Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
09 Jul, 2019 - 11:01

Anos humanos do cão: sabe como calcular corretamente?

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária

Que a idade dos animais não se contabiliza da mesma forma que os humanos, já sabemos. Mas sabe calcular corretamente os anos humanos do cão? Então veja.

Anos humanos do cão: sabe como calcular corretamente?

Se possui um cão, muito provavelmente já ouviu esta regra: um ano de cão equivale a sete anos humanos. Mas não é bem assim.

Os anos humanos do cão têm um cálculo específico que depende, também do porte do animal: os cães mais pequenos tendem a viver mais que os cães de maior porte, todavia podem amadurecer mais rapidamente nos primeiros anos de vida.

Se o seu cão fosse humano, quantos anos teria?

anos humanos do cao

Assim, para tirar todas as dúvidas, a seguinte tabela vai dar todas as respostas sobre os anos humanos do cão:

Porte do cãoPequeno (até 10 kg)Médio (até 15 kg)Grande e gigante (de 25 a 45kg)
Idade do cãoIdade em humanos
1 15 15 15
2242424
3282828
4323232
5363636
6404245
7444750
8485155
9525661
10566066
11606572
12646977
13687482
14727888
15768393
168087120

Anos humanos do cão: o que deve saber

alimentacao adequada

Agora que já percebeu as questões inerentes ao cálculo dos anos humanos do cão, está na altura de perceber mais assuntos importantes, para conhecer melhor o seu amigo de quatro patas. Só assim saberá que está devidamente preparado e informado para fazer sempre o melhor possível pelo seu companheiro:

  • Em geral, um cão é considerado idoso quando atinge três quartos da expectativa de vida;
  • A expectativa de vida de um animal varia dependendo essencialmente da raça e do tamanho do cão. Todavia há outros fatores a ter em conta, como nutrição, estilo de vida e fatores genéticos. Assim, para garantir ao seu cão uma vida longa e feliz, ele deve ter alimentação adequada, praticar exercício físico e fazer check-ups regulares.

Adotou um cão e não sabe a idade?

cao no veterinario

Os cães, tal como os humanos, nascem sem dentes e mudam a sua dentição de dentes leites para dentes decíduos. Por volta das 3 semanas os dentes começam a surgir estando a dentição completa até às 8 semanas.

Aproximadamente aos 5 meses começam a mudar os dentes caninos e com 7 a 8 meses de idade o cão já tem a dentição definitiva completa. No primeiro ano da idade os dentes apresentam um aspeto muito branco e limpo.

A partir dos 2 anos da idade é possível observar que os dentes começam a ficar mais opacos e o tártaro começa a acumular-se nos molares, surgindo um amarelecimento do dente e por vezes mau hálito.

Entre os 3 e os 5 anos de idade os dentes irão acumular mais tártaro ainda ficando progressivamente mais opacos e amarelados.

Numa idade mais avançada, a partir dos 8 anos alguns dentes podem começar a cair.

Especialmente na idade adulta, pode ser muito difícil fazer previsões de idade, uma vez que o desgaste dos dentes está dependente não só da idade, mas também da alimentação, tratamento e cuidados do animal no seu dia-a-dia.

É possível ter em consideração algumas características físicas do animal, quando estamos a estimar a sua idade. Cães mais velhos podem apresentar cataratas (olhos baços), pelo cinzento ou esbranquiçado em algumas zonas do corpo, especialmente na cara. Com a idade os cães têm tendência para apresentar menor elasticidade da pele.

Veja também: