Publicidade:

Doença de Parkinson: causas, sintomas e tratamento

A doença de Parkinson é uma perturbação degenerativa e lentamente progressiva do sistema nervoso central. Saiba mais sobre as causas, sintomas e tratamento.

 
Doença de Parkinson: causas, sintomas e tratamento
Os tremores são o sintoma mais visível da doença de Parkinson

Falar em Parkinson é lembrar-se de que se trata da “doença dos tremores”, sendo realmente este o lado mais visível de uma patologia que também provoca lentidão de movimentos e rigidez muscular.

Mas os sintomas não ficam por aqui e saiba que também é possível normalizar a sua vida após o diagnóstico.

Deverá seguir as regras impostas pela equipa médica, tomar a medicação a tempo e horas e alterar a sua rotina e pequenas coisas lá em casa que vão ajudar a melhorar a sua qualidade de vida.

Esta doença deve o seu nome ao médico britânico James Parkinson, que a tornou pública em 1817 com o artigo “An Essay on the Shaking Palsy”. Contudo, já em 5000 AC é possível encontrar algumas descrições da doença na Índia.

Atualmente, e segundo a Associação Europeia da Doença de Parkinson, a doença afeta cerca de 6,3 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 22 mil pessoas em Portugal.

Causas comuns da doença de Parkinson


causas parkinson
O Parkinson é uma doença causada pela perda de neurónios específicos do cérebro produtores de dopamina, uma pequena molécula responsável pelo controlo de movimentos.

Ainda não se conhece ao certo o motivo para a perda destes neurónios, havendo muitos investigadores apontem como causas fatores genéticos e ambientais, a interação entre os dois e ainda fatores individuais.

Saiba mais aqui sobre as causas de parkinson >>

Sintomas da doença de Parkinson


sintomas parkinson
Os sintomas mais comuns da doença de Parkinson estão associados ao movimento e, como tal, são conhecidos por sintomas motores:

  • Tremor nas mãos, braços, pernas, queixo e cara, principalmente em repouso. Este sintoma melhora quando a pessoa está a desempenhar uma tarefa;
  • Rigidez muscular, que pode provocar dor;
  • Bradicinesia ou lentidão nos movimentos.

Estes são os principais sintomas, mas não os únicos:

  • Dificuldades de equilíbrio, postura e coordenação que podem agravar-se à medida que a doença progride;
  • Problemas de comunicação: dado que a rigidez pode conduzir à perda da expressão facial e à diminuição acentuada do tom da voz, o discurso e a linguagem corporal são afectados;
  • A escrita à mão torna-se ilegível;
  • Capacidade olfativa diminuída;
  • Obstipação;
  • Depressão;
  • Dor;
  • Fadiga;
  • Lentificação do raciocínio e da memória;
  • Problemas de deglutição.

Saiba mais aqui sobre os sintomas de parkinson >>

Tratamento da doença de Parkinson


tratamento parkinson
Atualmente, não existe cura para a doença de Parkinson, mas existe medicação que pode proporcionar um alívio dos sintomas por muito tempo, que têm por base a substituição da dopamina que se vai perdendo progressivamente com o desenvolvimento da doença.

No caso de alguns pacientes, a terapia cirúrgica de estimulação cerebral profunda, a cirurgia de Parkinson, também pode ser adequada, mas é uma opção de última linha.

Para saber mais sobre o tratamento para a Doença de Parkinson, clique aqui >>

Veja também:

Mónica Carvalho Mónica Carvalho

Mónica Carvalho é licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação, com Pós-Graduação em Comunicação, Assessoria e Marketing. Vê na produção de conteúdos uma forma de tornar o mundo um lugar mais interessante, curioso e acessível. Os livros, filmes, séries, música, desporto e, acima de tudo, as histórias das pessoas inspiram-na a querer sempre fazer mais e melhor.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].