Isabel Coimbra
Isabel Coimbra
20 Fev, 2017 - 18:20

Hora do Planeta: grandes estrelas nacionais cantam à luz das velas

Isabel Coimbra

A Hora do Planeta é dia 25 de março, às 20h00 e vários artistas emprestam a sua voz ao planeta, num concerto único, à luz das velas.

Hora do Planeta: grandes estrelas nacionais cantam à luz das velas
O artigo continua após o anúncio

A WWF, uma das maiores e mais respeitadas associações de conservação do mundo, organiza, em Lisboa, um concerto, para salvar o planeta.

Na Hora do Planeta, o Parque Eduardo VII, no dia 25 de março, às 20h00, alguns dos maiores nomes do panorama artístico nacional vão dar a voz pelo planeta…à luz das velas.

André Sardet, Enoque, Janeiro, Matias Damásio, Raquel Tavares, Samuel Úria, Tiago Bettencourt e Tito Paris, sobem ao palco, num concerto solidário que pretende alertar e sensibilizar indivíduos, empresas, governos e comunidades a assumirem compromissos e hábitos mais sustentáveis.

O Vida Ativa associa-se a esta iniciativa e convida todos os leitores a participar.

Quando acontece a Hora do Planeta?

Todos os anos, a 25 de março, assinala-se em todo o mundo a Hora do Planeta e em Portugal, a luz desliga-se às 20h00.

Este ano, “A luta contra as alterações climáticas toca-nos a todos nós em Portugal e pelo mundo e a 25 de Março teremos a oportunidade de celebrar, cantar e sensibilizar para a urgência de mudança.

“Contamos que sejam muitos a juntar-se a esta iniciativa que reúne alguns dos melhores músicos de língua portuguesa.”, diz Ângela Morgado, da WWF.

Onde comprar os bilhetes para o concerto Hora do Planeta?

Os bilhetes custam 10 euros (crianças até aos 12 anos não pagam) e os lucros revertem para a WWF para ajudar a impedir a degradação do ambiente natural do planeta.

As entradas podem ser adquiridas nas bilheteiras das lojas FNAC e na BOL.

O artigo continua após o anúncio

O que é a Hora do Planeta?

A Hora do Planeta é uma iniciativa global ambiental da WWF. No dia 25 de março, à mesma, um pouco por todo o mundo, apagam-se as luzes durante 60 minutos.

Em 2016, mais de 170 países e mais de 8000 cidades e vilas aderiram à iniciativa, naquela que é a maior campanha ambiental do mundo.

No nosso país, 110 municípios aderiram e centenas de monumentos ficaram às escuras, como a Ponte 25 de Abril, o Mosteiro dos Jerónimos, o Cristo Rei, em Lisboa e o Convento de Cristo, em Tomar.

Este ano, a Hora do Planeta pretende, com a ajuda de milhões de pessoas em todo o mundo, mudar o rumo das alterações climáticas.

O Vida Ativa associou-se a esta iniciativa e à semelhança de milhões de pessoas, na Hora do Planeta, vamos trocar a eletricidade pela luz das velas.

Conheça a WWF

Com quase cinco milhões de apoiantes e presença ativa em mais de 100 países, a WWF é reconhecida pelo seu trabalho na conservação do mundo.

Diariamente, lutam para impedir a degradação do ambiente natural do planeta, a vida em harmonia com a natureza e conservação da diversidade biológica.

As suas ações focam numa utilização dos recursos naturais renováveis sustentável e a redução da poluição e do desperdício.

O artigo continua após o anúncio