Dr. Rafael de Castro Nobre
Dr. Rafael de Castro Nobre
29 Mai, 2020 - 08:05

Rinoplastia: a cirurgia de reconstrução do nariz

Dr. Rafael de Castro Nobre

A motivação para fazer uma rinoplastia pode ser alterar a aparência do nariz, melhorar a respiração ou ambos. Fique a par dos procedimentos envolvidos.

Médico a preparar paciente para uma rinoplastia

Os seres humanos são indivíduos extremamente sociáveis. A aceitação e empatia pelos outros repercute-se nas demais tarefas do dia a dia e tem um valor extremamente importante. Neste sentido, hoje em dia, fatores como a beleza e a autoestima são de elevada importância, tendo consequências não só para o próprio indivíduo, mas também para as pessoas que o rodeiam.

A motivação para fazer uma rinoplastia pode passar por uma vontade em alterar a aparência do nariz, ou para melhorar a respiração e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida.

A nível facial, a estética está delimitada por um triângulo cuja base são os olhos e o terceiro vértice o queixo, tendo assim o nariz como elemento central. Este é, portanto, um dos elementos mais evidentes na face e, como tal, um dos mais caracterizadores. Não só a nível estético, mas também a nível funcional, o nariz e a cavidade nasal desempenham funções de relevo.

O que é a rinoplastia

Mulher a fazer curativo após ter feito cirurgia nasal

Em termos da estrutura do nariz, importa saber que aporção superior da estrutura do nariz é osso – os ossos nasais – e a porção inferior é cartilagem – as cartilagens nasais laterais na pirâmide nasal e as cartilagens alares na extremidade do nariz.

A parede cartilaginosa interior chama-se septo nasal. A porção de pele entre as duas narinas denomina-se columela.

A cirurgia nasal, ou rinoplastia, é uma cirurgia minuciosa para corrigir a forma e estrutura do nariz.

Como o nariz é uma estrutura facial de relevo e muito percetível, uma ligeira mudança pode ter um impacto importante, tanto na sua função como a nível estético.

Quando, para além da estrutura externa, também o septo nasal é modificado, o procedimento denomina-se septorrinoplastia.

Quem é um bom candidato a rinoplastia?

Médico a analisar possibilidade de paciente fazer rinoplastia

Quer por malformações congénitas ou traumatismos ocorridos ao longo da vida, a forma do nariz pode provocar problemas funcionais como obstrução nasal e, consequentemente, dificuldade respiratória; como também afetar a autoestima causando problemas de personalidade e a nível da socialização.

Se uma pessoa sente dificuldade em respirar, obstrução nasal, se ressona, ou tem frequentes dores de cabeça, a rinoplastia poderá ser uma das soluções mais viáveis para superar estes problemas.

Igualmente, por questões estéticas, para quem deseja ter um nariz mais proporcional e em harmonia com o resto da face, a rinoplastia pode ser o procedimento cirúrgico indicado.

De uma forma geral, são bons candidatos a rinoplastia:

  • Doentes com crescimento facial completo;
  • Pacientes saudáveis, sem doenças ou condições médicas graves;
  • Pacientes que não fumam ou demonstraram que podem parar de fumar por
    um período de tempo prolongado. Para os fumadores, é importante deixar de fumar antes da rinoplastia. Fumar atrasa o processo de cicatrização após a cirurgia e pode aumentar a probabilidade de infeção;
  • Pacientes com objetivos estéticos realistas.

Rinoplastia: dúvidas frequentes

médicos numa cirurgia

Quanto tempo demora a cirurgia?

Em média demora cerca de 2 horas, podendo demorar mais, mediante o tipo de cirurgia e a técnica cirúrgica utilizada.

E quanto à anestesia?

A rinoplastia é um procedimento que se realiza com anestesia geral ou
anestesia local + sedação, dependendo da complexidade da cirurgia e do que
o cirurgião entender ser o mais adequado.

Como é o procedimento?

A rinoplastia é um procedimento altamente individualizado, deste modo, a técnica a utilizar e os vários passos a realizar no procedimento cirúrgico não são iguais em todos os doentes.

Deve conversar com o seu médico sobre as suas motivações e expectativas. Ele explicar-lhe-á o que a rinoplastia pode ou não fazer por si e quais podem ser os resultados esperados.

É normal poder sentir-se reticente por discutir a sua aparência, mas é muito importante que se sinta à vontade para falar com o cirurgião sobre os seus desejos, expectativas e objetivos com a cirurgia.

Um nariz excessivamente grande pode ser reduzido com a remoção de osso ou cartilagem. No caso oposto, pode ser necessária a adição de enxertos de cartilagem – o cirurgião pode usar cartilagens retiradas de dentro do nariz ou do pavilhão auricular, para pequenas alterações. Para alterações maiores, pode ser usada cartilagem da costela, implantes ou ossos de outras partes do corpo.

Se a parede entre os dois lados do nariz (septo) estiver torta ou desviada, o cirurgião também poderá corrigi-la de forma a melhorar a respiração.

Depois da estrutura do nariz ser esculpida da forma desejada, a pele e o tecido nasal são reajustados e as incisões são fechadas.

Vou ficar com cicatrizes?

A cirurgia pode ser realizada através de duas abordagens:

  1. Rinoplastia fechada: as estruturas nasais são abordadas através de
    pequenas incisões escondidas dentro das narinas, em locais previamente
    definidos pelo cirurgião, de modo a não ficarem cicatrizes visíveis.
  2. Rinoplastia aberta: é feita uma incisão na columela, a estreita faixa de tecido que separa as narinas. Através dessa incisão, a pele que cobre os ossos nasais e cartilagens é levemente elevada, permitindo ao cirurgião manipular a estrutura do nariz e a cavidade nasal, nomeadamente os tecidos subcutâneos, o osso e as cartilagens, dependendo da área intervencionada, objetivo pretendido e da sua anatomia. Na técnica aberta, a cicatriz da columela é quase impercetível ao final de 15 dias após a cirurgia.

Internamento ou ambulatório?

A cirurgia é quase indolor e muito bem tolerada pelo doente. Na maioria dos casos, é possível ter alta hospitalar no próprio dia da cirurgia não precisando de internamento.

Pós-operatório: qual o tempo de recuperação e regresso à rotina?

Em quase todas as rinoplastias poderá ocorrer uma equimose ligeira junto aos olhos e é normal haver algum edema (inchaço) temporário no nariz e face. Normalmente coloca-se uma tala nasal temporária na parte externa do nariz para ajudar a manter a nova forma por 7 dias após a cirurgia, dependendo da técnica cirúrgica.

Se for necessário colocar um tamponamento nasal ou uma tala dentro do nariz para estabilizar o septo, esta normalmente será removida também na semana seguinte à cirurgia.

A recuperação inicial ocorre nos 10-14 dias iniciais, contudo o resultado estético final surge após alguns meses.

A atividade diária normal pode ser retomada cerca de 15 dias após a cirurgia e o exercício físico cerca de 4 a 6 semanas após a intervenção.

Deve ser evitada qualquer atividade que possa traumatizar o nariz e evitar queimaduras solares por, pelo menos, 8 semanas. Em relação à exposição solar, a utilização de um protetor solar de amplo especto (filtro UVA e UVB) com fator de proteção 50 é importante e contribui para uma melhor recuperação.

Em todo o caso, deverá seguir cuidadosamente as recomendações do seu médico para diminuir as probabilidades de complicações e ter uma recuperação o mais rápida possível.

Há riscos associados?

Como em qualquer cirurgia complexa, a rinoplastia acarreta riscos como hemorragia, infeção ou reação adversa à anestesia, entre outros.

Antes da intervenção deve discutir todas as suas dúvidas com o seu cirurgião, de modo a sentir-se completamente esclarecida e confiante para a cirurgia.

Mitos e verdades sobre a rinoplastia

Mulher a fazer curativo após cirurgia nasal
Mito

A rinoplastia é dolorosa

No dia seguinte à cirurgia, a maioria dos doentes quantifica a sua dor entre 0 a 4 numa escala 0 a 10.

Verdade

A rinoplastia é uma operação detalhada


A rinoplastia é uma operação desafiadora – o nariz é uma forma 3D complexa que fica na região central do rosto. As alterações feitas durante a rinoplastia geralmente são muito minuciosas, mas essas mudanças podem fazer uma grande diferença no funcionamento do nariz e na aparência do doente

Depende

O meu nariz pode ficar igual ao de uma celebridade?

O resultado da cirurgia será limitado pela estrutura do seu nariz e pelas proporções faciais. As cirurgias não têm resultado padrão e, portanto, não adianta “copiar” um nariz, se os restantes traços da face forem diferentes.

Ainda assim, na maioria dos casos, os doentes consideram que os resultados são bastante agradáveis.

Conclusão

A rinoplastia é uma cirurgia que pode melhorar bastante a aparência do nariz e, como tal, tornar a face mais bonita, além de, claro, otimizar a função respiratória.

Fontes

  1. Rhinoplasty: Nose surgery. American Society of Plastic Surgeons. https://www.plasticsurgery.org/cosmetic- procedures/rhinoplasty. Accessed Dec. 18, 2018.
  2. Rhinoplasty. Mayo Clinic, Rochester.https://www.mayoclinic.org/tests-procedures/rhinoplasty. Accessed. Jan. 9, 2019.
  3. Flint PW, et al. Rhinoplasty. In: Cummings Otolaryngology: Head & Neck Surgery. 6th ed. Philadelphia, Pa.: Saunders Elsevier; 2015. https://www.clinicalkey.com. Accessed Dec. 18, 2018.
  4. Nasal surgery: Fixing form and function. American Academy of Otolaryngology-Head and Neck Surgery. https://www.enthealth.org/be_ent_smart/nasal-surgery-fixing-form-and-function/. Accessed Dec. 18, 2018.
  5. Neaman KC, Boettcher AK, Do VH, Mulder C, Baca M, Renucci JD, VanderWoude DL. Cosmetic rhinoplasty: revision rates revisited. Aesthet Surg J. 2013;33(1):31-37.
  6. Cosmetic Surgery National Data Bank Statistics. Aesthet Surg J. 2015;35(Suppl 2):1-24.
  7. Toriumi DM. Structural approach to primary rhinoplasty. Aesthet Surg J. 2002;22(1):72-84.
  8. Byrd HS, Hobar PC. Rhinoplasty: a practical guide for surgical planning. Plast Reconstr Surg. 1993;91(4):642-54; discussion 655-6.
Veja também