Sabe o que acontece ao nosso corpo quando temos um orgasmo?

Que todos gostamos de sexo isso não é novidade nenhuma. Mas sabe o que acontece ao nosso corpo quando temos um orgasmo? Confira tudo sobre o tema.

Sabe o que acontece ao nosso corpo quando temos um orgasmo?
Passo a passo: como reagimos ao prazer!

Gostamos de sexo, desfrutamos dos momentos de intimidade a sós ou com o nosso parceiro, mas por que motivo isso acontece? Sabe o que acontece ao nosso corpo quando temos um orgasmo?

Masters e Johnson, dois terapeutas sexuais inovadores, inventaram o termo “ciclo de resposta sexual” para registar a sequência de eventos que sucede ao corpo quando uma pessoa se torna sexualmente excitada e participa de atividades sexualmente estimulantes, sejam relações sexuais, masturbação, preliminares, etc.

Assim, o ciclo de resposta sexual é dividido em quatro fases:

  1. Excitação;
  2. Plateia;
  3. Orgasmo;
  4. Resolução.

Não há início ou final distinto para cada fase – eles são, na verdade, parte de um processo contínuo de resposta sexual. Tenha em mente que este é um esboço muito geral do que acontece com cada um de nós quando nos tornamos excitados sexualmente. Sabe o que acontece ao nosso corpo quando temos um orgasmo? Tudo nas linhas abaixo.

Sabe o que acontece ao nosso corpo quando temos um orgasmo?


o que acontece ao nosso corpo quando temos um orgasmo

Momentos de entusiasmo e prazer, que nos fazem vibrar, sorrir, tremer… Tantas emoções para uma ação complexa, mas que tão bem nos faz. Descubra o que acontece ao nosso corpo quando temos um orgasmo.

Fase 1: Excitação

Esta fase geralmente começa dentro de 10 a 30 segundos após a estimulação erótica e pode durar de alguns minutos a muitas horas.

  • Reação no homem: o pénis fica um pouco ereto; os mamilos também podem ficar eretos.
  • Reação na mulher: começa a lubrificação vaginal; a vagina expande-se e alonga-se; inchaço dos lábios exteriores e internos da vagina, do clitóris e, por vezes, dos seios.

Fase 2: plateia

As mudanças que começaram na fase de excitação continuam a progredir.

  • Reação no homem: os testículos são elaborados no escroto e o pénis fica totalmente ereto.
  • Reação na mulher: os lábios vaginais tornam-se mais descontraídos; os tecidos das paredes da vagina incham com sangue e a abertura para a vagina estreita-se; o clitóris fica mais oculto; os lábios internos mudam de cor (para as mulheres que nunca tiveram filhos, os lábios passam de rosa para vermelho brilhante, nas mulheres que já tiveram filhos, a cor passa de vermelho brilhante a roxo profundo).

Fase 3: Orgasmo

Este é o clímax do ciclo. É também a mais curta das quatro fases e, habitualmente, apenas dura alguns segundos.

  • Reação no homem: primeiro, o líquido seminal acumula-se no bulbo uretral e o homem sabe que está prestes a ejacular; em seguida, o sémen é ejaculado a partir do pénis, dando origem a contrações no órgão sexual masculino durante esta fase orgásmica.
  • Reação na mulher: há uma contração rítmica das paredes vaginais, bem como dos músculos do útero.

Fase 4: Resolução

Esta fase é um retorno ao estado normal de repouso. Pode durar de alguns minutos a meia hora ou mais. Este estado geralmente é maior para as mulheres do que para os homens.

  • Reação no homem: o pénis volta ao estado flácido normal; normalmente, há um período refratário, onde é impossível orgasmo até que uma certa quantidade de tempo tenha passado, que depende da idade, aptidão física e outros fatores.
  • Reação na mulher: o útero e o clítoris retornam às suas posições normais. Algumas mulheres podem ser capazes de responder a estimulação adicional com orgasmos adicionais.

Agora que já sabe o que acontece ao nosso corpo quando temos um orgasmo, por que não procurar formas de diferenciar a relação sexual, ajudando a estimular mais e melhor o seu parceiro?

Veja também:

Mónica Carvalho Mónica Carvalho

Mónica Carvalho é licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação, com Pós-Graduação em Comunicação, Assessoria e Marketing. Vê na produção de conteúdos uma forma de tornar o mundo um lugar mais interessante, curioso e acessível. Os livros, filmes, séries, música, desporto e, acima de tudo, as histórias das pessoas inspiram-na a querer sempre fazer mais e melhor.