Mafalda Braga
Mafalda Braga
16 Abr, 2019 - 13:00

Borzoi: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

Mafalda Braga

Fazendo jus às suas raízes aristocráticas, o Borzoi é uma raça elegante, pacífica e independente, que, em tempos, ganhou o epíteto de cão das celebridades.

borzoi cão

Originalmente usado para a caça ao lobo, o Borzoi possui um campo de visão de 270 graus, o que é impressionante comparado com os “míseros” 180 graus dos seres humanos. Esta capacidade só está totalmente desenvolvida quando atinge os 3 anos de idade.

Características gerais do BORZOI

grupoGrupo: Grupo 10 – Galgos
Finalidade: cão de caça e de corrida
Ambiente ideal: casa ou apartamento com espaço exterior
origemPaís de Origem: Rússia
portePorte: grande
Altura: de 65cm a 82cm
pesoPeso ideal: de 35kg a 45kg
corCor: branco, dourado, cinza, fogo, preto. Todas as cores podem ser sólidas ou manchadas
lifeEsperança Média de Vida: entre 10 a 12 anos
preçoPreço médio: de 480€ a 850€

Características específicas do BORZOI

Dentro de casa, é um cão bem-educado, gentil e civilizado, com um comportamento parecido ao do gato. Na rua, é um velocista por natureza e tem tendência para ir atrás de tudo o que se move.

O Borzoi é sensível e um pouco orgulhoso. Não gosta que lhe levantem a voz e de ser punido, mas não espere que o seu treino seja fácil: apesar de ser uma raça inteligente, cansa-se rapidamente de ordens repetitivas e pode desenvolver alguma teimosia.

rating 3Energia
rating 3Inteligência
rating 4Tolerância ao frio
rating 3Tolerância ao calor
rating 2Cuidados de higiene
rating 4Queda de pelo
rating 2Tendência para problemas de saúde
rating 3Facilidade de aprendizagem
rating 2Socialização com crianças
rating 2Socialização com estranhos
rating 3Socialização com cães
rating 2Socialização com gatos

Fases da vida do BORZOI

fase-bébéfase-adultofase-idoso
BébéAdultoIdoso
1 – 24 meses24 meses – 9 anos9 – 12 anos

Físico do BORZOI

borzoi no campo

É o mais longilíneo dos galgos. De aparência orgulhosa e aristocrática, é um cão de grande porte, magro mas forte. Os músculos são desenvolvidos, embora não apareçam muito sob a pele.

A cabeça é um dos traços mais característicos desta raça: longa e estreita, afina-se progressivamente até ao nariz, e as suas orelhas, pequenas e em forma de rosa, repousam para trás. O pelo é comprido, sedoso e ligeiramente ondulado.

Temperamento do BORZOI

A personalidade do Borzoi combina bem com a sua origem aristocrática. Tranquilo e equilibrado, é uma raça que cria fortes laços afetivos com o seu dono, mas pode ser muito tímido e desconfiado com estranhos. Não espere grandes “festas” da parte dele, mesmo com os membros da família, pois esta é uma raça bastante independente.

Não gostam de ser incomodados nem apresentam um carácter brincalhão, pelo que não são a melhor raça para famílias com crianças pequenas.

Problemas de Saúde do BORZOI


Estômago
Torção gástrica
OssosOsteossarcoma (tumor ósseo)
OutrosPor terem uma baixa percentagem de gordura corporal, podem ser sensíveis a determinados medicamentos (cortisona, pó anti-pulgas, tranquilizantes, anestesia)

Cuidados a ter com o BORZOI

Pelo e PeleEscovar duas vezes por semana devido ao comprimento e densidade dos pelos que podem formar nós facilmente.
Deve ter uma cama macia para descansar, pois desenvolve calos e feridas com facilidade
AlimentaçãoDeverá ser alimentado em 2 a 3 refeições diárias e nunca fazer exercício após a alimentação

Origem do BORZOI

Acredita-se que o Borzoi nasce do cruzamento de cães árabes trazidos para a Rússia. Durante muito tempo, esta raça foi a preferida da nobreza e das grandes famílias dos czares que a utilizava para a caça ao lobo. Estas caçadas eram consideradas grandes eventos no país, onde grupos de até 100 Borzoi saiam à procura de animais na neve. Símbolo da realeza russa, era muitas vezes oferecido a ilustres visitantes, o que ajudou na disseminação da raça.

Nos séculos XV e XVI, foram feitos cruzamentos para aumentar o pelo e o tamanho destes cães, de forma a aperfeiçoar o seu desempenho em temperaturas mais baixas.

Após a Revolução Russa, muitos foram mortos por estarem associados à aristocracia, mas a Europa contribuiu para salvaguardar a raça.

Curiosidades sobre o BORZOI

Com a sua aparência pouco usual, o Borzoi era a raça preferida dos artistas durante a época Art Déco. Nas décadas de 20 e 30 do século XX, este cão aparecia frequentemente em anúncios e também no cinema. Atrizes de filmes mudos, como Jean Harlow e Sarah Bernhardt posavam muitas vezes para as fotos com os seus Borzoi.

Também o capitão do Titanic, Edward Smith, tinha um exemplar, que foi oferecido à sua filha por Benjamin Guggenheim.

Num dos seus concertos, em 1971, a banda Pink Floyd levou um Borzoi para o palco. Syd Barrett fez uma pausa e entregou o microfone ao cão que se pôs a uivar, juntando-se a David Gilmour na harmónica, Roger Waters na guitarra e Richard Wright nas teclas.

Conheça mais raças de cães: