Isabel Coimbra
Isabel Coimbra
20 Mar, 2017 - 14:22

10 coisas que nunca deve fazer perto do seu filho

Isabel Coimbra

Há coisas que nunca deve fazer perto do seu filho? Sem dúvida! Tome nota daquelas que consideramos pecados capitais.

10 coisas que nunca deve fazer perto do seu filho

coisas que nunca deve fazer perto do seu filho, no entanto, na loucura dos dias, com o cansaço e o stress a roubar-nos a paciência, nem sempre é fácil ter alguns cuidados básicos na presença dos mais pequenos.

Preparamos uma lista com as dez coisas que nunca deve fazer perto do seu filho.

10 coisas que nunca deve fazer perto do seu filho

1. Agressões físicas e verbais

violência doméstica e coisas que nunca deve fazer perto do seu filho

Há uma pergunta que corre o mundo e que merece reflexão: “bater num adulto é agressão, num animal é crueldade, numa criança é educação?” Não queremos dizer-lhe como deve educar o seu filho, porém, as crianças copiam os comportamentos que veem.

Se o seu filho assistir os pais a agredirem-se, seja física ou psicologicamente, esse será o comportamento que vai adoptar como a norma.

Não será de admirar se, mais tarde, se comportem da mesma forma com os pais e com a sociedade.

2. Desautorizar o pai ou a mãe

Aborreceu-se com o seu marido e tem ganas de o contrariar ou não concorda nada com o que a sua esposa acabou de dizer à criança? Guarde para si.

Nunca, jamais, em tempo algum desautorize o outro, seja sobre que tema for, à frente do seu filho.

Frases como “o pai é mau, fez mal ao menino” ou “a tua mãe não percebe nada disto” são exemplos simples de coisas que não deve dizer, sob pena de retirar toda a autoridade ao outro progenitor.

3. Consumo de substâncias nocivas

tabaco e coisas que nunca deve fazer perto do seu filho

Consumir tabaco, drogas e álcool, substâncias prejudiciais à nossa saúde, é uma das coisas que nunca deve fazer perto do seu filho.

Apesar do álcool ser aceite na nossa sociedade e até incentivado, procure não exceder os limites e adote um consumo moderado.

Nenhuma criança deve ver os pais alcoolizados, tampouco, a conduzir depois de ter consumido álcool, mesmo que seja só um copo de vinho.

4. Mentir quando a criança sabe a verdade

Não só está a dar um mau exemplo como corre um sério risco de se ver numa grande alhada. Lembre-se que as crianças percebem tudo e não têm qualquer filtro.

Exatamente pelas mesmas razões, também não é boa ideia falar mal de outras pessoas na presença dos mais pequenos. Quando tinha a idade deles, percebia ou não percebia tudo o que os adultos diziam? Pois.

Sugerimos que os temas mais delicados, sejam falados noutra língua (inglês, francês, alemão, etc.)

5. Maus hábitos alimentares

má alimentação

Já diz o ditado: “não se vive para comer, come-se para viver.”

Uma alimentação equilibrada é o único caminho para uma vida saudável, longa e feliz. De nada serve insistir com o seu filho para comer legumes, fruta, peixe, beber água, comer tudo o que tem no prato ou preferir grelhados e estufados a comida professada, se os pais não fazem o mesmo.

Dê o exemplo porque o tempo do “olha para o que digo, não para o que faço”, já lá vai.

6. Atitudes preconceituosas

A não ser que seja um comediante profissional, piadas “inofensivas” ou comentários depreciativos sobre negros, amarelos, homossexuais, transgénero, tatuados, doentes, velhos, gordos, magros, azuis às riscas ou qualquer outra característica que considere fora da sua norma, não são inaceitáveis.

Não promova o preconceito e o bullying sobre qualquer forma.

Dê o exemplo, aceite a diferença. Pense: um dia pode ser o filho.

7. Abusar do telemóvel

estar ao telemóvel constantemente em coisas que nunca deve fazer perto do seu filho

O seu filho já é um nativo digital, já se prevê que limitar-lhe o acesso às tecnologias será uma dura batalha, por isso, mais uma vez, dê o exemplo.

O tempo da refeição deve ser um momento sagrado, em família, para colocar a conversa em dia, estimular o diálogo e criar laços em família. Não desperdice esta oportunidade preso ao ecrã.

Escusado será dizer que jamais deve usar o telemóvel a conduzir.

8. Discutir na presença dos filhos

Numa discussão, não raras vezes, dizemos o que não queremos nem sentimos, apenas para ferir o outro.

Sabemos que é difícil controlar mas evite, a todo o custo, discutir à frente do seu filho. Não só está a dar um mau exemplo, que ele repetirá na sua família futura, como lhe está a dar “armas de arremesso” contra o pai e a mãe.

Um dia, numa birra num qualquer corredor de um supermercado, pode repetir o que ouviu em casa. Os problemas resolvem-se no quarto.

9. Educação à mesa

educação à mesa e coisas que nunca deve fazer perto do seu filho

É surpreendente a quantidade de adultos que não cumprem as regras básicas de educação quando estão à mesa. Sim, é uma das coisas que nunca deve fazer perto do seu filho.

Referimo-nos a coisas tão simples quanto mastigar com a boca fechada, não falar enquanto se alimenta, usar os talheres corretamente, cuidar os sons ou mastigar devagar. Parece insignificante?

Experimente jantar com alguém que se comporte desta forma e, depois, conte-nos sobre a experiência.

10. Dizer palavrões

dizer palavrões em coisas que nunca deve fazer perto do seu filho

O seu filho vai crescer, um dia irá para a escola, vai conhecer pessoas de diferentes meios… tem muito tempo para aprender palavrões, não precisa de os ouvir em casa.

Bem sabemos que, em certos pontos do país, os palavrões não são ofensas, são vírgulas, ou que nada como um palavrão para aliviar a dor num dedo mindinho mas… se não os quer na boca do seu filho, é simples, não os tenha na sua.

Veja também: