Já ouviu falar em Doença de Freiberg? Saiba em que consiste

A doença de Freiberg é uma patologia onde ocorre a morte dos tecidos de partes dos ossos da planta do pé. É mais incidente em jovens do sexo feminino e atletas de alta competição.

Já ouviu falar em Doença de Freiberg? Saiba em que consiste
Saiba mais sobre esta patologia.

A doença de Freiberg ou osteonecrose de Freiberg é uma patologia onde ocorre a necrose (morte) dos tecidos de partes dos ossos da planta do pé, por norma perto do hállux (dedo grande do pé). Ocorre também a instalação de rigidez progressiva do membro em extensão.

Esta doença ocorre frequentemente no sexo feminino (numa proporção de 3 para 1 em relação ao sexo masculino), e tem uma maior incidência na idade da puberdade, altura onde se verifica um crescimento ósseo rápido, ou em pessoas que apresentam o osso da base do hállux curto, ou quando o segundo osso do metatarso é longo.

O segundo metatarso é, geralmente, o osso mais afetado, embora o terceiro e o quarto também possam ser ocasionalmente envolvidos.

Doença de Freiberg: etiologia


Descoberta em 1914 por Freiberg, esta patologia ocorre devido a microtraumatismos repetitivos por sobrecarga dos metatarsos centrais, que ocorre em determinadas profissões ou em práticas desportivas, como por exemplo, bailarinas, atletas de salto e atletas de corrida), ou quem utiliza muito frequentemente o salto alto por rotina.

Também há quem defenda que pode ser causada por alteração circulatória, que tem como consequência necrose na epífise do metatarso.

Doença de Freiberg: sintomatologia


doenca de Freiberg dor no dedo do pe

Nesta patologia verifica-se frequentemente o aparecimento dos seguintes sintomas:

  • Dor intensa que agrava quando se tenta sustentar o peso corporal, por exemplo, ao erguer o pé ou quando se utiliza sapatos de saltos altos;
  • Edema local e tensão da articulação afetada;
  • Hipersensibilidade local;
  • Incapacidade funcional parcial, coincidindo com o desaparecimento da cartilagem.

 

Doença de Freiberg: diagnóstico


doenca de Freiberg raio x ao pe

O diagnóstico é clínico, e é realizado através de palpação da articulação, de exploração articular, muscular e vascular, e da avaliação da pegada plantar.

A confirmação é feita através do exame de imagiologia mais comum, o Raio-X ou a radiografia, o que permite determinar a fase da evolução da doença, que pode ser dividida em:

  1. Primeira fase, é a mais dolorosa;
  2. Segunda e Terceira fase são observáveis sinais de cabeça do metatarso aplanado e invertido. O edema desaparece e a artrite existente anteriormente evoluiu para artrose.
  3. Na quarta fase a base da falange também é afetada acabando a articulação anquilosada.

É necessário ter noção de que o Raio-X pode dar negativo nas primeiras fases da doença.

Doença de Freiberg: tratamento


doenca de Freiberg palmilhas para calcado

O tratamento desta doença envolve os seguintes passos:

  • Terapia com analgésicos e com corticosteroides, de forma a aliviar a dor;
  • Repouso parcial ou absoluto, do membro afetado;
  • Elevação do membro, ajuda a diminuir a pressão e a diminuição do edema (inchaço);
  • Mudança do calçado que usa diariamente (optar por sapatos de salto baixo, com solas mais grossas ou saltos arredondados) ou aplicação de ortóteses individualizadas para cada caso clínico (por exemplo, utilização de palmilhas que ajudam a alterar a posição e a amplitude dos movimentos do pé);
  • Em último caso, o médico pode aconselhar o recurso à cirurgia, de forma a colocar um enxerto ósseo esponjoso na região subcondral de necrose da cabeça do metatarso ou também se pode efetuar uma osteotomia (seccionamento cirúrgico de um osso).

Veja também:

Enfª Bárbara Andrade Enfª Bárbara Andrade

Bárbara Andrade é Enfermeira Especialista em Reabilitação e Formadora em várias entidades. Desta forma, tem como princípios a promoção e a educação para a Saúde nas diferentes faixas etárias. Terminou a Especialidade em Enfermagem de Reabilitação na ESEnfCVPOA e exerce atualmente o cargo de enfermeira no CHEDV - HSS.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].