Cane Corso: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

Esta é uma daquelas raças que quase intimida só de olhar. Mas se observar com atenção, poderá verificar que toda a força do Cane Corso também revela uma doçura no olhar e uma dedicação ao dono quase cega. Este é um excelente cão de guarda e de companhia, que acompanhará os seres humanos para todo o lado sem questionar.

 
Cane Corso: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
Cane Corso é um cão de porte forte e ágil.

Se procura mais um elemento para aumentar a família, que seja o companheiro de brincadeiras, aventuras e se mantenha sempre fiel, então a raça Cane Corso bem pode ser a solução ideal.

É um cão forte, ágil, obediente, elegante e musculado, revelando-se, além de companheiro, um excelente cão de guarda e que defenderá sempre a sua família contra tudo e todos.

Características gerais do Cane Corso


Grupo: Grupo 2 – Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suiços

Finalidade: cão de guarda

Ambiente ideal: casa ou apartamento com espaço exterior

País de Origem: Itália

Porte: grande

Altura: de 60cm a 68cm

Peso ideal: de 40kg a 50kg

Cor: preto, cinza chumbo, ardósia, cinza claro, ruivo claro, ruivo escuro e tigrado

Esperança Média de Vida: entre 10 a 12 anos

Preço médio: de 350€ a 700€

 

Características específicas do Cane Corso


Esta raça é bastante ativa e precisa de estimulação física e mental diariamente, em diferentes momentos do dia, recomendando-se passeios matinais e ao final do dia, para evitar que se torne irrequieto e destrutivo.

Dado que a sua natureza é de proteção e caça, deverá apostar no treino adequado desde que ele é cachorro, principalmente para facilitar a socialização, já que a raça Cane Corso não nasce com o dom da simpatia.

Este cão pode viver num apartamento, desde que seja grande e possua um espaço exterior, preferencialmente em terra ou relvado, para que se possa exercitar devidamente. Além disso, não se recomenda ter pisos escorregadios, sob pena de provocar danos nos membros e articulações.

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

 

Fases da vida do Cane Corso


Bebé

1 – 24 meses

Adulto

24 meses – 8 anos

Idoso

8 – 12 anos

Físico do Cane Corso


cane corso

Este cão tem uma cabeça larga, um focinho curto e um pescoço grosso e forte. De destacar as orelhas, de formato triangular, largas e pendentes. Os membros são curtos e fortes, possuindo uma força fora do vulgar.

Temperamento do Cane Corso


Duas caminhadas por dia e um espaço exterior serão suficientes para que o Cane Corso possa esbanjar toda a energia acumulada. Mas tenha cuidado com a atividade física enquanto ainda é cachorro, visto que as articulações e músculos não estão totalmente desenvolvidos até aos 18 meses de idade.

O treino mental deve ser tido em conta desde pequeno, visto que têm tendência a roer tudo o que apanhem.

Problemas de Saúde do Cane Corso


Estes são os problemas generalizados mais associados a cães de grande porte, não significando, como tal, que os cães desta raça irão ter obrigatoriamente alguma destas condições. Deverá sempre falar com o médico veterinário caso suspeite de alguns destes problemas.

Ossos

  • Displasia coxofemural.

 

Cuidados a ter com o Cane Corso


Pelo

  • Escove o pelo com uma escova de cerdas naturais ou luva uma vez por semana e deve usar um condicionador para dar brilho.

Dentes

  • Escovar duas a três vezes por semana.

Unhas

  • Cortar uma a duas vezes por mês.

 

Origem do Cane Corso


A origem desta raça remonta ao tempo do Império Romano, altura em que eram utilizados nas ofensivas guerreiras, por serem cães grandes, robustos e corajosos.

Aos poucos, foi também sendo introduzido no meio da agricultura, visto que possuíam facilidade na condução do gado, na caça de grandes presas, na proteção das casas e também das pessoas. Desde cedo se demonstrou a sua versatilidade, aliada à velocidade e agilidade, porém isto quase levou ao desaparecimento da raça.

No final da década de 70 do séc. XX, Giovanni Bonatti, Fernando Casolino, Luciano Malavesi e Stefano Gandolfi, reconstituíram a raça a partir de alguns espécimes. Em 1988, a raça começou a ser exibida em exposições pela italianas e em 1997 foi a vez da Federação Cinológica Internacional integrar o Cane Corso à lista das raças oficiais.

Curiosidades sobre o Cane Corso


O seu nome tem origem no latim: cane deriva de “canis”, que significa cão; e corso deriva de “corsus”, que significa resistente / robusto.


Conheça mais raças de cães:

Todas as raças de cães

Todas as
raças de cães

Raças de cães pequenos

Raças de
cães pequenos

Raças de cães médios

Raças de
cães médios

Raças de cães grandes

Raças de
cães grandes

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].