Mafalda Braga
Mafalda Braga
17 Out, 2019 - 13:00

Cocker Spaniel: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

Mafalda Braga

O Cocker Spaniel já foi encarado como grosseiro porém é um cão bastante carinhoso, que tem a particularidade de estar sempre a abanar a cauda.

cocker spaniel

Os olhos tristes e pedinchões do Cocker Spaniel são a sua imagem de marca, servindo, muitas vezes, para se safarem de asneiras e manipularem os donos, que costumam ceder aos seus caprichos.

Embora precise, como qualquer cão, de ser sociabilizado desde tenra idade, o Cocker Spaniel faz amigos com muita facilidade e não serve, de todo, como um cão de guarda, pois o mais provável é cumprimentar um estranho de forma efusiva e amistosa.

Características gerais do COCKER SPANIEL

grupoGrupo: Grupo 8 – Cães Levantadores e Cobradores de Caça e Cães de Água
Finalidade: cão de caça e de companhia
Ambiente ideal: apartamento
origemPaís de Origem: Grã-Bretanha
portePorte: médio
Altura: de 38cm a 41cm
pesoPeso ideal: de 12kg a 15kg
corCor: preto, vermelho; dourado; castanho; preto e cor de fogo; castanho e cor de fogo; preto e branco; castanho e branco; limão e branco; laranja e branco. Pode ser unicolor, bicolor ou tricolor
lifeEsperança Média de Vida: entre 12 a 14 anos
preçoPreço médio: de 350€ a 650€

Características específicas do COCKER SPANIEL

O Cocker Spaniel não é a raça ideal para quem passa muito tempo fora de casa ou em viagem, pois trata-se de um cão extremamente carente e dependente, que pode até adoecer se deixado sozinho.

Mesmo que o leve para casa com poucas semanas de vida, é natural que chore um pouco nos primeiros dias, pois vai sentir a falta da companhia dos outros cães e pessoas que cuidaram dele.

Por ter muita energia para gastar e uma herança genética ligada ao trabalho, precisa de ser estimulado física e mentalmente. Como é muito inteligente, torna-se um cão relativamente fácil de treinar.

rating 4Energia
rating 4Inteligência
rating 3Tolerância ao frio
rating 3Tolerância ao calor
rating 3Cuidados de higiene
rating 3Queda de pelo
rating 4Tendência para problemas de saúde
rating 4Facilidade de aprendizagem
rating 4Socialização com crianças
rating 4Socialização com estranhos
rating 4Socialização com cães
rating 3Socialização com gatos

Fases da vida do COCKER SPANIEL

fase-bébéfase-adultofase-idoso
BébéAdultoIdoso
0 – 12 meses12 meses – 8 anos8 – 14 anos

Físico do COCKER SPANIEL

cocker spaniel no jardim

O Cocker Spaniel possui um corpo compacto, com extremidades musculosas; um crânio bem desenvolvido e focinho quadrado. As orelhas, ao nível dos olhos, são baixas, compridas, pendentes e guarnecidas de pelos lisos ou ondulados.

Com uma pelagem lisa e de textura macia, deve apresentar franjas suficientes nas patas anteriores, corpo e nas patas posteriores por cima dos calcanhares. A cauda, de inserção baixa e trazida horizontalmente, pode ou não ser amputada.

Temperamento do COCKER SPANIEL

O Cocker Spaniel é um cão leal e dócil por natureza, bastante apegado ao dono e que pode sofrer muito com a separação. Sensível ao tom de voz e à dureza dos castigos, deve ser treinado de forma suave para se tornar num cão feliz e equilibrado.

Dinâmico e brincalhão, apresenta uma postura alegre, sempre de cauda a abanar, apreciando estar presente em todos os acontecimentos da família. Por vezes, mostra alguns ciúmes, sobretudo em relação ao carinho dado a outros animais ou pessoas.

Problemas de Saúde do COCKER SPANIEL

OlhosCataratas; Atrofia progressiva da retina; Glaucoma
OuvidosOtites; Surdez
CoraçãoCardiomiopatia
OssosDisplasia coxo-femoral

Cuidados a ter com o COCKER SPANIEL

OuvidosPor estarem sempre caídas e em contacto com o chão, as orelhas requerem cuidados especiais. Limpe os ouvidos semanalmente e verifique, depois dos passeios, se não têm praganas presas ou parasitas
PeloDeve ser escovado três vezes por semana e aparado a cada dois meses no interior das orelhas e à volta dos pés
UnhasCorte uma a duas vezes por mês

Origem do RAFEIRO DO COCKER SPANIEL

Pensa-se que os antepassados do Cocker Spaniel tenham sido usados na falcoaria em Espanha e depois levados para Inglaterra, onde foram apelidados de spaniels, que deriva do termo francês espaigneul (espanhol). Nessa categoria incluíam-se vários tipos de cães, uns maiores que outros, uns mais aptos para um tipo de caça que outros.

No século XIX, os exemplares mais pequenos ficaram conhecidos por cockers, cuja função era levantar e recuperar galinholas (woodcock em inglês, daí o nome). No início do século XX, a raça tinha muito sucesso, tanto na Europa, como nos Estados Unidos, onde contou com um desenvolvimento diferente, o que resultou no Cocker Spaniel Americano.

Curiosidades sobre o COCKER SPANIEL

John F. Kennedy teve um Cocker Spaniel chamado Shannon, que foi oferecido à família pelo então Presidente da Irlanda, Éamon de Valera. Shannon foi o único cão com que Jacqueline Kennedy ficou após a morte do marido.

O livro Flush, de Virginia Woolf, é uma biografia imaginária de um Cocker Spaniel, mais concretamente o cão da poetisa inglesa Elizabeth Barrett Browning.

Conheça mais raças de cães: