Publicidade:

Tapioca granulada: as receitas ideais

Ainda não conhece a tapioca granulada? A goma e a farinha de tapioca são as versões mais utilizadas, mas a tapioca granulada também é um recurso ideal.

 
Tapioca granulada: as receitas ideais
Um formato de tapioca não tão usado, mas ideal para várias opções deliciosas

Derivado da raiz da mandioca e sob o formato de vários grãos de diferentes tamanhos, a tapioca granulada ainda é uma incógnita para muitas pessoas por não saberem que utilidade lhe podem dar.

A tapioca granulada é, como o seu próprio nome indica, constituída por grãos de tapioca irregulares. Esta é um subproduto da goma de tapioca e é obtida a partir do processo de peneirar num tacho, mexendo até secar e endurecer.

3 receitas com tapioca granulada


1. Tapioca granulada na frigideira

tapioca granulada recheada com queijo

Deve sempre usar a goma de tapioca para fazer tapioca na frigideira. Se quiser mesmo fazer com a tapioca granulada, hidrate bem os grãos e lembre-se que o resultado final não vai ficar com a mesma consistência e textura do que com a goma.

– Ingredientes –

  • 3 colheres de sopa de tapioca granulada
  • Leite, bebida vegetal ou água

– Modo de preparação –

  1. Distribuir a tapioca granulada num prato.
  2. Adicionar lentamente a bebida escolhida até os grãos se unirem e formarem uma pasta consistente.
  3. Amassar a massa e por numa frigideira anti-aderente previamente aquecida.
  4. Deixar até as bordas começarem a descolar (cerca de dois ou três minutos) e virar.
  5. Deixar apenas uns segundos, voltar a virar e rechear a gosto.

2. Cuscuz de tapioca

Uma versão saudável da típica receita de cuscuz.

– Ingredientes –

  • 250ml de bebida de amêndoa (ou leite ou outra bebida vegetal)
  • 100ml de leite de coco light
  • 100gr de tapioca granulada
  • 35gr de coco ralado sem adição de açúcar
  • 2 colheres de sopa de adoçante
  • 1 colher de sopa de gelatina neutra em pó
  • Raspa de limão
  • Canela
  • Cravo da Índia

– Modo de preparação –

  1. Deixar a tapioca granulada em água cerca de uma hora e depois escorrer num coador.
  2. Adicionar a bebida de amêndoa e o coco ralado e misturar.
  3. Juntar o leite de coco, o adoçante e a gelatina.
  4. Passar tudo para uma panela e adicional a canela, o limão e o cravo da Índia.
  5. Deixar em lume brando entre 15 e 20 minutos.
  6. Dispor a mistura num tabuleiro e levar ao frigorífico cerca de duas horas.
  7. Cortar em pedaços.

3. Pudim de tapioca

pudim de tapioca granulada

Uma receita que tem tudo para correr bem: deliciosa, saudável e de preparação rápida.

– Ingredientes –

  • 500ml de leite de coco
  • ½ colher de sopa de cardamomo ou noz moscada
  • 100gr de tapioca granulada
  • 200ml de água
  • 3 colheres de sopa de adoçante
  • Coco ralado (opcional)
  • 400gr de frutos silvestres secos ou ameixa seca cozida
  • 25gr de frutos secos triturados

– Modo de preparação –

  1. Deixar a tapioca granulada em água até inchar e formar uma pasta (cerca de 30 minutos).
  2. Cozinhar a massa com leite de coco, adoçante, cardamomo e coco ralado durante cinco a dez minutos em lume brando e até formar uma mistura espessa e cremosa (vá mexendo para não queimar).
  3. Polvilhar com os frutos vermelhos e os frutos secos e servir.

 

Como fazer tapioca granulada?


tapioca

Pode fazer a tapioca granulada a partir da raiz da mandioca, de modo artesanal, ou de forma mais prática com polvilho doce.

1. 10 passos para obter a tapioca granulada a partir da raiz da mandioca:

  1. Cortar a raiz da mandioca em pequenos troncos. Retirar a casca escura e a entrecasca mais clara e lavar bem.
  2. Ralar os pedaços de mandioca num ralador bem fino e juntar a água necessária para obter uma massa bem molhada (método tradicional); ou cortar a mandioca limpa em pedaços pequenos e triturar no triturador, acrescentando a água necessária para fazer o aparelho funcionar (cerca de 4 medidas de água para 1 de mandioca).
  3. Coar a massa obtida num pano de algodão com a trama bem fechada e espremer bem. A fibra da mandioca, que ficará no pano, pode ser utilizada em doces como o bolo de tapioca.
  4. Colocar o líquido num recipiente e deixar repousar durante cerca de duas horas. A fécula irá formar uma crosta dura ao fundo do recipiente.
  5. Escorrer o resíduo líquido.
  6. Enxaguar a água da “crosta” de fécula com um pano limpo. Deixar coberto por cerca de uma hora. Em alternativa, pode-se cobrir a goma (fécula) com farinha de mandioca crua e, depois de uma hora, eliminar a farinha raspando com uma colher.
  7. Utilizar uma colher para quebrar e revirar a crosta de goma no recipiente: esta é a “goma fresca ou molhada”.
  8. Colocar uma pitada de sal na “goma fresca ou molhada” e passar numa peneira grossa: esta é a “tapioca granulada” feita em casa.
  9. A “goma fresca ou molhada”, quando deixada a secar ao sol, vai-se tornar num polvilho doce feito em casa.
  10. Esta tapioca granulada conserva-se entre 3 a 5 dias no frigorífico, coberta com pano e selada com plástico.

2. Tapioca granulada obtida a partir do polvilho doce (goma seca)

– Ingredientes –

  • 500g de polvilho doce
  • Água
  • ½ colher de chá de sal

– Modo de preparação 1 –

  1. Adicionar 1 litro de água ao polvilho doce e misturar bem.
  2. Deixar repousar por 2 horas.
  3. Repetir as operações realizadas no modo de obtenção artesanal, desde o passo 5.

– Moda de preparação 2 –

  1. Hidratar o polvilho doce e acrescentar, aos poucos, cerca de 250ml de água fria.
  2. Misturar bem com as pontas dos dedos para desfazer os grumos e formar uma farofa húmida.
  3. Colocar uma pitada de sal na goma molhada e passar numa peneira grossa para obter a tapioca granulada.

 

Veja também:

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].