Publicidade:

Conjuntivite nos bebés: como evitar e tratar

A conjuntivite nos bebés é uma condição particularmente comum e tratável que causa vermelhidão e inflamação da conjuntiva – membrana transparente que cobre o olho.

 
Conjuntivite nos bebés: como evitar e tratar
A conjuntivite pode afetar apenas um olho no início, mas geralmente afeta ambos os olhos após algumas horas.

A conjuntivite nos bebés, reconhecida como conjuntivite neonatal é um tipo de conjuntivite que afeta bebés recém-nascidos com menos de 28 dias de idade.

A maioria dos casos de conjuntivite neonatal não são particularmente graves. Pode ocorrer um pequeno número de casos em que o bebé é contaminado no momento do nascimento, caso a sua mãe tenha uma infeção sexualmente transmissível (IST), como clamídia ou gonorreia.

A conjuntivite pode ser causada por uma infeção, alergénios ou outros irritantes. A conjuntivite bacteriana e viral são muito contagiosas.

QUAIS SÃO OS DIFERENTES TIPOS DE CONJUNTIVITE?


A conjuntivite geralmente é dividida em pelo menos duas categorias, conjuntivite neonatal e conjuntivite infantil, com diferentes causas e tratamentos para cada uma.

Conjuntivite no recém-nascido

conjuntivite nos recem nascidos

As seguintes são as causas mais comuns e as opções de tratamento da conjuntivite neonatal (nos primeiros 28 dias completos de vida):

  • Conjuntivite química: A conjuntivite química está relacionada com uma irritação no olho pelo uso de colírios que são administrados ao recém-nascido para ajudar a prevenir uma infeção bacteriana. Por vezes, o recém-nascido reage às gotas e pode desenvolver conjuntivite química. Este tipo de conjuntivite geralmente não requer tratamento e raramente ocorre.
  • Conjuntivite gonocócica: A conjuntivite gonocócica é causada por uma bactéria chamada N. gonorreia. O recém-nascido obtém este tipo de conjuntivite pela passagem através do canal de parto de uma mãe infetada. Este tipo de conjuntivite pode ser prevenida com o uso de colírios nos recém nascidos na altura do nascimento. Geralmente começa cerca de 2 a 4 dias após o nascimento.
  • Conjuntivite de inclusão: A conjuntivite de inclusão é causada por uma infeção com Chlamydia trachomatis. Os sintomas incluem drenagem moderada dos olhos, vermelhidão dos olhos, inchaço da conjuntiva e algum inchaço das pálpebras. Este tipo de conjuntivite geralmente começa 5 a 12 dias após o nascimento.
  • Outras causas bacterianas: Após a primeira semana de vida, outras bactérias podem ser a causa da conjuntivite no recém-nascido. Os olhos podem estar vermelhos e inchados com alguma drenagem. O tratamento depende do tipo de bactéria que causou a infeção.

Conjuntivite infantil

conjuntivite infantil

A conjuntivite infantil é um inchaço da conjuntiva e também pode incluir uma infeção. É um problema muito comum em crianças. Além disso, grandes surtos de conjuntivite são frequentemente vistos em configurações de creche ou escolas, devido, precisamente, ao facto de ser extremamente contagiosa.

As causas mais comuns de conjuntivite infantil são:

  • Bactérias;
  • Vírus;
  • Alergias;
  • Herpes.

 

TRATAMENTO DA CONJUNTIVITE NOS BEBÉS?


conjuntivite nos bebes e lavar os olhos

A conjuntivite pode ser efetivamente gerida em casa, embora, em alguns casos, os antibióticos possam ser necessários. Para controlar esta condição em casa, deverá:

  • Lavar os olhos – usar água morna e compressas esterilizadas ou toalhitas especificamente desenvolvidas para a limpeza ocular em torno dos olhos do seu bebé. Este trabalho deve ser realizado do centro para fora do olho e deve usar sempre compressas diferentes para cada olho.
  • Lavar bem as mãos antes e depois – Esta limpeza deve ser efetuada no mínimo 2 vezes por dia quando o bebé apresenta os sintomas de conjuntivite.
  • Usar sobre as gotas oculares (colírios) – questione o seu farmacêutico para que lhe seja recomendado algum colírio seguro para o tratamento de conjuntivite nos bebés ou para que este a encaminhe para o médico caso seja uma situação que necessite de um tratamento específico.

 

COMO EVITAR O CONTÁGIO?


lavar as maos muito bem

A conjuntivite nos bebés é altamente contagiosa.

Para evitar um surto familiar devem ser tomadas algumas precauções:

  • Certificar-se que a toalha usada no bebé não é usada por mais ninguém;
  • Lavar a toalha a alta temperatura após a sua utilização;
  • Lavar as mãos antes e depois de limpar o olho do bebé;
  • Certificar-se de que toda a família lava suas mãos com frequência ao longo do dia.

Veja também:

Farmacêutica Cátia Rocha Farmacêutica Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].