Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
10 Jan, 2020 - 10:00

Em 2030, o mundo precisará de mais de 18 milhões de profissionais de saúde

Mónica Carvalho

É já na próxima década que as necessidades de profissionais de saúde em todo o mundo vão aumentar exponencialmente.

Zona: sintomas, fatores de risco e tratamento
O artigo continua após o anúncio

O aviso feito pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é preocupante e visa alertar os governos para as necessidades de formação do presente: a partir da próxima década, o mundo vai precisar de mais de 18 milhões de profissionais de saúde.

Para poder dar resposta, a OMS pede o apoio da comunidade internacional para formar os trabalhadores do setor que deverão atuar, na maior parte, em países de salários baixos e médios – afirma o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus.

Na mensagem de Ano Novo, Tedros Ghebreyesus afirmou ainda que o mundo tem uma dívida de gratidão para com os profissionais de saúde, dado que cuidam dos pacientes sem parar, demonstrando grandes capacidades de empenho, dedicação e resiliência. Como tal, é igualmente importante fazer mais para apoiar os profissionais do setor que precisam de melhor formação, melhores salários e mais proteção.

2020: o ano internacional dos enfermeiros e parteiras

Este alerta vem no seguimento da declaração de 2020 como o ano Internacional dos enfermeiros e parteiras, uma efemérido que tem como objetivo destacar as condições desafiadoras que estes profissionais enfrentam, bem como defender o investimento cada vez mais necessário nesta área.

Fontes

1. Organização das Nações Unidas. Disponível em: https://news.un.org/pt/story/2020/01/1699361