Importância das novas tecnologias nos idosos

É indiscutível a importância das novas tecnologias nos idosos e a forma como ajudam a melhorar a qualidade de vida e a segurança dos seniores. Saiba tudo.

Importância das novas tecnologias nos idosos
Meios e dispositivos que ajudam a melhor a qualidade de vida

A importância das novas tecnologias nos idosos é indiscutível e este fator é diretamente influenciado por duas tendências que têm afetado a sociedade portuguesa: a evolução e difusão das tecnologias de informação e comunicação e o envelhecimento da população.

Em 2000, o então Secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, disse que metade da população mundial nunca tinha feito ou recebido uma ligação telefónica. Então, estas duas grandes tendências têm chamado a atenção para as temáticas idosos e tecnologias.

Pesquisas sobre o uso de tecnologias como o telemóvel, o computador e a internet, assim como o perfil do envelhecimento, estão cada vez mais juntas no debate académico, pois a sociedade da informação também é a sociedade do envelhecimento.

Ser idoso não é ficar sozinho…


O estudo “Active ageing and solidarity between generations – A statistical portrait of the European Union 2012” realizado nos 27 países da União Europeia indicou que 10% das pessoas com 65 anos ou mais se sentem excluídas da sociedade.

Outra pesquisa desenvolvida em Portugal, “Psicologia do Envelhecimento e do Idoso” (Oliveira, et al. 2010), concluiu que o isolamento social aumenta com a idade e que 38,8% daqueles com 65 anos ou mais se encontram nessa situação.

Tais níveis de isolamento social são significativos porque estão ligados a efeitos adversos na saúde e bem-estar e é aqui que as novas tecnologias têm dado um contributo cada vez mais positivo.

Importância das novas tecnológicas nos idosos: benefícios


Em pesquisas desenvolvidas, evidencia-se que o envolvimento com a informática pode ajudar em muito a população idosa, nomeadamente nos seguintes aspetos:

  • Aumento da confiança e desejo de conhecer outras pessoas;
  • Influência positiva, por meio da confiança nas próprias habilidades;
  • Redução da depressão e da solidão;
  • Aumento da percepção de apoio e interação social;
  • Aumento da autoestima;
  • Aumento da frequência da comunicação entre familiares e amigos;
  • Maior acesso à informação;
  • Forma de ocupação dos tempos livres;
  • O ensino de oficinas de informática em geral a idosos requer a adoção de metodologias de ensino-aprendizagem específicas, devido a ritmos de aprendizagem mais lentos e à possibilidade de motivação.

Importância das novas tecnologias nos idosos: dificuldades


No que se refere às condições limitadoras no processo de inclusão digital com os idosos, podemos enumerar as seguintes:

  • Problemas de saúde em relação à visão e à memória;
  • Medo de não aprender, medo de estragar o computador;
  • Na maioria dos casos, o idodo não possui um computador em casa.

O avanço da tecnologia proporcionou níveis facilitados de comunicação, principalmente através da web.

Mas com a consequente crescente popularização deste meio, houve uma diversificação dos usuários, o que evidencia a necessidade de pensar em diretrizes de acessibilidade para esses usuários diversificados, nomeadamente um público tão específico como o sénior.

Veja também: