Publicidade:

Dores musculares: como se ver livre delas?

As dores musculares podem surgir depois da prática de desporto ou mesmo após uma noite mal dormida. Gelo e calor são os tratamentos mais utilizados.

 
Dores musculares: como se ver livre delas?
Perceba como as pode prevenir e dicas para as aliviar!

As dores musculares afetam-nos em algum momento da vida, quer seja um indivíduo sedentário, quer seja um atleta de alto rendimento. Todos estamos sujeitos e expostos às lesões da musculatura. Estas dores podem estar relacionadas com aumento do ácido láctico, produzido pelo músculo após o esforço, ou com a degeneração das fibras musculares.

Tipos de dores musculares


Dores musculares tardias

O dia seguinte após ter ido ao ginásio pode fazê-lo sentir dor nos músculos. É um fenómeno frequente, que acomete indivíduos que iniciaram uma atividade física após um período de inatividade, reiniciaram a atividade com volume ou intensidade desproporcionais ao condicionamento físico, ou mesmo naqueles sem o hábito de praticar nenhum desporto, que realizaram uma carga de exercício muscular vigoroso.

Por norma, o desconforto e a dor começam algumas horas após o término da atividade física, sendo mais intensos nas 24 a 48 horas seguintes (12).

dores musculares após o treino

Cãibras Musculares

As cãibras devem-se à carência de magnésio no organismo ou à sua diminuição pelo aumento da transpiração na prática do desporto. O resultado são espasmos musculares nas barrigas das pernas, com muitas dores musculares.

Tensões musculares

Uma postura errada ou a posição sentada durante horas favorecem a ocorrência de tensões. Dormir numa posição desconfortável ou um movimento desfavorável podem originar dores musculares nos ombros, pescoço ou costas. As regiões afetadas ficam a maior parte das vezes endurecidas e dolorosas ao toque.

dores musculares

Stress

O stress pode ser responsável por dores de cabeça e também pelas dores musculares. A tensão muscular gerada pelo trabalho, cuidados da casa, trânsito, podem  refletir-se em dor física.

Doenças musculares

Algumas doenças, como a fibromialgia e a rabidomiólise causam dores musculares severas.

Dores musculares: sinais da lesão muscular?


dores musculares

As lesões induzidas pelo exercício podem ser decorrentes de dois tipos de stress: metabólico ou mecânico (1).

O modelo de stress metabólico refere-se os eventos iniciais na lesão muscular induzida pelo exercício. São causados por deficiências metabólicas no interior do músculo em plena atividade. Já o modelo se stress mecânico refere-se ao dano que ocorre como consequência direta das cargas mecânicas sobre as miofibras ( fibras musculares).

As dores musculares são, muitas vezes, acompanhadas de sinais físicos da lesão das fibras. Alguns sinais indicam maior gravidade, nomeadamente:

  • Edema localizado;
  • Tensão aumentada do tecido ao redor;
  • Equimose (mancha de sangue) ou hematoma, aparecem em lesões de maior extensão e gravidade.

Como prevenir as dores musculares?


 como prevenir as dores musculares

Para prevenir as dores musculares deve:

  1. Ter uma atividade física regular;
  2. Hidratar-se adequadamente;
  3. Fazer alongamentos da musculatura e aquecimento correto antes de iniciar qualquer prática de desporto;
  4. Fazer exercícios de relaxamento, como yoga;
  5. Manter uma postura correta ao sentar, correr e caminhar.

Como tratar as dores musculares?


Para tratar as dores musculares, não se esqueça que o descanso é essencial, uma vez que tem um efeito reparador sobre os músculos. Aliás, o músculo em repouso consegue recuperar mais facilmente. Além disso, pode recorrer às seguintes formas de tratamento:

1. Gelo

mulher a fazer gelo por causa das dores musculares

Deve ser utilizado quando há inflamação, dor, inchaço, vermelhidão, aumento da temperatura do local e diminuição das funções de força e/ou movimento. O gelo ajuda a reduzir o inchaço e a dor, além de limitar a extensão da lesão.

Deve ser feita a aplicação de bolsa de gelo, durante 15 minutos, 3 vezes ao dia, pode-se ainda fazer a imersão em água fria, também em sessões de 15 minutos, com temperatura por volta dos 10 ºC.

2. Calor

A bolsa de água quente serve somente em casos de tensão crônica da musculatura. Isto é, quando há tensão muscular que provoca dor e a diminuição da mobilidade. O calor alivia temporariamente a contração muscular excessiva.

3. Massagens

massagens para aliviar as dores musculares

Fazer massagens também pode aliviar as dores musculares, pois elas ocorrem pela degradação das fibras musculares e da libertação natural de ácido láctico. Massajar a zona dorida ajuda a diminuir a concentração desse ácido. A massagem permite também que o músculo seja mais rapidamente oxigenado.

4. Contraste

A técnica de contraste consiste na alternância de exposição ao frio e ao calor e tem o intuito de aumentar o metabolismo. No desporto tem sido utilizada nos processos de recuperação, visando, também, a maior remoção do ácido láctico sanguíneo.

5. Suplementação

suplementação para as dores musculares

Suplementação é a ingestão de produtos antes, durante e/ou após os exercícios, visando auxiliar no consumo energético e/ou do aporte vitamínico e mineral. Os principais suplementos utilizados durante os exercícios ou como forma de auxiliar na recuperação das dores musculares são: carboidratos, proteínas, aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA’s) e antioxidantes.

6. Medicamentos

As dores musculares de caráter temporário, assim como as provocadas pela contração muscular em casos de traumas, podem ser aliviadas através da toma de analgésicos, anti-inflamatórios ou relaxantes musculares.

Nenhum tratamento deve ser feito de forma prolongada, em caso de dor persistente deve sempre procurar o seu médico.

7. Recuperação ativa

dores musculares

É a realização de exercícios contínuos aeróbios de baixa intensidade. Essa prática é capaz de reduzir os sintomas das lesões induzidas pelo exercício, uma vez que promove um aumento no fluxo sanguíneo e consequente elevação da taxa de remoção de resíduos nocivos. Além disso, aumenta a liberação do hormónio endorfina, causando um efeito analgésico.

Outros métodos

Existem ainda inúmeros outros métodos que podem ser utilizados como forma terapêutica, os quais visam acelerar o processo de recuperação das dores musculares pós-exercício, tais como:

  • Estimulação mioelétrica, ultrassom, terapia de oxigênio hiperbárico, roupas de compressão, homeopatia.

Estes métodos acabam por ser usados apenas por atletas de alto rendimento, pois têm custos elevados e são de difícil acesso a toda gente. (1)

Quando deve procurar um médico?


As dores musculares, normalmente, são de natureza benigna. Em caso de dores persistentes deve consultar o seu médico, pois pode-se tratar de um doença de natureza muscular ou óssea.

 Veja também:

Fontes

1. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. (2019). Lesões Musculares. Disponível em: https://sbot.org.br/lesoes-musculares/
2. Instituto Português de Reumatologia. (2019). Disponível em: http://www.ipr.pt/index.aspx?p=MenuPage&MenuId=232

Danielle Paiva Danielle Paiva

Licenciada em Medicina e Farmácia & Bioquímica pelo Centro Universitário de Nilton Lins, Danielle também é Mestre em Engenharia Industrial e Qualidade pela Universidade do Minho. Atualmente é voluntária na Cruz Vermelha onde desenvolve diversas ações de saúde.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].