Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
01 Jul, 2020 - 17:07

“Estou aqui”: pulseiras para crianças novamente disponíveis

Mónica Carvalho

A pulseira “Estou aqui” foi criada para facilitar o contacto com os pais em caso de perda da criança. Já pode pedir para os seus filhos para um verão mais tranquilo.

Pulseiras Estou aqui para crianças: menino a segurar peluche

Com o objetivo de facilitar o reencontro com os pais em caso de perda, as pulseiras “Estou Aqui” são já uma presença frequente nos verões portugueses.

A pulseira é pessoal e intransmissível e é constituída por uma fita em tecido que contém um código alfanumérico e a inscrição “Call / LIGA 112”. Esse código ajuda a identificar a criança, bem como as pessoas por ela responsáveis e os respetivos contactos.

Se alguém encontrar uma criança perdida e que possua esta pulseira, deve contactar o serviço de emergência nacional e, em seguida, é feito o encaminhamento para a PSP, que dispõe dos dados associados à pulseira. O protocolo é ativado e os pais, educadores ou tutores da criança que se encontre perdida são imediatamente contactados.

Quem pode aderir e como solicitar?

Criança com pulseira Estou aqui

A pulseira pode ser usada por crianças dos 2 aos 10 anos de idade, bem como por crianças com menos de dois anos, desde que já caminhem sozinhas.

É bastante simples solicitar a pulseira “Estou Aqui” para os seus filhos:

  1. Aceder ao site do https://estouaqui.mai.gov.pt.
  2. Preencher os dados de registo.
  3. Levantar a pulseira numa esquadra da PSP à sua escolha. Nesta fase, não é preciso levar a criança consigo, bastando acompanhar-se de um documento de identificação.

Quando pode ser usada?

Assim que tiver a pulseira, pode colocá-la no pulso da criança, para usar todos os dias, em qualquer atividade – a ideia é que a mesma não seja retirada nunca.

O período de verão é particularmente crítico, visto que “o risco de as crianças se perderem é maior quando se alteram as rotinas, quando estão em locais diferentes, e isto é uma realidade quando vão para fora; mas também o pode ser no dia a dia, se estiverem em locais diferentes e com muitas pessoas – como praias ou centros comerciais, por exemplo.” Todo o cuidado é pouco.

As pulseiras são válidas até quando?

As pulseiras estão disponíveis desde 25 de junho e podem ser usadas até 31 de maio de 2021. Se os seus filhos já tiverem usado esta pulseira em anos anteriores, saiba que estas já não se encontram válidas e, como tal, deve fazer um novo registo.

A iniciativa “Estou Aqui” foi criada em 2012, em parceria com a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna e o Instituto de Apoio à Criança, entre outras entidades, tendo sido já distribuídas e ativadas mais de 375 mil pulseiras.

No ano passado, o programa abrangeu 77 mil crianças, tendo-se registado oito situações de acionamento da pulseira para garantir a reunião de uma criança perdida com a família.

Fontes

  1. Ministério da Administração Interna, disponível em: https://estouaqui.mai.gov.pt/Pages/Home.htm
Veja também