Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
11 Dez, 2019 - 15:18

O que fazer se o seu cão estiver perdido?

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Patrocinado por:

Se o seu cão estiver perdido é normal que se sinta desesperado. Porém, é importante tentar ser racional e proceder de forma a que possa voltar a encontrar o seu melhor amigo.

O que fazer se o seu cão estiver perdido?

Por vários motivos os cães podem fugir de casa ou de perto do seu tutor e podem não conseguir voltar. Seja porque conseguiram saltar os muros da casa ou porque lhes fugiu a trela enquanto o passeava. Se o seu cão estiver perdido nem sempre é fácil de encontrar, especialmente se não souber o que fazer nessas situações. Assim, apresentamos-lhe algumas ideias do que deve fazer em caso de desaparecimento.

Cão perdido: porque se perdem os cães?

O que fazer se o seu cão estiver perdido?

Existem várias razões que podem levar a que o seu cão se perca, e isso não faz de si um mau tutor, pois são situações que podem acontecer diariamente de uma forma acidental.

Os cães podem fugir de casa por sentirem medo de estarem sozinhos, por verem outro animal e tentarem persegui-lo, seja para brincar ou para atacar. Barulhos fortes como foguetes ou trovoada podem fazer com que o cão fique assustado e desorientado e também tente fugir de casa.

Caso o seu cão ou cadela não seja castrados ou esterilizados a probabilidade de tentarem fugir de casa é maior, razão pela qual deve castrar o seu animal. Se precisar de orientação médica para o seu animal, saiba que a Vetecare  tem um plano de saúde animal com uma vasta rede de profissionais que pode ajudá-lo a cuidar do seu cão.

Também pode acontecer que o cão se desprenda da trela e se assuste na rua ou caso leve o cão sem trela à rua. De qualquer das formas, nunca deve levar o seu cão a passear sem trela, pois para além de ser proibido por lei, também é mais fácil o animal se perder ou envolver-se em lutas com outros animais.

O que fazer se o seu cão estiver perdido? As nossas dicas

1. Contacte os centros de recolha oficiais

O que fazer se o seu cão estiver perdido?

Os centros de recolha oficiais (CROs), também conhecidos como antigos canis municipais, são alojamentos temporários onde se encontram cães e gatos que são entregues ou recolhidos da via pública, ou seja, animais abandonados.

Por norma, estes animais permanecem nos centros de recolha até serem encaminhados para adoção.

Uma vez que os centros de recolha oficiais fazem a recolha da via pública, pode acontecer que o seu cão seja recolhido acidentalmente. Geralmente, nestes centros é realizada a leitura do microchip do seu cão, e portanto assim é possível encontrar o seu tutor aquando a sua recolha, daí a grande importância do microchip.

Pode consultar os contactos dos alojamentos oficiais para animais de companhia, os centros de recolha (CRO) autorizados.

2. Contacte as associações locais

Além dos centros de recolha oficiais, algumas associações também têm instalações onde abrigam animais, e podem ter recolhido ou lhes ter sido entregue o seu cão perdido. Assim, deve procurar todas as associações e informá-las de que o seu cão está desaparecido, se possível até enviar fotografias.

Para além de algumas destas associações recolherem animais, também podem receber apelos de pessoas que viram animais perdidos e podem ter informações acerca do paradeiro do seu melhor amigo.

3. Contacte as clínicas veterinárias

O que fazer se o seu cão estiver perdido?

Deve contactar de imediato o seu médico veterinário para que este proceda à atualização da informação na base de dados dos registos dos microchips, como um animal perdido.

Também deve pedir ao seu médico veterinário que divulgue na clínica e nas redes sociais partilhando a fotografia do seu cão, de forma a conseguir alcançar mais visualizações.

Além disso, deve também contactar todas as clínicas e hospitais da zona, enviando fotografia do animal, de forma a que estejam atentos caso apareça algum cão semelhante nas suas instalações.

4. Faça um apelo em sites especializados em desaparecimentos de animais

Se o seu cão estiver perdido, para além de toda a divulgação, procure sites específicos para divulgação de animais perdidos e encontrados, como é o caso do encontra-me.org  onde é possível divulgar o seu cão perdido e também verificar se não foi encontrado nenhum cão com as caraterísticas do seu.

5. Divulgue fotografias nas redes sociais

O que fazer se o seu cão estiver perdido?

Hoje em dia a melhor forma de divulgar e disseminar informação é através das redes sociais. Coloque fotografias do seu cão que sejam bem visíveis; informações com pormenores importantes (como se tinha ou não coleira e a sua cor); contactos dos tutores ou pessoas responsáveis; carácter do animal e zona onde foi visto pela última vez.

Partilhe também essa informação em vários grupos de animais. Quanto mais pessoas estiverem atentas, maior a probabilidade de conseguir encontrar o cão.

6. Distribua folhetos

As redes sociais e a internet desempenham um papel muito importante na divulgação, no entanto, se o seu cão estiver perdido, aposte também na distribuição de folhetos, pois aumenta ainda mais a quantidade de pessoas que irão ver o apelo, e consequentemente estar atentas.

Comece por distribuir em zonas perto do local onde o cão fugiu, aposte em locais com muita gente como em cafés. Deve incluir uma fotografia nítida do cão, caraterísticas específicas e contactos.

No site referido, já existem modelos pré-feitos para a divulgação de cães perdidos, depois só necessita de imprimir.

7. Passe a palavra

Se o seu cão estiver perdido, para além da divulgação em papel e online contacte o maior número de pessoas possível, especialmente pessoas residentes ou que passem pelas zonas onde o cão se perdeu.

Ligue a amigos, conhecidos, fale com vizinhos, e peça-lhes para também passarem a palavra, pode aproveitar também para lhes deixar um folheto para que possam identificar o cão nitidamente e contactá-lo.

8. Percorra a zona onde o cão se perdeu

Reúna vários grupos de pessoas conhecidas e voluntários que possam percorrer a zona onde o cão foi avistado pela última vez. Se o seu cão estiver perdido pode estar desorientado, confuso e assustado, por isso em cada grupo deve ir uma pessoa conhecida para o cão, para que este o possa cheirar e reconhecer.

Quando vir o cão, é importante que não corra nem o tente agarrar. Se o cão estiver assustado pode não reconhecer o tutor e até mesmo atacar ou fugir cada vez mais. Deve abordá-lo de uma forma o mais calma possível, chamando pelo seu nome e chegando-se perto devagar e de uma forma gradual, acompanhando a reação do animal.

Veja também