Publicidade:

Dogo Argentino: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

O Dogo Argentino é uma raça de cão com temperamento forte e independente, precisando, como tal, de um dono confiante e capaz de afirmar a sua autoridade enquanto líder. Ao mesmo tempo, deverá ser uma pessoa capaz de acompanhar a vertente enérgica deste cão, que necessita de alguma estimulação física e mental diariamente.

 
Dogo Argentino: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
Uma raça que precisa de donos enérgico.

Considerada uma raça superdotada, o Dogo Argentino é um animal de extrema inteligência, alegria, coragem, força e agilidade. Como se não bastante ainda de juntam outros pontos muito positivos: silencioso, bom farejador, valente e nada agressivo para com os seres humanos, ao contrário do que muitos poderão pensar.

Características gerais do Dogo Argentino


Grupo: Grupo 2 – Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suiços

Finalidade: cão de combate

Ambiente ideal: casa

País de Origem: Argentina

Porte: grande

Altura: de 60cm a 68cm

Peso ideal: de de 40kg a 50kg

Cor: branco puro uniforme, ou com ligeiras manchas pretas ou de cor escura à volta dos olhos

Esperança Média de Vida: entre 12 a 15 anos

Preço médio: de 450€ a 550€

 

Características específicas do Dogo Argentino


A sua musculatura forte revela bem a potência deste cão, ao mesmo tempo que ele transmite um lado mais dócil e amigável.

Foi sendo sempre utilizado como cão de combate, de guarda e de defesa e até de guia para cegos. Esta natureza imponente exige um treino desde jovem, com um comando de voz firme e veemente, logo pouco recomendável a donos sem essa capacidade.

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

Fases da vida do Dogo Argentino


Bebé

1 – 24 meses

Adulto

24 meses – 12 anos

Idoso

12 – 15 anos

Físico do Dogo Argentino


dogo argentino

O Dogo Argentino possui um crânio maciço e convexo, com mandíbulas muito desenvolvidas, dentes fortes, olhos amendoados sempre atentos.

As narinas dos cães desta raça são bem abertas e as orelhas, deixadas ao natural, são de comprimento médio mantidas caídas ou bem eretas.

O seu pescoço apresenta-se forte e arqueado e os membros são retos e bem equilibrados, apoiados num peito largo e descido.

Temperamento do Dogo Argentino


O Dogo Argentina precisa de bastante espaço para se exercitar e desenvolver bem a musculatura e o seu comportamento habitual.

Um dono inexperiente não é adequado para a raça, pois não conseguirá impor limites claros e consistentes, sendo o cão a assumir a liderança e mostrando-se rebelde e temperamental.

Problemas de Saúde do Dogo Argentino


Ossos

  • Displasia coxofemoral.

Aparelho auditivo

  • Surdez.

 

Cuidados a ter com o Dogo Argentino


Banho

  • A cada dois meses.

 

Origem do Dogo Argentino


O cão foi criado em 1910 na Argentina a partir do cruzamento entre o Mastife, o Dogue Alemão, o Boxer e cães de outras raças. A classificação de Dogo Argentino foi formalizada em 1928, altura em que era muito utilizado como cão de luta e de caça a pumas e javalis.

Atualmente, o Dogo Argentino é utilizado como cão de família, mas também como auxiliar da polícia, do exército, em operações de busca e salvamento, como cão de terapia e cão-guia.

Curiosidades sobre o Dogo Argentino


O que têm em comum Eva Peron, Che Guevara e o Dogo Argentino? Uma estátua em sua homenagem na Argentina.

Esta raça foi banida do Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia por ser considerada perigosa.


Conheça mais raças de cães:

Todas as raças de cães

Todas as
raças de cães

Raças de cães pequenos

Raças de
cães pequenos

Raças de cães médios

Raças de
cães médios

Raças de cães grandes

Raças de
cães grandes

Mónica Carvalho Mónica Carvalho

Mónica Carvalho é licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação, com Pós-Graduação em Comunicação, Assessoria e Marketing. Vê na produção de conteúdos uma forma de tornar o mundo um lugar mais interessante, curioso e acessível. Os livros, filmes, séries, música, desporto e, acima de tudo, as histórias das pessoas inspiram-na a querer sempre fazer mais e melhor.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].