Enfermeira Bárbara Andrade
Enfermeira Bárbara Andrade
30 Mai, 2019 - 16:16

Conheça os exames que requerem jejum antes da sua realização

Enfermeira Bárbara Andrade

É importante saber quais os exames que requerem jejum se vai ser submetido a um, e qual a duração que esse jejum deve ter, ou o que pode ou não ingerir.

Conheça os exames que requerem jejum antes da sua realização

Existem vários exames que requerem jejum prévio antes da sua realização, uma vez que a influência da alimentação nos níveis das substâncias que vão ser avaliadas é muito grande.

A maioria dos exames de sangue exigem que a colheita seja realizada após um período mínimo de quatro horas de jejum, para o indivíduo adulto, no entanto deve ter-se em atenção o caso dos recém-nascidos e crianças, pois sempre que possível, devem ver reduzido ou até mesmo abolido este período, dependendo de cada situação clínica.

O tempo dos exames que requerem jejum pode variar também de acordo com o laboratório em que será realizado e com os exames que serão realizados no mesmo dia, pelo que deve contactar previamente o laboratório para obter o tempo de jejum ideal para cada exame.

Exames que requerem jejum: qual a importância do jejum?

exames que requerem jejum exames laboratorio

O tempo de jejum para o exame varia de acordo com o que será avaliado, pelo que é importante saber que alguns exames necessitam de um período de jejum de 12 horas, outros menos.

Ao realizar o jejum, o técnico de laboratório procura avaliar determinadas substâncias quando os seus níveis são mais baixos no sangue (sem estarem influenciados pela alimentação). Assim, se o jejum for feito durante o tempo solicitado, os resultados terão mais acurácia e estarão mais perto do valor real no sangue.

O período clássico de 12 horas de jejum foi definido com base no tempo máximo que uma pessoa normal levaria a metabolizar todo o alimento ingerido na sua última refeição.

Exames que requerem jejum: tempo de jejum

1. Hemograma

Não é necessário fazer jejum, pois neste exame apenas são avaliados componentes que não são alterados pela alimentação como o número de hemácias, leucócitos ou plaquetas.

2. Perfil lipídico / lipidograma (exame do colesterol e triglicerídeos)

É recomendado um jejum de 12 horas, devido à dosagem de triglicérideos (tipo de gordura existente no sangue). Para além do jejum exigido, neste tipo de exame é preciso evitar atividade física vigorosa por 24 horas antes da sua realização e não ingerir bebidas alcoólicas nas 72 horas que antecedem a colheita de sangue.

3. Glicemia

Este é um dos exames exige um jejum de 8 horas nos adultos e 3 horas para as crianças, sendo um dos exames mais simples utilizados no diagnóstico de diabetes.

4. Coagulograma

Jejum de pelo menos 3 horas.

5. Níveis de sódio, potássio, ureia, ácido úrico, ferro, cálcio, bilirrubinas, prolactina, magnésio, TGO e TGP

Jejum de pelo menos 3 horas.

6. Níveis de TSH

Jejum de pelo menos 4 horas.

7. Níveis de PSA

Jejum de pelo menos 4 horas.

8. FSH – Hormona Foliculo Estimulante, LH e T4

Sem necessidade de jejum.

Nota: Para todos os exames, no entanto, não se deve exceder o período de jejum por mais de 14 horas.

Exames que requerem jejum: é permitido beber água durante esse período?

Sim! É permitido tomar água em jejum, no entanto deve fazê-lo com moderação, pois o excesso de água pode interferir com alguns exames, como é o caso do exame à urina, podendo afetar a densidade urinária. Outros tipos de bebidas, como refrigerantes, chás ou bebidas alcoólicas, devem ser evitadas pois podem provocar alterações nos componentes do sangue.

No entanto, caso o exame envolva algum tipo de anestésico (como por exemplo, a endoscopia digestiva), é aconselhável não beber água, pelo risco náuseas e/ou vómitos durante ou após o procedimento.

Exames que requerem jejum: atualizações recentes

exames que requerem jejum tirar sangue

Em relação ao tipo de jejum que deve ser feito aquando de um exame específico, existem algumas atualizações que deve ter em conta, tais como:

  • O tempo de jejum exigido para cada exame tem vindo a diminuir, de forma a favorecer o conforto e a diminuir as probabilidades de a pessoa se sentir mal (por exemplo, por hipoglicémia ou hipotensão), sobretudo em crianças, grávidas e idosos
  • Outra novidade é que, agora, é possível colher o sangue ao longo do dia, não só durante o período da manhã. A exceção a esta regra é um ou outro exame específico que requerem que o exame seja feito logo no período cedo da manhã
  • No dia anterior ao exame de sangue, deve-se evitar fumar e beber bebidas alcoólicas, pois influenciam os resultados da análise, principalmente na dosagem da glicemia e dos triglicerídeos
  • Se estiver a tomar alguma medicação comunique-a ao seu médico

Exames que requerem jejum: complicações possíveis

Um tempo de jejum muito prolongado pode causar variações nos componentes a analisar, podendo alterar a confiabilidade dos resultados, bem como pode levar a situações de mal-estar físico na pessoa, devido ao baixo nível de açúcar no sangue ou a valores de tensão arterial baixos.

Veja também