Farmacêutica Cátia Rocha
Farmacêutica Cátia Rocha
09 Mai, 2018 - 10:32

Estrias na Gravidez: como se livrar deste problema?

Farmacêutica Cátia Rocha

As estrias na gravidez são muito comuns e afetam 80% das pré-mamãs. Durante a gravidez, são produzidas hormonas que permitem um relaxamento dos ligamentos da pélvis que facilita o parto – isto pode afetar as fibras da pele, tornando-a mais suscetível ao aparecimento de estrias. Saiba como prevenir as estrias na gravidez.

Estrias na Gravidez: como se livrar deste problema?

As alterações decorrentes da gravidez provocam grandes mudanças no corpo da mulher, sendo as mais evidentes o aumento do peso e volume, sobretudo na barriga, seios e coxas.

Este aumento de peso e volume desafia os limites de elasticidade da pele e, quando esse limite é excedido, as fibras que sustentam a pele – elastina e colagénio – têm que ser reforçadas nas suas camadas mais profundas, caso contrário, muito rapidamente surgem as inestéticas estrias na gravidez.

E mesmo que depois do parto se recupere o excesso de peso, as estrias ficam. Fique a saber como surgem as estrias, como prevenir o seu aparecimento e como as disfarçar depois da gravidez.

O QUE SÃO AS ESTRIAS?

barriga com estrias na gravidez

As estrias são linhas paralelas de cores diferentes na superfície da pele. Usualmente começam a surgir por volta do segundo trimestre, aparecendo mais comummente na zona do umbigo e espalhando-se pela barriga. São essencialmente um “rasgar” da pele, resultante da desfragmentação do colagénio e das camadas elásticas da pele.

Normalmente começam por ser vermelhas ou roxas e vão desvanecendo até ficarem brancas e, em alguns casos, podem provocar uma ligeira impressão quando lhes toca.

Há, no entanto, grupos com maior probabilidade de ter estrias, designadamente:

  • Mulheres;
  • Caucasianos (de pele clara);
  • Grávidas;
  • História familiar de estrias;
  • Partos de bebés grandes ou múltiplos;
  • Ter excesso de peso;
  • Perda ou ganho repentino de peso;
  • Toma de corticóides.

>> Saiba mais sobre estrias junto dos especialistas. Coloque as suas dúvidas, aqui.

COMO EVITAR AS ESTRIAS NA GRAVIDEZ?

hidratacao da barriga de gravida

Hidratação externa

Entre as várias formas de evitar estrias, a palavras chave é “hidratação”. Esta hidratação pode tomar várias formas, internas e externas.

A hidratação da pele é assim um dos pontos mais importantes a reter. Em alguns casos, o uso diário de um bom hidratante pode ajudar a eliminar as estrias naturalmente, sendo essencial para a sua prevenção.

Existe disponível uma grande variedade de cremes e loções que ajudarão a manter a pele hidratada e saudável durante o aumento de peso e que serão uma grande ajuda para evitar o aparecimento das estrias na gravidez.

Estes cremes deverão, idealmente, ser aplicados desde uma fase precoce da gravidez e tornar-se um ritual diário, a repetir pelo menos duas vezes por dia.

Hidratação interna

A utilização de cremes adequados ajudará mas, ainda assim, não será o suficiente! A par com este tratamento deve lembrar-se de hidratar o seu corpo, bebendo também uma quantidade satisfatória de água.

Além de ser bom para a gravidez, a ingestão de água irá, também, manter a sua pele mais hidratada, permitindo que esta ganhe, assim, maior elasticidade e tenha menos tendência a “quebrar”, formando a estria.

Alimentação

A alimentação correta, particularmente a ingestão das vitaminas C e A e dos ómega-3 terão, igualmente, um papel fundamental na prevenção das estrias na gravidez.

ESTRIAS NA GRAVIDEZ – COMO TRATAR NO PÓS-PARTO

Radiofrequencia Tripolar Cronus

Existem tratamentos estéticos não invasivos, seguros e eficazes que são a solução para recuperar a pele que tinha antes de engravidar, eliminando as estrias que não puderam ser evitadas no decurso da gravidez.

O nome da solução é Radiofrequência Tripolar Cronus, este tratamento atua em simultâneo nas diferentes camadas da pele e é isto que lhe garante uma potência e um grau de eficácia que permite reduzir o número de sessões necessárias. Este método inovador, além de corrigir as cicatrizes causadas pelas estrias na gravidez, promove a tonificação cutânea, combate a flacidez e elimina a gordura e a celulite.

A radiofrequência aumenta o metabolismo dos fibroblastos acelerando a produção de novo colagénio e das fibras de elastina dando à pele uma aparência mais jovem, suave e saudável e assim permitir o desaparecimento das inestéticas estrias.

>> Marque já a sua consulta de avaliação grátis!

Veja também: