Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
06 Jan, 2020 - 18:15

Jovens portugueses: tanto tempo na internet e a fazer o quê?

Mónica Carvalho

Estudo da Netsonda revela que 14% dos jovens também já foram ofensivos ou agiram incorretamente com alguém na internet. Conheça todas as conclusões.

Jovens portugueses: tanto tempo na internet e a fazer o quê?

As redes sociais têm um impacto enorme no modo como os jovens vivem atualmente e na sua forma de lidar com os outros. Não é de estranhar tendo em conta a quantidade de tempo que se passa em frente ao ecrã do smartphone.

Nesse sentido, a Netsonda realizou um inquérito online durante o mês de agosto a cerca de mil jovens portugueses, entre os 14 e 19 anos. O objetivo era tentar perceber o que fazem os mais novos nas redes sociais e como é o seu comportamento.

Mais de um terço dos jovens portugueses já se sentiu desconfortável enquanto navegava na Internet e 14% admite já ter sido ofensivo ou ter tido uma atitude desadequada para com outra pessoa.

Tendo em conta estes tipos de comportamento, a maioria dos jovens afirma que tentaria abordar o autor das “agressões” por mensagem privada ou pediria ajuda a um adulto de confiança, sendo os pais e depois os professores a reunirem maior consenso.

Além disso, 60% admite que, em consequência, pode bloquear ou deixar de seguir determinada pessoa, como forma de tentar controlar o contacto online.

Além das redes sociais, o que fazem mais os jovens na internet? 49% admitem acompanhar as novidades das marcas e dos “influencers” com os quais se identificam, bem como para entretenimento, nomeadamente ver notícias – algo que os jovens entre os 17 e os 19 anos fazem com mais frequência comparando com jovens de menos idade. Apenas 17% admite usar a internet para conhecer novas pessoas.

O estudo tentou ainda apurar se os jovens portugueses inquiridos estariam dispostos a partilhar as suas passwords com alguém, sendo que apenas 35% disse que não.