Nutrição funcional, uma dieta feita à medida

A nutrição funcional dá importância à função de cada nutriente e às propriedades dos alimentos tendo em consideração as especificidades de cada pessoa.

Nutrição funcional, uma dieta feita à medida
Tenha uma alimentação especializada.

É considerada por muitos como a Nutrição do séc. XXI e chama-se Nutrição Funcional. A nutrição funcional não se limita à prescrição de dietas de alimentos tidos como saudáveis e ao controlo do aporte de calorias, mas reconhece que os alimentos e os nutrientes são capazes de modular inúmeras funções orgânicas, comunicação hormonal e expressão genética.

É personalizada, preventiva e desempenha um papel fundamental no tratamento de doenças.

Se está cansado de conselhos contraditórios sobre planos alimentares ideais, poderá ser hora de adotar uma estratégia diferente.

O que é a nutrição funcional e como se coloca em prática?


nutricao funcional

A nutrição funcional considera todos os aspectos da saúde, dieta e estilo de vida ao fornecer quaisquer recomendações nutricionais.

Com a nutrição funcional, os sintomas são vistos como pistas para diagnosticar os problemas de saúde primários, sejam eles relacionados à dieta, doenças, medicamentos, fatores relacionados com o estilo de vida, exposição a toxinas, uso de antibióticos ou outros fatores.

Os cuidados de saúde padrão tentam suprimir esses sintomas com medicação, mas a nutrição funcional olha para eles como sinais para entender os problemas subentendidos no corpo.

Ao considerar o impacto de fatores aparentemente não relacionados à saúde, os nutricionistas funcionais elaboram um plano que tem em consideração todos os aspectos da saúde.

O processo da nutrição funcional


nutricionusta

O objetivo da nutrição funcional é fortalecer os sistemas (cardiovascular, digestivo, imunitário, nervoso, entre outros) do nosso organismo para que funcionem da melhor forma possível, de forma a alcançar o estado de saúde e bem-estar pleno.

Na maioria dos casos, uma abordagem nutricional funcional requer que os nutricionistas sigam uma sequência de etapas para determinar quais mudanças na dieta serão mais vantajosas para o cliente.

Embora essas etapas possam variar, geralmente incluem os seguintes passos:

  • Avaliação do histórico médico anterior
  • Revisão de medicação e histórico de suplementos
  • Revisão da dieta atual e hábitos de vida
  • Revisão de exames médicos e resultados anteriores
  • Avaliação de possíveis deficiências nutricionais através de testes

A partir desses resultados, desenvolve-se um programa personalizado que tenha como alvo a causa dos problemas de saúde.

As opções do programa podem incluir sugestões para eliminar alimentos processados ​​ou grupos inteiros de alimentos. Pode ser recomendado tomar um suplemento para melhorar a digestão ou encorajar o estabelecimento de bactérias benéficas.

Outras vezes, dá-se a conhecer formas de aprender a lidar com o stress ou gerir melhor os impulsos do sistema nervoso e oferecem-se sugestões de melhoria.

Como seguir uma estratégia de alimentação nutricional funcional


mulher e alimentacao saudavel

Não há uma dieta nutricional funcional única. Em vez disso, a estratégia dietética correta para cada pessoa é aquela que é desenvolvida para considerando as preocupações específicas de saúde.

No entanto, existem algumas premissas gerais que se enquadram para quase todas as pessoas que procuram ter uma alimentação boa para o corpo.

Os cinco princípios principais de seguir um plano nutricional funcional incluem:

1. Ingerir nutrientes essenciais

Os componentes da sua comida compõem os blocos de construção de todo o seu corpo. Nutrientes como vitaminas, minerais, ácidos gordos essenciais, aminoácidos, probióticos, hidratos de carbono complexos e muito mais são vitais para manter o organismo saudável.

Alimentando-se com aquilo que ele precisa todos os dias, ajuda a atingir um nível óptimo de saúde.

2. Evitar condições de crescimento tóxico

Hoje em dia, é mais importante do que nunca entender a proveniência dos alimentos. Produtos de origem animal cultivados em fábricas, alimentos transgénicos e produtos com pesticidas estão a encher o sistema digestivo com substâncias às quais os humanos não foram expostos há anos atrás e os impactos na saúde podem ser extremos.

Obtenha os seus alimentos provenientes de lugares que pode confiar para garantir que cada um deles contém exatamente aquilo que espera e nada mais.

3. Preferir alimentos de qualidade

Os componentes presentes nos alimentos determinam quão bem o organismo vai funcionar. Se estiver constantemente a escolher alimentos altamente processados e com pouco valor nutricional, dificilmente vai conseguir ingerir todos os nutrientes de que precisa, comprometendo negativamente a sua saúde.

4. Dar prioridade à saúde intestinal

A saúde começa e termina no intestino. Por isso, praticar a alimentação mais nutritiva do mundo não terá o mesmo resultado se o sistema digestivo não estiver preparado para processá-la.

Cuidar dos intestinos exige mantê-lo saudável com bactérias benéficas e evite que patogénicos e alimentos não digeridos causem problemas.

5. Ter atenção ao microbioma

A digestão saudável não acontece sem microrganismos benéficos no estômago e intestinos. Na verdade, o intestino humano contém muito mais bactérias do que todas as células que compõem o corpo.

Essas bactérias são coletivamente chamadas de microbioma e são responsáveis ​​por uma serie de processos que afetam o sistema imunológico, a composição do peso corporal, a saúde mental, a memória e o risco de doenças do estilo de vida, como diabetes.

Garantir a ingestão de alimentos ricos em probióticos garante que os níveis microbianos permaneçam altos, o que mantém o sistema imunológico a funcionar corretamente.

Será esta a saúde do futuro?


saude e alimentacao

A nutrição funcional é uma perspectiva de saúde personalizada que tem em consideração as especificidades de cada pessoa.

Fornece respostas para alguns dos problemas de saúde mais significativos hoje em dia, e as suas premissas de direcionar a dieta para as preocupações com a saúde individual podem fazer uma enorme diferença na qualidade de vida de cada um.

E o mais importante de tudo é que não se destina apenas a quem está doente ou necessita de perder peso, mas também a todos os que se preocupam com a saúde no geral.

Veja também:

Cofidis