Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
02 Abr, 2018 - 13:00

Pequinês: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

Mónica Carvalho

A raça Pequinês caracteriza-se pela existência de cães muito dóceis, afetuosos e, ao mesmo tempo, seguros e valentes, ao contrário do que o seu tamanho possa indicar. É uma das raças mais antigas que existem e a sua origem está relacionada com uma história de amor impossível. Curioso? Saiba mais sobre esta incrível raça.

Pequinês: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
O artigo continua após o anúncio

O Pequinês é um cão inteligente e valente, que não tem receio de se impor caso o seu espaço pessoal ou território seja invadido, mesmo que por algo ou alguém que tenha o triplo do seu tamanho – o que não é difícil. E isso poderá, também, aplicar-se aos donos, visto que é um cão muito independente.

Esta raça aceita um limite diário de mimos e carinhos e não gosta quando isso se torna excessivo. Chega até, por vezes, a mostrar-se indiferente.

Características gerais do Pequinês

Grupo: Grupo 9 – Cães de Companhia

Finalidade: cão de companhia

Ambiente ideal: apartamento

País de Origem: China

Porte: pequeno

Altura: de 20cm a 27cm

Peso ideal: de 3kg a 4kg

Cor: várias

Esperança Média de Vida: entre 13 a 15 anos

Preço médio: de 180€ a 200€

Características específicas do Pequinês

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

Fases da vida do Pequinês

Bebé

1 – 6 meses

Bebé

1 – 6 meses

Adulto

6 meses – 13 anos

Adulto

6 meses – 13 anos

Idoso

13 – 15 anos

Idoso

13 – 15 anos

Bebé

1 – 6 meses

Adulto

6 meses – 13 anos

Idoso

13 – 15 anos

Físico do Pequinês

pequines

Ao contrário do que habitualmente acontece, as fêmeas desta raça costumam ser maiores e mais pesadas do que os machos, mas, no geral, são cães pequenos, cuja cabeça é grande em relação ao corpo.

Possui olhos redondos e escuros pode ficar meio escondidos devido ao pelo e à existência de pequenas rugas no focinho.

Temperamento do Pequinês

Apesar da sua independência, o que faz com que seja uma raça frequentemente comparada aos gatos, é um cão extremamente devotado à sua família, mas não excessivamente afetivo.

Bastante teimoso, pode, por vezes, ser tido como um cão arrogante, talvez fruto de toda a sua história em que era mimado e apaparicado por membros da realeza.

Problemas de Saúde do Pequinês

Olhos

  • Ceratoconjuntivite seca e triquíase.

Ossos

  • Luxação da patela.

Pele

  • Dermatite.

Cuidados a ter com o Pequinês

Temperatura

  • Não tolera bem o calor.

Pelo

  • Escovar diariamente.

Pele

  • Limpar bem as rugas diariamente.

Origem do Pequinês

Deve a sua existência aos cães Foo, da China, e que eram tratados como realeza, tendo, inclusivamente, à sua disposição, servos pessoais.

Curiosidades sobre o Pequinês

Segundo uma lenda chinesa, é o resultado do amor entre um leão e uma macaca contudo, a diferença de tamanhos tornava o amor impossível, pelo que o Deus Hai-Ho juntou-os num único ser.

O artigo continua após o anúncio

Conheça mais raças de cães:

Todas as raças de cães

Todas as
raças de cães

Todas as raças de cães

Todas as
raças de cães

Raças de cães pequenos

Raças de
cães pequenos

Raças de cães pequenos

Raças de
cães pequenos

Raças de cães médios

Raças de
cães médios

Raças de cães médios

Raças de
cães médios

Raças de cães grandes

Raças de
cães grandes

Raças de cães grandes

Raças de
cães grandes

Todas as raças de cães

Todas as
raças de cães

Raças de cães pequenos

Raças de
cães pequenos

Raças de cães médios

Raças de
cães médios

Raças de cães grandes

Raças de
cães grandes