Publicidade:

Bull Terrier: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

Não são os cães que nascem agressivos, mas sim os donos que potenciam determinados comportamentos que conferem atributos a determinadas raças que vão, assim, ganhando fama pela negativa. O Bull Terrier é um cão estável, bastante extrovertido, doce e corajoso. Não tem a melhor aparência, mas isso engana definitivamente.

 
Bull Terrier: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
Será que é mesmo uma raça perigosa?

De corpo forte e proporcional, este cão possui uma passada larga e ritmada e exige um dono que esteja à altura de todas as suas aventuras.

Erradamente conotado com uma personalidade agressiva, o Bull Terrier é um cão doce, que precisa de ser treinado e socializado desde cedo, com uma liderança firme, para evitar a fama de que padece. Precisa de regras e assim tudo correrá bem.

Características gerais do Bull Terrier


Grupo: Grupo 3 – Terriers

Finalidade: cão de luta

Ambiente ideal: apartamento

País de Origem: Reino Unido

Porte: médio

Altura: de 53cm a 56cm

Peso ideal: de 20kg a 40kg

Cor: branco puro, malhado, malhado preto, vermelho, fulvo, azul, castanho e tricolor

Esperança Média de Vida: entre 10 a 15 anos

Preço médio: de 1200€ a 1500€

 

Características específicas do Bull Terrier


É um cão cheio de energia, de tal forma que, independentemente da idade que tenha, parecerá sempre uma criança, mantendo-se sempre ativo e amigável, demonstrando, em cada momento, a sua grande inteligência.

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

 

Fases da vida do Bull Terrier


Bebé

1 – 12 meses

Adulto

12 meses – 10 anos

Idoso

10 – 15 anos

Físico do Bull Terrier


bull terrier

Todos reconhecem esta raça pela cabeça: comprida, de formato oval.

A parte de cima do crânio do Bull Terrier é achatada e no focinho são ainda visíveis as narinas bem desenvolvidas, a mandíbula forte, com dentes regulares, olhos escuros, amendoados ou triangulares.

Possui ainda orelhas pequenas orelhas, finas e aproximadas, que se erguem na vertical.

Por sua vez, a cauda é curta e espessa e quase horizontal.

Temperamento do Bull Terrier


Os cães desta raça são tipicamente ativos e brincalhões, pelo que é necessário “domá-los” desde cedo, mas com cuidado com exercícios de alto impacto, que podem danificar os ossos e articulações.

Não se recomenda ter este tipo de cães junto de crianças pequenas, pois os Bull são adeptos de brincadeiras, possuem energia ilimitada e, como tal, apenas compreendidas por crianças mais velhas.

Problemas de Saúde do Bull Terrier


Sistema endócrino

  • Nefrite hereditária.

Aparelho auditivo

  • Surdez.

Sistema cardiovascular

  • Problemas cardíacos.

Ossos

  • Luxação.

 

Cuidados a ter com o Bull Terrier


Pelo

  • Escovar uma vez por semana com uma luva de borracha ou própria para o efeito.

Dentes

  • Escovar duas ou três vezes por semana.

Unhas

  • Aparar a cada quinze dias.

 

Origem do Bull Terrier


No começo de século XIX, na Inglaterra, as lutas entre cães, principalmente da raça buldogue, e touros eram tão populares que se decidiu criar uma nova raça, como a mesma determinação, mas mais ágil. Entre um Buldogue e um Terrier, nasceu o Bull Terrier.

No final desse século, tornaram-se companheiros marcantes da moda para os cavalheiros, tendo sido apelidados de “White Cavalier”, pela sua origem e predominante cor branca.

Curiosidades sobre o Bull Terrier


Os Bull Terriers têm aparecido em vários filmes, como “101 Dálmatas”, “A Máscara” e “O Feiticeiro de Oz”.

O ex-presidente dos Estados Unidos Franklin D. Roosevelt era dono de um Bull Terrier, bem como a princesa Anne, de Inglaterra, irmã da atual rainha Elizabeth II.


Conheça mais raças de cães:

Todas as raças de cães

Todas as
raças de cães

Raças de cães pequenos

Raças de
cães pequenos

Raças de cães médios

Raças de
cães médios

Raças de cães grandes

Raças de
cães grandes

Mónica Carvalho Mónica Carvalho

Mónica Carvalho é licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação, com Pós-Graduação em Comunicação, Assessoria e Marketing. Vê na produção de conteúdos uma forma de tornar o mundo um lugar mais interessante, curioso e acessível. Os livros, filmes, séries, música, desporto e, acima de tudo, as histórias das pessoas inspiram-na a querer sempre fazer mais e melhor.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].