Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
19 Abr, 2019 - 16:35

Pulgas em gatos: como prevenir uma infestação?

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Patrocinado por:

As pulgas em gatos podem ser um grande problema, pois facilmente uma pulga se transforma numa grande infestação. Saiba como evitar esta situação.

Pulgas em gatos: como prevenir uma infestação?

Pulgas em gatos podem ser um problema difícil de resolver, tal como nos cães. Ainda que a maioria das pessoas pense que os gatos não têm tanta tendência para apanhar pulgas, especialmente se não tiverem acesso ao exterior.

Pulgas em gatos: como é que os gatos apanham pulgas?

pulgas em gatos gato no jardim

As pulgas estão presentes em todas as alturas do ano, especialmente na época de maior calor. Gatos com acesso ao exterior têm igual probabilidade de ganhar pulgas do que os cães pois, estão igualmente expostos.

Quando aparecem pulgas em gatos que apenas vivem no interior da casa, sem qualquer tipo de acesso ao exterior, surgem as maiores dúvidas em relação ao modo de transmissão destes parasitas.

Os gatos de interior podem ser contaminados por pulgas através de vetores, ou seja, através de objetos inanimados, pessoas ou outros animais.

Se tem mais animais em casa, nomeadamente cães que fazem o seu passeio na rua e estão expostos a esses parasitas, é provável que ao chegarem a casa e estarem em contacto com o seu gato lhe possam transmitir as pulgas.

Também, nós, pessoas, podemos ser vetores, uma vez que passamos em zonas como jardins e podemos levar as pulgas na roupa ou sapatos e chegando a casa as pulgas irão infestar o gato.

Pulgas em gatos: como prevenir?

De forma a evitar uma infestação por pulgas em casa, deve tomar alguns cuidados com o seu gato, ambiente onde o gato se encontra e com os animais que coabitam a casa.

1. Desparasitantes para pulgas em gatos

pulgas em gatos pipeta desparazitante

Existem produtos específicos para gatos que funcionam como repelentes e matam as pulgas caso o animal esteja infetado. Estes produtos existem sob a forma de comprimidos, pipetas spot on, coleiras e injetáveis.

Cada caso é um caso, e dessa forma deve aconselhar-se com o seu médico veterinário acerca do produto mais adequado a utilizar no seu gato. E, por apenas 13€ por mês, com o Plano de Saúde Vetecare pode ter acesso a uma vasta rede de profissionais e descontos em desparasitações e tratamentos de saúde animal.

Deve ter muita atenção em relação ao produto que aplica no seu gato. Não deve em nenhuma circunstância utilizar produtos para outras espécies em felinos, sob risco de causar uma intoxicação.

Os diferentes produtos têm uma durabilidade variada de marca para marca, portanto deve questionar o seu médico veterinário acerca da durabilidade do produto, de forma a saber quando deve aplicar novamente o desparasitante.

2. Desparasitantes para pulgas em cães

pulgas em gatos pipeta para as pulgas

Se tiver cães que coabitem na mesma casa com o seu gato, deve, para além da desparasitação do gato, assegurar a desparasitação do seu cão.

Para o cão também existem vários produtos em formato de comprimido, coleiras, injetáveis e pipetas spot on, que servem como repelentes e também produzem um efeito de eliminação da pulga caso esteja no animal e o pique.

Da mesma forma de que com o seu gato, deve informar-se acerca do melhor produto para o seu cão e também acerca da durabilidade do produto escolhido. Deve depois desparasitar o seu cão para as pulgas cumprindo o intervalo de tempo recomendado.

3. Limpeza da casa

pulgas em gatos limpeza de carpetes

Apesar das pulgas adultas se encontrarem no hospedeiro que parasitam, seja o cão, gato, humano, os ovos de pulgas encontram-se no ambiente. Este ovos são microscópicos e não é possível vê-los a olho nu, daí que seja extremamente difícil a sua eliminação.

Para uma prevenção e eliminação eficaz das pulgas deve, para além da desparasitação dos animais, ter em conta que o ambiente também está livre de pulgas, neste caso, dos seus ovos.

Os ovos de pulga alojam-se em superfícies irregulares e difíceis de limpar, como tijoleira e rodapés. O ideal é aspirar todos os cantos da casa de forma a conseguir remover o maior número de ovos de pulga caso existam.

Outro local onde costumam estar estes ovos é nos cobertores, mantas e sofás, isto porque muitas vezes os seus animais passam grande parte do seu tempo a dormir nesses locais.

Para evitar que se acumulem pulgas e ovos de pulgas nos locais onde o seu animal dorme deve lavar com regularidade a alta temperatura as mantas e cobertores com as quais os animais têm contacto e aspirar sofás ou outros locais que não seja possível lavar.

Saiba mais sobre eliminar as pulgas e carraças aqui >>

Pulgas em gatos: porque raramente as vemos?

pulgas em gatos gato a lavar se

Ao contrário dos cães, os gatos são animais extremamente limpos que cuidam diariamente da sua higiene e lavam-se sozinhos. A própria língua do gato está adaptada com pequenas saliências (papilas) que funcionam como uma escova.

Ao fazerem a sua higiene, lambendo-se, muitas vezes engolem as pulgas e limpam qualquer vestígio, desta forma, é muito raro vermos gatos com pulgas. Mesmo que encontre apenas uma ou duas pulgas no seu gato, ele pode estar com uma grande infestação.

Por esta razão, é preciso ter algumas preocupações relativamente ao facto de o gato engolir as pulgas. Muitas vezes as pulgas funcionam como vetores de doenças, nomeadamente parasitas internos (Dipylidium caninum), e os gatos ao engolirem a pulga podem ficar também parasitados internamente.

Assim, sempre que o seu gato estiver com pulgas, deve, para além de o desparasitar para as pulgas, desparasitar internamente também. E mesmo que o gato não tenha pulgas visíveis, lembre-se que continua a ser importante fazer a sua desparasitação interna e externa.

Veja também: