Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
04 Jun, 2020 - 13:59

Afinal, quanto custa ter um filho?

Mónica Carvalho

Saiba que ao longo do primeiro ano de vida de uma criança, os pais gastarão, no mínimo 3400€. Confira todas as contas feitas pelo portal Picodi.

Quanto custa ter um filho: mãe com bebé no colo

Aumentar a família implica também aumentar o orçamento familiar. Mas quanto custa ter um filho? Já fez as contas?

O portal Picodi fez e revela que entre despesas recorrentes, como alimentação, roupa e fraldas, e outras mais pontuais, como berço, trocador, carrinho e outro, cada família poderá ter de gastar entre 3.470€ e 5.260€, dependendo se faz apenas as compras necessárias ou avança com a aquisição de produtos “mais avançados e adicionais”.

Quanto custa ter um filho: vamos a contas?

Mãe e bebé a dormir na cama

A lista da Picodi encontra-se dividida em sete categorias:

  1. Roupa de maternidade e acessórios.
  2. Mala de maternidade.
  3. Equipamento para casa.
  4. Transporte do bebé.
  5. Produtos de cuidados do bebé.
  6. Alimentação.
  7. Roupa para o bebé.

Vamos, então, a contas, a começar pela roupa de maternidade: um kit básico ronda os 290€; o kit completo chega aos 420€ e inclui dispositivos úteis para uma mulher grávida, como travesseiro de gravidez, detetor de batimento cardíaco fetal e uma balança inteligente.

Já a mala de maternidade com artigos básicos para a mãe e o bebé poderá custar 150€ na opção básica e 200€ na opção avançada.

Para preparar a casa e adquirir os equipamentos e acessórios a lista é mais extensa e inclui produtos como “colchão e edredão, trocador, cadeira de refeição, banheira, biberões, chupetas, acessórios de cuidados do bebé”, o que pode custar quase 700€. Se adicionarmos outros itens, como intercomunicador digital para bebé, um aquecedor de biberões e outros acessórios, poderá gastar 1.235€.

Para o transporte do bebé, terá de gastar entre 520€ e 970€.

Na categoria de produtos de cuidados do bebé, o portal fez a conta para um ano de cosméticos, detergentes e fraldas, que poderá ter um custo entre 531€ e 719€.

No que à alimentação diz respeito, o portal considera as contas feitas a partir do 6º mês, partido do pressuposto que até então o bebé é alimentado exclusivamente por amamentação. Assim, no primeiro ano de vida, os custos de alimentação podem chegar aos 689€, mas podem ir até aos 826€.  

Por último: a roupa para o bebé, o que bem pode ser uma tentação para todos os pais. Contas feitas, um kit básico rondará os 592€. Se não for um kit assim tão básico, então, facilmente, os gastos poderão chegar aos 888€.

De acordo com o INE, o salário médio no primeiro trimestre de 2020 em Portugal era de 929€, logo para comprar um kit básico de produtos para mãe e bebé serão necessários 3,7 salários, o que faz com que seja mais caro ter um filho em Portugal do que, por exemplo, em Espanha.

Veja também