Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
27 Dez, 2019 - 11:31

Gripe: número de casos vão aumentar nos próximos dias

Mónica Carvalho

Saúde sazonal: casos de gripe com tendência crescente na última semana do ano e primeiros dias de 2020. Veja as recomendações da DGS.

medicamentos para a gripe: os mais aconselhados
O artigo continua após o anúncio

Em comunicado, a Direção-Geral de Saúde (DGS) alerta para o facto de Portugal estar na fase epidémica da atividade gripal, estimando-se que o pico seja atingido entre a última semana do ano e a primeira semana de 2020.

Nos hospitais foram registados cerca de 110 mil episódios de urgência na semana entre 2 e 8 de dezembro, sendo que apenas cerca de 2% dos casos foram por síndrome gripal. Também nesse período, foram atendidas pelo Centro de Contacto SNS 24 cerca de 29 mil chamadas (tendência crescente) para avaliação de sintomatologia, das quais cerca de 3,3% foram por síndrome gripal. Nos cuidados de saúde primários, o número e a proporção de consultas devido à gripe também mostram uma tendência crescente em todo o país.

Prevenir é o melhor remédio

Programa Nacional de Vacinação inclui três novas vacinas

Para evitar ficar doente, atente a todas as recomendações partilhadas pela DGS:

  • Tomar sempre a vacina da gripe, que deve ser administrada, preferencialmente, até ao final do ano, sendo esta, aliás, a principal medida de prevenção contra a gripe. Ajuda a proteger as pessoas mais vulneráveis, prevenindo a doença e respetivas complicações
  • Seguir as indicações do seu médico assistente, garantindo a toma adequada da medicação e o controlo de doenças crónicas
  • Se estiver doente, não vá para as urgências hospitalares. Deve contar a linha Saúde 24 (808 24 24 24) para aconselhamento, orientação e acompanhamento ou para o INEM, em caso de doença grave
  • Não tomar antibióticos sem indicação médica
  • Manter-se bem hidratado, bebendo água, chá, sopas e bebidas quentes
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas
  • Evitar a exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura
  • Manter-se quente, utilizando várias camadas de roupa e protegendo as extremidades (luvas, gorro, cachecol, meias e calçado quente), quando estiver no exterior
  • Manter a casa e o local de trabalho aquecidos e garantir sempre uma ventilação adequada
  • Confirmar o correto funcionamento dos equipamentos de aquecimento;
  • Manter as boas regras de higiene e de etiqueta respiratória em todas as situações: lavar as mãos, espirrar e tossir para o cotovelo, assoar-se e deitar fora o lenço de papel
  • Manter distância de outras pessoas em caso de doença respiratória
  • Ter cuidado com os pisos escorregadias, para evitar quedas
  • Adotar uma condução de estilo defensivo, principalmente em momentos de condições climatéricas adversas
Veja também

Fontes

1. Direção-Geral de Saúde. Disponível em: https://www.dgs.pt/?ci=1420&ur=1&newsletter=454