Receita original de bife à parmegiana: explosão de sabor num só prato

Carne nobre panada, molho de tomate, queijo e especiarias, tudo gratinado, fazem o saboroso e clássico bife à parmegiana. Se ainda não teve a oportunidade de experimentar este prato, vai ver que é fácil de preparar e vai surpreender-se e surpreender os seus convidados num almoço especial. Um prato delicioso! Experimente.

Receita original de bife à parmegiana: explosão de sabor num só prato
Uma receita divinal para servir como prato principal.

O bife à parmegiana é um clássico à mesa. Embora seja simples, há truques nesta receita para servir um parmegiana na perfeição.

A começar pela carne escolhida, que não pode ser grossa: as melhores opções de corte são a alcatra, filé mignon, coxão mole, fraldinha ou patinho. Nesta receita que partilhamos hoje, a carne usada é o filé mignon.

Independentemente de qual carne escolher, há um passo importante para garantir que a carne fique no ponto certo: deve enrolar os bifes num filme plástico e bater até deixá-los finos para amaciar a carne e garantir que vai assar ou fritar de maneira uniforme.

Receita original de bife à parmegiana


bife a parmegiana

– Ingredientes –

  • 300 g de filé mignon
  • 150 g de farinha de trigo
  • 150 g de farinha de rosca
  • 3 ovos
  • 150 g de queijo mozzarella
  • 1 + ½ lata de tomates pelados
  • 1 cebola
  • 4 dentes de alho
  • 2 folhas de louro fresco
  • Azeite
  • Óleo de girassol
  • Sal a gosto
  • Pimenta preta a gosto

– Modo de preparação –

  1. Tempere os bifes com sal e pimenta e deixe no frigorífico cerca de 20 minutos. Enquanto isso, prepare o molho.
  2. Pique o alho e a cebola.
  3. Amasse uma lata e meia de tomates pelados.
  4. Aqueça uma panela, adicione o azeite, e refogue o alho e a cebola.
  5. Depois, adicione os tomates amassados e as duas folhas de louro, deixando cozinhar cerca de 20 minutos.
  6. Para panar o bife, vai precisar de três pratos, colocando a farinha de trigo num deles, os três ovos batidos levemente até formar uma espuma, e a farinha de rosca no último.
  7. Deixe os pratos com esses ingredientes na ordem que acabamos de descrever, pois o segundo passo para panar é colocar o bife na farinha de trigo cobrindo toda a superfície, depois mergulhar no ovo, e por fim na farinha de rosca, pressionando levemente para formar a casquinha, repetindo o processo se desejar uma extra-crocância.
  8. Depois de panar os bifes, coloque óleo numa frigideira e leve ao lume. O óleo deve estar quente a no máximo a 180 graus para não queimar. Para saber se está quente o suficiente, coloque um palito de fósforo no óleo e quando ele acender, é a hora de fritar.
  9. A fritura deve ser feita por imersão, mergulhando todo o bife no óleo. Deve deixar fritar de um lado até dourar e virar para dourar o outro lado.
  10. Após fritar, escorra cada bife num papel absorvente.
  11. Depois dessa etapa, coloque um pouco do molho num tabuleiro. Disponha os bifes, adicione uma fina camada de molho sobre eles, cubra-os com queijo e despeje o restante do molho levando ao forno a gratinar até que o queijo esteja dourado.

Dicas de preparação: 

  • Como opcional, pode substituir os ovos por maionese; substituir a farinha de rosca por farinha de pão italiano; fritar bacon, moê-lo e misturar com a farinha de rosca; misturar ervas ou queijo parmesão com a farinha de rosca.
  • Para a preparação no fogão, uma alternativa é grelhar o bife panado, o que não o deixa tão crocante, mas é mais saudável.

Veja também: