.

Isto acontece, porque a ação da gravidade faz com que o sistema circulatório tenha maior dificuldade em bombardear o sangue dos pés de volta ao coração.

Causas para os pés inchados

1. Idosos

idosos e pés inchados



Devido ao desgaste natural do corpo e menor eficiência do sistema circulatório, as pessoas idosas ficam mais sujeitas à ação da gravidade e têm maior probabilidade de terem inchaços nos pés e tornozelos.

2. Obesidade

obesidade e pés inchados

O excesso de peso dificulta a circulação sangue, pois há maior pressão arterial e os vasos sanguíneos ficam comprometidos, podendo até ficar obstruídos.

3. Viagens longas de carro

viagem de carro e pés inchado

Deixar as pernas numa mesma posição por muito tempo faz com que o sangue não circule corretamente, pois não há contração dos músculos da panturrilha.

O artigo continua após o anúncio

Isso ocorre com pessoas que trabalham em escritórios, fábricas, durante viagens de carro ou avião, etc.

4. Medicamentos

medicamentos e pés inchados

Alguns tipos de remédios também podem causar pés inchados, como os bloqueadores dos canais de cálcio, antidepressivos, esteróides, anticoncepcionais e medicamentos para o tratamento da diabetes.

5. Doenças renais

doença renal e pés inchados

Os rins são responsáveis por filtrar e eliminar o sódio do organismo. Quando eles não conseguem realizar tal função, o corpo fica com altos níveis de sódio e há a formação de edemas nas pernas e nos pés que podem resultar em inchaço.

6. Calor

calor e pés inchados

Durante as estações mais quentes do ano, o corpo precisa encontrar alguma forma de diminuir a temperatura interna.

Para isso, os vasos sanguíneos sofrem maior dilatação e liberam líquidos nos tecidos, resultando no inchaço, principalmente, dos pés.

7. Inflamações e alergias

inflamações e pés inchados

Resultado da ação de agentes invasores, como bactérias ou quando há um processo inflamatório, causado por alergia, infecção ou trauma;

8. Diabetes

diabetes

Uma pessoa com neuropatia diabética tem maior propensão a ter feridas nos pés. Há uma perda gradual de sensibilidade na região e os diabéticos acometidos por essa condição magoam a sola dos pés e não notam;

9. Traumas ou lesões

lesões nos pés e pés inchados

Uma lesão bem comum na região dos pés é o entorse de tornozelo, quando a pessoa pisa em falso e “vira” o pé para dentro (inversão) ou para fora (eversão).

O artigo continua após o anúncio

10. Edema linfático

edema linfático e pés inchados

Alterações ou retirada de gânglios linfáticos podem comprometer a circulação da linfa, líquido que circula por vasos e capilares.

Com a obstrução da passagem da linfa, pode haver acumulação de líquido nos membros inferiores e acarretar problemas mais graves como infeções e deformidades.

11. Gestantes

grávida e pés inchados

Durante a gravidez, é comum o organismo reter mais líquido devido à compressão de veias importantes para o retorno de sangue.

Esta alteração faz com que haja acumulação de líquido e gere inchaços nos pés e tornozelos.

Quando o inchaço for repentino, no início da gestação e acometer mais regiões do corpo, pode ser um sinal de algo mais grave como a pré-eclâmpsia (aumento da pressão arterial após a 20ª semana de gestação), sendo necessário acompanhamento médico especializado;

12. Coágulos de sangue

sangue e pés inchados

Também conhecido como trombose, podem-se formar nas pernas em veias superficiais e profundas, o que causa bloqueio do fluxo normal de sangue e consequentemente pode gerar inchaço nos pés e tornozelos. Caso não seja tratado corretamente pode ser fatal.

Como evitar os pés inchados

Existem algumas dicas que podem ajudar a combater os pés inchados. Confira quais são:

  • Praticar exercício físico, que ajuda a aumentar a circulação das pernas e a eliminar o excesso de fluido nos pés;
  • Outra medida de prevenção para pés inchados é usar meias de elásticas na parte da manhã para melhorar a circulação;
  • Não passe muitas horas sentado ou em pé num mesmo lugar;
  • Excesso de peso pode comprometer a boa circulação, por isso, mais uma boa razão para ficar em forma;
  • Diminuir a quantidade de sal na sua alimentação.

Receita caseira para evitar os pés inchados

Esta receita caseira com lavanda e alecrim vai ajudar a diminuir o inchaço dos pés. Saiba como preparar:

O artigo continua após o anúncio
  1. Ferva dois litros de água e despeje numa bacia com um punhado de sal grosso;
  2. Acrescente duas gotas de óleo essencial de lavanda e uma gota de óleo essencial de alecrim;
  3. Deixe os pés mergulhados nessa mistura durante dez minutos.