"Como bem e faço exercício físico regularmente. Porque não estou a conseguir perder peso?”

Muitas vezes interroga-se do porquê de não conseguir perder peso? Então este artigo é para si. Esclareça as suas dúvidas connosco.

Veja as respostas às perguntas mais frequentes.

Se sente frustração porque não conseguir perder peso, saiba que não está sozinha. Esta questão é muito comum, sobretudo entre as mulheres.

Embora a alimentação equilibrada e o exercício físico sejam importantes, esses não são os únicos factores que influenciam a perda de peso.

Eis algumas questões que podem estar a prejudicar a sua “jornada”:

“O porquê de não conseguir perder peso”? A resposta às suas dúvidas


1. Não está a beber água suficiente

água e conseguir perder peso

Já se sabe que a água é um dos maiores aliados para conseguir perder peso e na eliminação da celulite, e o défice na sua ingestão pode prejudicar ambos os objetivos.

Mais ainda, a água é de extrema importância para garantir o bom funcionamento dos rins. Se não beber água suficiente, a função renal fica comprometida, o que por sua vez vai sobrecarregar o fígado.
Por conseguinte, o fígado não conseguir metabolizar a gordura tão eficientemente e vai começar a armazená-la.

Para além disso, ainda há a questão do trânsito intestinal.

“Então mas isso não tem a ver com a ingestão de fibras?”

Sim, tem, mas aumentar a ingestão de fibras sem aumentar a ingestão de água pode levar a obstipação, que é exatamente o contrário do pretendido, prejudicando a perda de peso e a saúde intestinal.

 

2. Não come proteína suficiente

leite e conseguir perder peso

A proteína é a melhor amiga da dieta, quer seja na perda de peso, quer seja para aumentar a massa muscular (que no fundo vai ter ao mesmo….).

Isto porque tem um efeito saciante aliado a um efeito termogénico superior ao dos hidratos de carbono e das gorduras (o corpo gasta mais energia a metabolizar as proteínas), pelo que deve ser incluída em todas as refeições, sejam elas principais ou intermédias.

Ao cumprir isto, o mais provável é que não sinta fome ao longo do dia e que consiga manter a sua massa magra enquanto perde peso.

Eis alguns exemplos de alimentos proteicos saudáveis: leite, iogurte grego ligeiro, queijo fresco magro, peito de frango, ovos, atum.

 

3. Tem um dia-a-dia sedentário

exercicio fisico e conseguir perder peso

Segundo alguns estudos, o exercício físico no final do dia não consegue compensar o resto do dia sedentário, seja a trabalhar numa secretária ou a ficar em casa a ver televisão.

Uma estratégia simples para conseguir perder peso é caminhar uns dois minutos a cada hora de trabalho. Assim mantém o seu corpo ativo e ainda queima umas calorias extras.

 

4. Está a comer mais ou a gastar menos que o necessário

comer em pequenas porções e conseguir perder peso

A regra-base para conseguir perder peso é o balanço energético negativo. Ou seja, tem que gastar mais que aquilo que consome.

O que pode acontecer é não ter noção das porções que deve incluir às refeições, acabando por ingerir mais que o necessário, mesmo que sejam alimentos saudáveis. Para isso o melhor é consultar um/a nutricionista que o/a ajude nessa parte.

Pode também ocorrer a chamada compensação: “Já treinei, mereço comer”.

Certamente que sim, quem treina tem que comer a seguir… aliás, como o nutricionista Doutor Vitor Hugo Teixeira refere,  “quem não come a seguir, não completou o treino”, mas isso não quer dizer que possa comer tudo o que aparecer à frente.

Por último, pode não estar a gastar tantas calorias durante o treino como pensa. Seja pela má execução, seja pelo tipo de treino que está a fazer. Fale com o seu treinador!

 

5. O stress está em alta e não descansa o suficiente

descansar e conseguir perder peso

A hormona do stress – o cortisol – desencadeia a resposta fight or flight, que estimula o apetite, principalmente por hidratos de carbono.

Mesmo quando tal não acontece, o stress é responsável por atrasar o metabolismo e acumular gordura na zona abdominal, que é a mais difícil de perder.

Tal pode ser combatido pelo exercício físico, que ajuda a acelerar o metabolismo e a reduzir o stress… Só tem a ganhar!

O descanso também é fundamental, por isso tente dormir pelo menos 7 horas por dia.

Está comprovado que pessoas que dormem menos de 5h30 por dia tendem a ingerir calorias excessivas e a ter mais apetite por produtos açucarados.

 

6. Pesa-se demasiadas vezes

pesar-se e conseguir perder peso

Este ponto vai ao encontro do anterior. A pesagem pode ser um momento stressante no seu dia, e nem sequer é necessário!

Pese-se apenas de semana a semana, ou de duas em duas semanas, onde conseguirá ver melhor os resultados.

Pode optar também por medir a sua cintura ao invés de se pesar, pois a prática de exercício vai aumentar a sua massa muscular (pelo menos se se alimentar em condições), que é mais pesada que a gordura.

Assim, uma não perda de peso não significa necessariamente que não esteja a perder gordura e volume. São coisas diferentes.

Em suma…


Em suma, beba bastante água, inclua proteína em todas as refeições, não passe o dia sentado/a, treine bem e coma melhor, relaxe, durma as horas suficientes, e não olhe tanto para os números.

Se a roupa antiga lhe voltou a servir, se se sente mais firme, com mais energia e mais resistência, então os números não são o mais importante.

Veja também:

Nutricionista Ana Monteiro Nutricionista Ana Monteiro

Ana Isabel Monteiro é nutricionista, atleta e autora do blog Laranja-lima. Trabalha atualmente na Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão (Gabinete de Saúde Pública e Casa da Juventude), tendo colaborado anteriormente no projeto Dragon Force e no Centro Social de Paramos. É licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas (C.P.2815N) desde Abril de 2016.