Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
03 Out, 2017 - 15:54

Pais: estas foram as horas de sono que perderam desde que o vosso primeiro filho nasceu

Mónica Carvalho

Não é um cenário animador, mas é realidade. Saiba quantas foram as horas de sono que perderam desde que o vosso primeiro filho nasceu!

Pais: estas foram as horas de sono que perderam desde que o vosso primeiro filho nasceu
O artigo continua após o anúncio

Não é novidade para ninguém que todos os pais do mundo nunca mais dormiram como faziam antes da criança nascer, certo? Mas será que sabe quanto tempo abdicou no mundo dos sonhos pelo seu bebé? Então, vamos conhecer as horas de sono que perderam desde que o vosso primeiro filho nasceu.

Agora já pode saber tudo isso ao pormenor. Graças ao portal “The lost sleep calculator for parents” – a calculadora de horas de sono perdidas pelos pais desde o nascimento do primeiro rebento da família, criado pela Hillarys. Trata-se de uma marca inglesa que atua no mercado da decoração ao nível de carpetes, tapetes e cortinas, que decidiu expandir um pouco a sua atividade com este portal curioso.

O bebé nasce e tudo muda

Lembra-se daquela maravilhosa atividade noturna que envolve fechar os olhos e permanecer numa posição horizontal durante cerca de oito horas até o sol nascer? Se é pai, provavelmente já não sabe bem o que é dormir em condições desde que a criança nasceu. Não, não acontece só consigo, mas praticamente com todos os pais do mundo.

Por isso, pais, estas foram as horas de sono que perderam desde que o vosso primeiro filho nasceu, calculadas ao detalhe por um portal online.

Exemplo 1

Se o seu primeiro filho tem um ano, saiba que:

  • Perdeu 1836 horas de sono, o que equivale a 77 dias;
  • Mudou 3360 fraldas;
  • Leu 42 histórias para adormecer;
  • Cantou 1440 músicas de embalar.

Exemplo 2

Se o seu primeiro filho tem 1 ano e 6 meses, saiba que:

  • Perdeu 2589 horas de sono, o que equivale a 108 dias;
  • Mudou 4800 fraldas;
  • Leu 63 histórias para adormecer;
  • Cantou 2160 músicas de embalar.

Exemplo 3

Se o seu primeiro filho tem 5 anos, saiba que:

  • Perdeu 3330 horas de sono, o que equivale a 139 dias;
  • Mudou 5940 fraldas;
  • Leu 210 histórias para adormecer;
  • Cantou 4440 músicas de embalar.

Quais as consequências da privação de sono?

consequencias da privacao do sono

Para a maioria dos pais, ter um recém-nascido em casa pode ter consequências nos horários de sono, que, geralmente, não provocam efeitos a longo prazo na saúde.

O artigo continua após o anúncio

Durante os primeiros seis meses de vida, os bebés dormem profundamente em períodos de duas a quatro horas, o que significa que tanto podem dormir de dia como de noite. Após os seis meses de idade, os bebés começam a dormir por períodos mais longos e geralmente dormem durante a noite. Entre os seis e os nove meses, muitos bebés podem começar a exibir episódios de acrobacias noturnas, devido a marcos de desenvolvimento e fisiológicos, como quererem sentar-se ou rastejar.

Tudo isto tem influência na qualidade do sono dos pais, pelo que o melhor conselho a reter é: durma quando o bebé está a dormir. A criatividade e a flexibilidade são importantes aqui e o casal deve perceber o esquema que melhor resulta com eles.

Se não houver regras e os novos pais não se conseguirem orientar, pode acontecer isto, de acordo com o portal Hillarys:

  • 1 em 4 pais colocou o telemóvel no frigorífico;
  • 1 em 9 pais embalou o gato enquanto pensava que era o bebé;
  • 1 em 5 pais colocou leite materno no café;
  • 1 em 3 pais calçou dois sapatos diferentes;
  • 1 em 2 pais vestiu a roupa do lado do avesso.

Estas foram as horas de sono que perderam desde que o vosso primeiro filho nasceu! E agora que está mais atento para esta questão, cabe-lhe a si encontrar ferramentas para que a privação de sono não domine a sua vida e se torne num problema.

Este portal resulta de uma parceira conjunta de diversas entidades inglesas, nomeadamente: portal Money Saving Expert, Baby Centre, Daily Mail, BBC, Medical News Today, Mother and Baby e RIF.

Veja também: