Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
31 Ago, 2020 - 11:00

Dogo Argentino: conheça esta raça de cães e as suas caraterísticas

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária

O Dogo Argentino é uma raça de cães com temperamento forte e independente, sendo por isso extremamente importante treino e educação desde cachorro.

dogo argentino na floresta

Considerada uma raça superdotada, o Dogo Argentino é um animal de extrema inteligência, alegria, coragem, força e agilidade. Como se não bastante ainda de juntam outros pontos muito positivos: silencioso, bom farejador, valente e nada agressivo para com os seres humanos, ao contrário do que se pensa, devido ao seu aspeto que pode ser considerado à primeira vista “ameaçador”.

Caraterísticas gerais do DOGO ARGENTINO

grupoGrupo: Grupo 2 – Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suíços
Finalidade: cão de combate
Ambiente ideal: casa com espaço exterior
origemPaís de Origem: Argentina
portePorte: grande
Altura: de 60cm a 68cm
pesoPeso ideal: de 40kg a 50kg
corCor: branco puro uniforme, ou com ligeiras manchas pretas ou de cor escura à volta dos olhos desde que essas manchas não cubram mais do 10%
lifeEsperança Média de Vida: entre 12 a 15 anos
preçoPreço médio: de 450€ a 550€

Caraterísticas específicas do DOGO ARGENTINO

Esta é uma raça que é comumente confundida com os Pit Bull, devido ao seu aspeto musculoso, forte e pela pelagem curta e branca. No entanto, existem algumas diferenças que podem distinguir fisicamente estas raças como a cabeça maior e focinho mais largo do Dogo Argentino. É, à semelhança do Pit Bull, um cão com um grande força na maxila, e que, portanto, merece respeito, caso contrário pode causar estragos. Ainda assim, não nos deixemos enganar pelo seu aspeto de “mau” pois os exemplares desta raça são muito dóceis e adoram pessoas.

rating 4Energia
rating 3Inteligência
rating 2Tolerância ao frio
rating 2Tolerância ao calor
rating 1Cuidados de higiene
rating 3Queda de pelo
rating 3Tendência para problemas de saúde
rating 2Facilidade de aprendizagem
rating 3Socialização com crianças
rating 1Socialização com estranhos
rating 1Socialização com cães
rating 1Socialização com gatos

Fases da vida do DOGO ARGENTINO

fase-bébéfase-adultofase-idoso
BébéAdultoIdoso
1 – 24 meses24 meses – 12 anos12 – 15 anos

Físico do DOGO ARGENTINO

dogo argentino cão

O Dogo Argentino possui um crânio maciço e convexo, com mandíbulas muito desenvolvidas, dentes fortes, olhos amendoados sempre atentos.

As narinas dos cães desta raça são bem abertas e as orelhas, deixadas ao natural, são de comprimento médio mantidas caídas ou bem eretas.

O seu pescoço apresenta-se forte e arqueado e os membros são retos e bem equilibrados, apoiados num peito largo e descido.

A sua cauda é comprida e larga, em repouso mantém-se caída, em movimento está arqueada voltada para cima.

Temperamento do DOGO ARGENTINO

O Dogo Argentino precisa de bastante espaço para se exercitar e ser um cão saudável a nível físico e mental. Não é, portanto, a melhor escolha para ser um cão de apartamento, a não ser que faça longas caminhadas diárias com ele. Preferencialmente deve viver num amplo espaço onde se pode exercitar moderadamente no dia-a-dia, e ainda deve fazer pelo menos um longo passeio diário para desgastar a sua energia acumulada.

Um tutor inexperiente não é adequado para a raça, pois não conseguirá impor limites claros e consistentes, sendo o cão a assumir a liderança e mostrando-se rebelde e temperamental. É necessário um treino e educação rigorosa desde cachorro, de forma a que o cão desta raça compreenda os limites e tenha regras bem definidas, caso contrário, tentará abusar e impor as suas vontades.

Problemas de Saúde do DOGO ARGENTINO

OssosDisplasia coxofemoral (anca)
Aparelho auditivoSurdez
OlhosGlaucoma, Cataratas

Cuidados a ter com o DOGO ARGENTINO

BanhoA cada dois meses

Origem do DOGO ARGENTINO

Esta raça é originária de Cordoba, na Argentina, tendo sido criado em 1910, pelo Dr. Antonio Nores Martínez, com o objetivo de ser um cão de caça de animais de grande porte.

O Dogo Argentino surgiu a partir do cruzamento entre o Cão Lutador de Córdoba (raça antiga da localidade utilizada para combate ) e Bull Terrier, o Mastife, o Dogue Alemão, o Boxer e cães de outras raças. A classificação de Dogo Argentino foi formalizada em 1928, altura em que era muito utilizado como cão de luta e de caça a pumas e javalis.

Atualmente, o Dogo Argentino é utilizado como cão de família, mas também como auxiliar da polícia, do exército, em operações de busca e salvamento, como cão de terapia e cão-guia.

Curiosidades sobre o DOGO ARGENTINO

O que têm em comum Eva Peron, Che Guevara e o Dogo Argentino? Uma estátua em sua homenagem na Argentina.

Esta raça foi banida do Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia por ser considerada perigosa.

Conheça mais raças de cães: