Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
10 Mar, 2020 - 06:30

O seu cão está mais parado do que o habitual? Saiba o que fazer

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Patrocinado por:

Se o seu cão está mais parado do que o habitual então é sinal de que algo pode não estar bem com a sua saúde. Existem vários motivos para o seu melhor amigo estar mais parado. Conheça alguns.

Cão está mais parado do que o habitual: sintomas a estar atento

Os cães normalmente são animais muito enérgicos, e dependendo da sua personalidade podem ser mais ou menos ativos. No entanto, todos os tutores conseguem reconhecer, tendo em conta a sua personalidade, quando o cão está mais parado do que o habitual.

O seu cão está mais parado do que o habitual? 6 possíveis Razões

levar o seu cao ao veterinario sinais
1.

Idade

Com a idade, os cães tendem a ficar mais calmos, a ter menos vontade de brincar e a passar mais tempo a descansar. Se o seu cão já tem alguma idade é normal que esteja mais parado do que quando era cachorro ou um jovem adulto.

No entanto, este é um processo gradual ao qual o tutor do cão também se vai adaptando. Se se tratar de um comportamento muito repentino pode ser um sinal de doença no cão.

2.

Febre

Tal como nas pessoas, a febre provoca mal-estar e leva a que os cães fiquem mais quietos, procurem dormir mais e menos ativos. Se o seu cão está mais parado do que o habitual pode ser um sinal de febre.

Várias doenças nos cães podem provocar febre, entre as quais algumas graves, especialmente em cachorros, como o caso da parvovirose e esgana, pelo que é importante que leve o cão ao médico veterinário.

3.

Dores

Se o cão estiver com dores é normal que fique mais relutante em se mexer, passando a ficar mais tempo a dormir ou a descansar, pelo menos aparentemente.

A dor pode ter várias origens, podendo estar presente tanto em patologias de órgãos internos como em tecidos moles ou ossos. É uma situação muito frequente em cães mais velhos com doença osteoarticular, que com as dores ficam mais relutantes em se movimentar.

4.

Obesidade

A obesidade é um problema cada vez mais comum nos animais de companhia, podendo levar a graves problemas de saúde como osteoartrite, diabetes, tumores, doença cardiovascular, entre outros.

Cães obesos tendem a movimentar-se menos, levando a um ciclo em que quanto menor o seu movimento maior a facilidade em engordar. Assim, e o seu cão está a engordar, deve procurar ajuda de um profissional e fazer uma dieta, segundo as indicações do médico veterinário.

5.

Calor

Se o seu cão está mais parado e estamos em pleno verão, é provável que o problema seja o calor. A temperatura alta deixa os cães com menos vontade de se movimentarem e é normal até que procurem superfícies frescas para se deitarem e descansarem.

Mas atenção, pois calor em excesso pode levar a que o cão entre em golpe de calor, podendo entrar em colapso, tratando-se de uma situação grave e de emergência.

6.

Doença ou mal-estar

Qualquer doença, mesmo que não provoque febre, pode provocar mal-estar no animal, e levar a que fique mais parado, e com menos vontade em se movimentar.

Esteja atento a outros sinais, como vómitos, diarreia, anorexia (deixar de comer), pois podem ser sinais de doença em cães.

O seu cão está mais parado do que o habitual? O que fazer?

sintomas de envenenamento nos caes como tratar

A grande preocupação dos tutores quando veem que o seu cão está mais parado do que o habitual é tentar perceber o que se passa e estimulá-lo para que o cão se mova. Saiba o que deve fazer quando o cão está mais parado.

Consultar o médico veterinário

Consultar o médico veterinário deve ser a primeira coisa a fazer, até porque, como já vimos, grande parte das vezes pode ser sinal de doença ou desconforto e o animal tem que receber assistência médico-veterinária.

Vetecare disponibiliza uma vasta rede de profissionais e clínicas que podem ajudar o seu patudo. Ao subscrever o Plano de Saúde da Vetecare, desde 13€ por mês para dois animais de estimação, pode ter descontos em consultas de diagnóstico e exames que o poderão ajudar a determinar as causas dos problemas com o seu cão.

Perceber a causa do problema

Se nota que o seu cão está mais parado, para além de o levar ao médico veterinário, deve procurar possíveis causas que justifiquem o problema, a fim de perceber se se trata de um problema grave ou não.

Por exemplo, se o cão tiver mais idade é normal que já não se mexa tanto como quando era cachorro, no entanto não significa que o animal tenha algum problema de saúde grave.

Também após uma vacinação, os cachorros, em especial, podem ficar mais parados, sem que seja necessariamente algo de errado.

No entanto, à parte de tentar perceber os fatores que levaram o seu cão a ficar mais parado, deve sempre procurar a opinião de um especialista e dar-lhe também essas informações e suspeitas.

Ter em consideração a personalidade do cão

Por norma, todos vemos os cães como animais energéticos e irrequietos, no entanto, nem todos os cães o são. A personalidade dos cães deve ser conhecida pelos seus tutores e considerada para que os tutores possam perceber se se passa algo de errado com o cão.

Também devemos ter em consideração que o cão pode mudar a sua personalidade ao longo do tempo e com a sua idade, portanto, para identificar um comportamento estranho no animal, é essencial conhecer a sua personalidade.

Se o seu cão é muito energético e de repente deixou de querer brincar ou só quer estar no seu ninho a dormir, existe uma grande probabilidade de se passar algo com ele. No entanto, se o seu cão é mais calmo e gosta de passar o dia a dormir deve ter em conta a sua rotina e comportamento do dia-a-dia, para perceber se realmente o cão está mais parado do que o habitual.

Faça algumas experiências

Se o seu cão está mais parado do que o habitual pode estar doente ou com dores, o que por norma, leva a que o animal manifeste outros sinais.

Por exemplo, em situações de dor ou doença é normal que os cães percam também o apetite, portanto pode estimulá-lo com petiscos que ele aprecia de forma a perceber se também tem falta de apetite.

Se o seu cão normalmente gosta de brincar também pode estimulá-lo com brinquedos e brincadeiras para que o cão reaja. Caso se mantenha parado e sem vontade de brincar ou passear o melhor é mesmo levá-lo ao médico veterinário.

Meça-lhe a temperatura

Medir a temperatura se o seu cão está mais parado pode ser útil para perceber se tem febre. A temperatura dos cães normalmente mede-se via retal, introduzindo um termómetro maleável no reto do animal, envolto em vaselina. A temperatura normal dos cães varia entre 38 a 39ºC, podendo sofrer variações de 0,5ºC.

Fontes

Dangerous trends in pet obesity. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5806590/

Veja também