Mafalda Braga
Mafalda Braga
20 Nov, 2019 - 12:00

Dogue de Bordeaux: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

Mafalda Braga

Destemido e auto-confiante, o Dogue de Bordeaux não precisa de ajuda para defender o seu território. Apesar do tamanho e da aparência, são cães dóceis.

dogue de bordeaux

Ao longo da sua história, o Dogue de Bordeaux já foi utilizado para caçar javalis, lutar contra touros e ursos e guardar propriedades e gado. De todas essas façanhas, resta-lhe hoje uma capacidade incondicional para defender o que é seu, sem grande agressividade ou alarido.

Sofre de alguns problemas de saúde e é um dos cães mais calorentos que existe, pelo que os cuidados a ter com esta raça são mais necessários.

Características gerais do DOGUE DE BORDEAUX

grupoGrupo: Grupo 2 – Cães do tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suíços
Finalidade: cão de guarda e de defesa
Ambiente ideal: casa
origemPaís de Origem: França
portePorte: grande
Altura: de 58cm a 68cm
pesoPeso ideal: de 45kg a 60kg
corCor: caju ou cor de mogno com máscara vermelha ou preta (são permitidas pequenas manchas brancas no peito e nas patas)
lifeEsperança Média de Vida: entre 8 a 12 anos
preçoPreço médio: de 450€ a 950€

Características específicas do DOGUE DE BORDEAUX

São cães pachorrentos e de pouca atividade, mas não devem ser deixados presos e muito menos ao calor. Os passeios deverão ser moderados, em horários frescos, e intercalados com muita brincadeira. Como qualquer cão braquiocefálico, têm tendência para roncar, fungar ou produzir outros sons do género.

O Dogue de Bordeaux odeia a solidão e é um dos cães que mais necessita da companhia do dono, embora demonstrem por vezes alguma arrogância e orgulho.

rating 1Energia
rating 3Inteligência
rating 3Tolerância ao frio
rating 1Tolerância ao calor
rating 3Cuidados de higiene
rating 2Queda de pelo
rating 5Tendência para problemas de saúde
rating 3Facilidade de aprendizagem
rating 5Socialização com crianças
rating 2Socialização com estranhos
rating 3Socialização com cães
rating 3Socialização com gatos

Fases da vida do DOGUE DE BORDEAUX

fase-bébéfase-adultofase-idoso
BébéAdultoIdoso
0 – 12 meses12 meses – 8 anos8 – 12 anos

Físico do DOGUE DE BORDEAUX

dogue de bordeaux na relva

É um cão musculoso, atlético e imponente, com passada pesada e lenta. Uma das características mais marcantes da raça é a cabeça maciça e volumosa, dotada de rugas profundas e simétricas e de um focinho curto. Beiços espessos e caídos dos dois lados dos poderosos maxilares. O nariz, pequeno, coloca-se um pouco acima do normal, e os olhos são ovais e bem afastados. O pelo é curto, fino e suave ao toque.

Temperamento do DOGUE DE BORDEAUX

A personalidade atual do Dogue de Bordeaux distancia-se muito do seu passado e hoje em dia é considerado calmo e afetuoso, mas mantém os instintos de cão de guarda e defende afincadamente o seu território, podendo tornar-se perigoso para com estranhos. Se forem habituados desde cedo, podem tornar-se bons amigos de outros animais, embora os machos sejam um pouco dominantes.

É cuidadoso e paciente com as crianças, tolerando bem brincadeiras mais afoitas. Tende a ser teimoso em algumas ocasiões, mas assim que aprende uma ordem, dificilmente a esquece.

Problemas de Saúde do DOGUE DE BORDEAUX

Ossos e ArticulaçõesDisplasia coxo-femoral; Problemas nas articulações devido ao peso
PeleFungos nas dobras do rosto
OlhosAtrofia progressiva da retina
EstômagoTorção gástrica
Sistema cardiorespiratórioProblemas cardíacos

Cuidados a ter com o DOGUE DE BORDEAUX

Pelo e PeleLimpar as rugas duas vezes por semana com gaze embebida em soro fisiológico para evitar assaduras e certificar-se de que ficam bem secas
OssosPara prevenir os problemas de ossos já descritos, o Dogue de Bordeaux deve caminhar num piso áspero, fazer exercício moderado e tomar suplementos à base de condroitina

Origem do DOGUE DE BORDEAUX

É uma das raças francesas mais antigas, possuindo como prováveis ascendentes o Mastim Tibetano e o Buldogue. Mas também se diz que o Dogue de Bordeaux teve origem nos cães trazidos para a Europa pelos Alanos, que os utilizavam sobretudo para caçar javalis e entrar em espectáculos de lutas. A meio do século XIX, eram apenas reconhecidos na Aquitania, assumindo agora funções de guarda.

Tal como muitas outras raças, o Dogue de Bordeaux sofreu bastante durante as duas Guerras Mundiais, a ponto de ter sido ameaçado de extinção, mas nos anos 60 o seu desenvolvimento foi retomado.

Curiosidades sobre o DOGUE DE BORDEAUX

A raça tornou-se muito popular nos Estados Unidos da América, quando Uma Dupla Quase Perfeita estreou em 1989. Protagonizado por Tom Hanks, o filme retrata as aventuras de um detetive com o seu cão Hooch, um Dogue de Bordeaux com muita personalidade.

O futebolista Leonel Messi tem um Dogue de Bordeaux, adequadamente chamado Hulk, devido ao seu tamanho.

Conheça mais raças de cães: