Conheça 14 marcas de beleza que não testam em animais!

São cada vez mais as marcas de beleza que não testam em animais e fazem justiça ao lema de que a beleza não se consegue a qualquer custo. Quais serão?

Conheça 14 marcas de beleza que não testam em animais!
A beleza não se faz a qualquer custo.

É cada vez mais uma prioridade dos consumidores: recorrer a marcas de beleza que não testam em animais e, assim contribuir para um mundo melhor e mais justo, mas também para ter a garantia de mais qualidade nos produtos que usamos diariamente.

Já em 2013, a União Europeia baniu os testes cosméticos em animais, todavia, isso ainda permite que muitas marcas escapem à lei, devido a lacunas existentes, nomeadamente políticas locais fora da União Europeia, como a China cuja legislação obriga à realização de testes em animais. Desta forma, uma marca que se assume como “cruelty free” poderá não sê-lo a 100%. Parece contraditório, mas é o que acontece em mais casos do que imagina.

14 marcas de beleza que não testam em animais


marcas de beleza que nao testam em animais mulher a maquilhar

De acordo com a PETA, a organização internacional People for the Ethical Treatment of Animals, são ainda muitas as empresas que continuam a testar em animais para terem dados defensivos caso aconteça algo de errado com um produto e que provoque descontentamento junto dos consumidores.

Além disso, os testes em animais são mais fáceis e baratos. A alternativa mais correta ética e moralmente não é bem assim, já que obriga a que as marcas façam ensaios com células e tecidos humanos, usem técnicas avançadas feitas em computador e estudos com voluntários.

Conheça 14 bons exemplos de marcas de beleza que não testam em animais e que provavelmente já usa sem saber da benesse.

1. Agatha Ruiz de La Prada

Perfumes e batons são os produtos de beleza que tão bem se destacam e que pertencem a esta marca colorida e extravagante.

Agatha entrou na moda em 1981 com a sua coleção feminina em Madrid e durante essa época foi grande impulsionadora do movimento “Movida Madrileña”, uma revolução artística e cultural nos anos 80.

O sucesso comercial veio com a parceria com o El Corte Inglés, o que permitiu ganhar reconhecimento internacional em mercados competitivos, como França, Itália, Colômbia, EUA, Porto Rico, Santo Domingo, Tóquio, Nova Iorque, Moscovo.

2. Anastasia Beverly Hills

A beldade Anastasia Soare, nascida na Roménia e casada com um português, lançou a sua marca homónima com o salão principal de Beverly Hills em 1997 e a primeira linha de produtos da empresa em 2000.

Soare foi a primeira a introduzir a modelagem de sobrancelhas e produtos baseados no seu Método de Modelagem de Sobrancelhas da Proporção Dourada patenteado, amplamente creditado por alimentar o negócio multimilionário que envolve a categoria.

A marca Anastasia Beverly Hills é reconhecida em toda a indústria pela inovação digital e inúmeros elogios a produtos como o Brow Wiz, Contour Kit e Liquid Lipstick.

3. BECCA Cosmetics

A marca BECCA celebra a beleza de todos os tons de pele, todas as formas do rosto e em todas as idades, pois na perspetiva da marca “todos merecem brilhar e ter a oportunidade de destacar os seus atributos favoritos.”

O objetivo é fazer qualquer pessoa brilhar em todos os lugares certos e, assim, tornando cada dia melhor do que o anterior.

4. Catrice

A Catrice nunca perde uma única tendência e, assim sendo, a gama é extremamente convincente, com uma grande variedade de cores em tons modernos e clássicos para diversos visuais.

Os produtos da marca são feitos com ingredientes de alta qualidade, texturas luxuosas e fórmulas inovadoras, numa embalagem premium e com uma relação qualidade / preço ideal para todas as carteiras.

5. Essence

A maquilhagem essence permite o acesso aos melhores produtos, inspirando o consumidor a expressar-se tal como é: com muito estilo, determinação e de forma divertida. E, para a marca, isso passa por dizer não aos testes realizados em animais e sim à qualidade com preços acessíveis de forma a mudar o seu estilo sempre que queira.

6. Inglot Cosmetics

Com mais de 30 anos de experiência do mundo da cosmetologia, a Inglot concentra-se no desenvolvimento constante, o que justifica o sucesso global, desde a Oxford Street de Londres, à Piazza del Duomo em Milão, passando pela Times Square em Nova Iorque até ao Grand Canal Shoppes em Las Vegas.

Mas o que torna a marca tão especial são os produtos, que combinam uma tecnologia científica com cores vibrantes, que resultou numa abundância impressionante de produtos e cores para qualquer um se apaixonar.

7. L.O.V

A marca alemã de maquilhagem L.O.V apresentou recentemente a sua nova coleção, que assinala a entrada no mercado português, disponível nas lojas Wells e atcosmetics.pt, e cujo objetivo é homenagear as super mulheres que defendem os seus ideais e lutam pelas suas convicções com charme e beleza.

A marca disponibiliza produtos práticos e de qualidade, desde blush, vernizes, batons, spray fixador, iluminadores, pó para sobrancelhas, todos em cores trendy e metálicas, que prometem realçar a beleza de todas as mulheres, na sua individualidade.

8. LUSH Cosmetics

Lutar contra testes em animais deveria ser mais do que um slogan, defende a LUSH que coloca este mote em prática há mais de 30 anos e continuará a informar, incentivar e participar da luta para alertar consciências sobre os direitos dos animais.

É assim bem simples a filosofia da marca: criar cosméticos usando os ingredientes mais frescos, não testados em animais e vendidos de forma despretensiosa para os clientes.

9. NABLA Cosmetics

A NABLA é uma marca indie italiana nascida para verdadeira para com os seus clientes, indo muito além das convenções normais de mercado e disponibilizando produtos de maquilhagem de alta qualidade, altamente eficientes e totalmente seguros de usar.

Todas as nossas fórmulas da marca são extremamente inovadoras, ricas em detalhes que fazem a diferença, produzindo objetos finais bonitos e práticos.

10. O Boticário

O Boticário é a antiga denominação de “farmacêutico” e foi o nome adotado por Miguel Krigsner, para a sua farmácia de manipulação, que abriu ao público a 22 de março de 1977, no estado do Paraná, no Brasil.

Porém o fundador queria mais do que uma simples farmácia, queria criar um local muito agradável, onde as pessoas se sentissem bem, por isso, a loja tinha uma sala alcatifada, sofá, revistas e café. Com o evoluir dos tempos, a marca deixou de vender apenas produtos farmacêuticos, para passar a vender também produtos de beleza.

Em Setembro de 1986, O Boticário abre a sua primeira loja em Portugal no Centro Comercial das Amoreiras tendo sido pioneiro em lojas exclusivas de perfumaria e cosmética e tendo-se tornado, em pouco tempo, numa marca muito conhecida e querida dos portugueses.

11. Rituals

A marca é famosa por enaltecer e dar importância aos momentos que dão sentido à vida e querer imortalizá-los com produtos de beleza e cuidados estéticos que fazem cada pessoa sentir-se bem e feliz.

A Rituals é inspirada pela sabedoria e tradições antigas das culturas asiáticas, criando-se, assim, uma extensa coleção de produtos luxuosos e acessíveis para casa e para o corpo, com fragrâncias de assinatura exclusivas que são cuidadosamente projetadas e compostas pelos melhores perfumistas do mundo.

12. The Body Shop

A história da marca começou em Brighton, Inglaterra, em 1976, com a fundadora, Anita Roddick e a sua crença em algo revolucionário: que os negócios poderiam ser uma força do bem.

Por isso, fazer testes em animais nunca foi uma hipótese e, como tal, a The Body Shop recorrem a um processo exaustivo de análises em laboratório:

  1. A análise in-silico que usa dados existentes para avaliar a adequação de materiais semelhantes por meio de extrapolação;
  2. A pele produzida em laboratório é cultivada a partir de células da pele humana, o que permite realizar controlos de segurança nas células que reagem praticamente da mesma forma que a pele humana;
  3. Para garantir uma boa tolerância às pessoas, a marca faz, por vezes, testes de patch, o que implica colocar uma quantidade muito pequena de produto na pele de uma pessoa para garantir que ela seja segura e eficaz;
  4. Também são realizados testes com usuários controlados, nos quais as pessoas testam os produtos para a compatibilidade com a pele e para a eficácia cosmética, sob a supervisão de especialistas médicos.

13. Too Faced Cosmetics

Na década de 90 a cor rosa era pouco apreciada e valorizada no mundo da cosmética, até que os fundadores da marca Jerrod Blandino e Jeremy Johnson decidiram que queriam mudar esse panorama.

Foram inspirados pelo amor de Paris e pelo poder transformador dos cosméticos, criaram a Too Faced, uma marca boutique com grandes sonhos e que hoje é líder na indústria da beleza, criando cosméticos inovadores e sem crueldade que as mulheres adoram usar.

14. Urban Decay

Sandy Lerner, co-fundadora da marca, tomou uma decisão ousada: devia haver cores alternativas na indústria de cosméticos, que satisfizessem os seus gostos alternativos de maquilhagem e com esta premissa nasceu a Urban Decay, em janeiro de 1996 com uma linha de 10 batons e 12 vernizes, com cores inspiradas no ambiente urbano e citadino.

> Para consultar a lista completa de marcas de beleza que não testam em animais, consulte o site da PETA e descubra tudo!

Veja também: